/blog/7 dicas para montar um negocio proprio/

 (11) 3340.6655     (11) 95636.4873     contato@pigatti.com.br      Cliente
    
  
7 Dicas para montar um negócio próprio
escrito em 16 de julho de 2018

Traçar estratégias, conhecer bem o mercado, ter um bom escritório de contabilidade e saber divulgar estão entre as principais dicas para montar um negócio próprio

 

Quando pensamos em montar um negócio próprio, logo vem uma série de questionamentos: e agora, por onde eu começo? Qual negócio eu monto e onde eu busco as informações corretas?

Realmente, começar uma empresa não é das tarefas mais simples. Eu sei muito bem todos os desafios do empreendedorismo, por isso separei 7 dicas importantes que podem te dar algum insight bacana.

 

1 – Melhore o que já existe

A escolha de um segmento de negócio é bem difícil. Ter uma ideia original e exclusiva, então, é quase raridade e, muitas vezes, também não é o melhor caminho. Por isso, aprimorar e adaptar o que já existe pode ser muito mais fácil e rentável!

Além do mais, é de extrema importância conhecermos e respeitarmos os nossos talentos, habilidades e gostos, pois trabalhar com áreas que não gostamos, não conhecemos ou não temos afinidade pode ser uma receita para o fracasso.

Qualquer que seja o setor escolhido, tome essa decisão porque gosta e se identifica, e não só por que acha que pode dar dinheiro.

 

2 – Conheça bem o ponto em que deseja abrir o negócio

Hoje em dia, com os avanços da comunicação e promoção digital, alguns tipos de empresas não têm mais no local físico a sua principal razão de sucesso.

No entanto, se a localização ainda é muito importante para o seu ramo, você precisa conhecer minuciosamente a região onde pretende abrir seu negócio, pois isso pode determinar seu fracasso ou sucesso.

Alguns tópicos devem ser considerados ao escolher o ponto comercial. Entre eles:

  • O negócio será aberto ao público?
  • Terá movimento de clientes na empresa?
  • Ou vai servir apenas de local de trabalho interno?
  • Outros tópicos importantes são: valor de aluguel, tamanho e logística operacional do ramo de atividade.

 

3 – Tenha um plano de negócio com estratégias bem traçadas

Um dos principais pontos de um bom Plano de Negócio está nas estratégias que serão usadas para alcançar os objetivos traçados. É isso que fará com que o seu negócio emplaque com mais facilidade ou não.

Seguem algumas perguntas importantes para delinear as diretrizes que vão guiar a sua empresa:

  • Como vender um produto ou serviço para determinado público segmentado no seu Plano de Negócio?
  • Como levantar investimento suficiente para aplicar ao negócio?
  • Como atingir a meta de venda traçada?

E como contratar funcionários especializados no ramo de atividade?

 

4 – Escolha um bom escritório de contabilidade

A escolha de um bom contador logo no início da empresa traz benefícios importantes para o negócio, como:

  • Contrato social bem feito;
  • Enquadramento correto da empresa na Receita Federal e Prefeitura;
  • Escolha do regime tributário mais adequado;
  • Orientações importantes para administração e gestão burocrática.

Para facilitar a decisão, não se limite apenas ao preço do contador. O escritório de contabilidade deve ser escolhido pelo seu valor, e não pelo seu custo monetário, pois será um dos seus principais suportes nessa empreitada.

 

5 – Tenha o necessário para a sobrevivência do negócio

Deixar de fazer os cálculos corretos de investimentos e, principalmente, do fluxo de caixa pode comprometer todo o planejamento. Além do valor inicial para a formatação do negócio, considere que a empresa não terá faturamento nos primeiros meses de vida, precisando, assim, de uma quantia mensal para a sua manutenção.

Dependendo do ramo de atividade escolhido, faça a projeção inicial para 6 meses com possibilidade de estendê-la por mais um semestre.

 

6 – Escolha bem as pessoas que vão trabalhar ao seu lado

Tanto a seleção do sócio quanto dos funcionários é essencial para o sucesso do negócio. Isso porque bons profissionais produzem mais do que o esperado, enquanto colaboradores desmotivados, além de não trazerem resultados, acabam gerando altos custos.

Da mesma forma, a escolha do sócio tem que ser bem criteriosa. Identificação, afinidade e respeito, acima de tudo, são fundamentais. Além disso, definir com clareza a divisão de tarefas, responsabilidades, remunerações e retiradas de cada um é de suma importância para o bom relacionamento de todos.

 

7 – Aprenda a divulgar

O marketing ainda é a alma do negócio e existem infinitas maneiras de divulgar uma empresa. É claro que cada uma tem a sua particularidade, mas o que existe em comum em todas, nos dias de hoje, é a necessidade da presença virtual para impactar os clientes.

A evolução da internet e das redes sociais facilitou e possibilitou que qualquer companhia seja divulgada e conhecida de forma global e rápida. Para tanto, o Marketing Digital é, atualmente, a maneira mais econômica e assertiva para a divulgação de serviços e produtos, além da manutenção de um relacionamento com o público.

A correta utilização dessa ferramenta e o quanto a empresa está disposta a investir nas mídias online ajudam a definir tanto o posicionamento da imagem das marcas quanto o retorno das ações planejadas.

 

Para finalizar, é preciso pensar bem antes de montar qualquer negócio. Analise, reflita, pesquise. Converse com pessoas do mesmo ramo, ou até de outros, mas que tenham mais vivência empresarial. Só não se esqueça de nunca desistir dos seus sonhos e sempre acreditar no seu potencial.

 

ESCRITO POR: Fernando Pigatti

Líder na Pigatti Contabilidade. Ajudando os donos de negócios no Brasil!

 

 


voltar
{"continue":{"imcontinue":"280755|Crystal_Clear_app_demo.png","grncontinue":"0.776029798234|0.776029798234|0|0","continue":"grncontinue||revisions"},"warnings":{"main":{"*":"Subscribe to the mediawiki-api-announce mailing list at for notice of API deprecations and breaking changes. Use [[Special:ApiFeatureUsage]] to see usage of deprecated features by your application."},"revisions":{"*":"Because \"rvslots\" was not specified, a legacy format has been used for the output. This format is deprecated, and in the future the new format will always be used."}},"query":{"pages":{"5775859":{"pageid":5775859,"ns":0,"title":"Theloderma truongsonense","revisions":[{"contentformat":"text/x-wiki","contentmodel":"wikitext","*":"{{Orphan|date=junho 2018}}\n\n{{t\u00edtulo em it\u00e1lico}}\n{{Info/Taxonomia\n| nome = ''Theloderma truongsonense''\n| imagem =\n| imagem_legenda =\n| estado = DD\n| estado_ref = \n| reino = [[Animalia]]\n| filo = [[Chordata]]\n| classe = [[Amphibia]]\n| ordem = [[Anura]]\n| fam\u00edlia = [[Rhacophoridae]]\n| g\u00e9nero = ''[[Theloderma]]''\n| esp\u00e9cie = '''''T. truongsonense'''''\n| binomial = ''Theloderma truongsonense''\n| binomial_autoridade = \n| sin\u00f3nimos = \n}}\n{{Wikispecies}}\n\n'''''Theloderma truongsonense''''' \u00e9 uma esp\u00e9cie de anf\u00edbio [[Anura|anuro]] da fam\u00edlia [[Rhacophoridae]]. Est\u00e1 presente no [[Fauna do Vietname|Vietname]]. A [[Uni\u00e3o Internacional para a Conserva\u00e7\u00e3o da Natureza|UICN]] classificou-a como [[Esp\u00e9cie deficiente de dados|deficiente de dados]].\n\n==Ver tamb\u00e9m==\n*[[Decl\u00ednio das popula\u00e7\u00f5es de anf\u00edbios]]\n\n==Refer\u00eancias==\n\n[http://research.amnh.org/vz/herpetology/amphibia/content/search?taxon=Theloderma+truongsonense&subtree=&subtree_id=&english_name=&author=&year=&country= ''Theloderma truongsonense''] Amphibian Species of the World, vers\u00e3o 6.0. American Museum of Natural History. P\u00e1gina acedida em 13 de Fevereiro de 2018.\n[https://amphibiaweb.org/cgi/amphib_query?where-genus=Theloderma&where-species=truongsonense Theloderma truongsonense]. AmphibiaWeb. P\u00e1gina acedida em 13 de Fevereiro de 2018.\nOrlov N. L. and Ho T. C.(2005), A new species of Philautus from Vietnam (Anura: Rhacophoridae), Russ. J. Herpetol. 12(2), 135 _ 142.\n{{Citar IUCN doi|assessores= |ano= 2018 |g\u00e9nero= Theloderma |esp\u00e9cie= truongsonense|anoIUCN= 2018 |vers\u00e3o= 135785 |doi= |acessodata= 22 de outubro de 2019 }}\n\n\n{{esbo\u00e7o-anf\u00edbio}}\n{{controle de autoridade}}\n{{Portal3|Anf\u00edbios e r\u00e9pteis|Zoologia|Ci\u00eancia}}\n\n[[Categoria:Rhacophoridae]]\n[[Categoria:Anf\u00edbios descritos em 2005]]\n[[Categoria:Anf\u00edbios do Vietname]]"}]},"1934682":{"pageid":1934682,"ns":0,"title":"Qu\u00eania nos Jogos Ol\u00edmpicos de Ver\u00e3o de 2004","revisions":[{"contentformat":"text/x-wiki","contentmodel":"wikitext","*":"{{Infobox Olympics Qu\u00eania\n|jogos=Ver\u00e3o de 2004\n|competidores=94\n|esportes=\n|bandeira=\n|posi\u00e7\u00e3o=\n|ouro=1\n|prata=4\n|bronze=2\n|total=7\n}}\nO '''[[Qu\u00eania]]''' competiu nos '''[[Jogos Ol\u00edmpicos de Ver\u00e3o de 2004]]''', em [[Atenas]], na [[Gr\u00e9cia]].{{citar web|url=http://www.sports-reference.com/olympics/countries/KEN/summer/2004/|titulo=Kenya at the 2004 Athina Summer Games|lingua=ingl\u00eas|publicado=SR Olympic Sports|acessodata=22 de junho de 2009}}\n\n== Medalistas ==\n=== Ouro ===\n* [[Atletismo nos Jogos Ol\u00edmpicos de Ver\u00e3o de 2004|Atletismo]] - 3000 m com abst\u00e1culos masculino [[Ezekiel Kemboi]]\n\n=== Prata ===\n* [[Atletismo nos Jogos Ol\u00edmpicos de Ver\u00e3o de 2004|Atletismo]] - 1500 m masculino [[Bernard Lagat]]\n* [[Atletismo nos Jogos Ol\u00edmpicos de Ver\u00e3o de 2004|Atletismo]] - 3000 m com obst\u00e1culos masculino [[Brimin Kipruto]]\n* [[Atletismo nos Jogos Ol\u00edmpicos de Ver\u00e3o de 2004|Atletismo]] - 5000 m feminino [[Isabella Ochichi]] \n* [[Atletismo nos Jogos Ol\u00edmpicos de Ver\u00e3o de 2004|Atletismo]] - maratona feminina [[Catherine Ndereba]]\n\n=== Bronze ===\n* [[Atletismo nos Jogos Ol\u00edmpicos de Ver\u00e3o de 2004|Atletismo]] - 3000 m com obst\u00e1culos masculino [[Paul Kipsiele Koech]]\n\n== Desempenho ==\n=== {{EsporteOl\u00edmpico|Remo|Ver\u00e3o de 2004||30px}} ===\n;Masculino\n{|class=wikitable style=\"font-size:90%\"\n|-\n!rowspan=\"2\"|Equipe\n!rowspan=\"2\"|Evento\n!colspan=\"2\"|Eliminat\u00f3rias\n!colspan=\"2\"|Repescagem\n!colspan=\"2\"|Semifinal\n!colspan=\"2\"|Final\n|-\n!Tempo\n!Posi\u00e7\u00e3o\n!Tempo\n!Posi\u00e7\u00e3o\n!Tempo\n!Posi\u00e7\u00e3o\n!Tempo\n!Posi\u00e7\u00e3o
(Pos. final)\n|-\n|[[Ibrahim Githaiga]]\n|[[Remo nos Jogos Ol\u00edmpicos de Ver\u00e3o de 2004 - Skiff simples masculino|Skiff simples]]\n|align=right|8m13s33\n|align=center|4\u00ba '''[[#Remo_2|R]]'''\n|align=right|7m25s58\n|align=center|4\u00ba '''[[#Remo_2|S D/E]]'''\n|align=right|7m40s78\n|align=center|6\u00ba '''[[#Remo_2|FE]]'''\n|align=right|7m29s02\n|align=center|5\u00ba (29\u00ba)\n|}\n\n{{refer\u00eancias}}\n\n{{esbo\u00e7o-jogos ol\u00edmpicos}}\n{{Pa\u00edses nos Jogos Ol\u00edmpicos de Ver\u00e3o de 2004}}\n{{Portal3|Eventos multiesportivos}}\n\n{{DEFAULTSORT:Quenia Jogos Olimpicos Verao 2004}}\n[[Categoria:Pa\u00edses nos Jogos Ol\u00edmpicos de Ver\u00e3o de 2004|Quenia]]\n[[Categoria:Qu\u00eania nos Jogos Ol\u00edmpicos|2004]]\n[[Categoria:2004 no Qu\u00eania]]"}]},"83819":{"pageid":83819,"ns":0,"title":"Grandola ed Uniti","revisions":[{"contentformat":"text/x-wiki","contentmodel":"wikitext","*":"{{Ver desambig|outras cidades com este nome|Gr\u00e2ndola (desambigua\u00e7\u00e3o)}}\n{{Ver desambig|outras cidades com este nome|Uniti}}\n{{Info/Comuna da It\u00e1lia\n |regiao = Lombardia \n |provincia = Como \n |nome = Grandola ed Uniti\n |bandeira = \n |brasao = \n |imagem = \n |lat_deg =46 |lat_min = 2 |lat_sec = |latNS = N\n |lon_deg =9 |lon_min = 13 |lon_sec = |longEW = E\n |coord_t\u00edtulo = s\n |altitude = 443\n |area = 17\n |populacao = 1 261\n |densidade = 74\n |adjacentes = [[Bene Lario]], [[Carlazzo]], [[Cusino]], [[Garzeno]], [[Lenno]], [[Menaggio]], [[Mezzegra]], [[Plesio]], [[Tremezzo]]\n |cap = 22010\n |pref_tel = 0344\n |istat = 013111\n |fical = \n |habitantes = \n |nomepatrono = \n |datapatrono = \n |site = \n}}\n'''Grandola ed Uniti''' \u00e9 uma [[comuna italiana]] da [[regi\u00e3o da Lombardia]], [[prov\u00edncia de Como]], com cerca de 1.261 habitantes. Estende-se por uma \u00e1rea de 17 [[quil\u00f3metro quadrado|km\u00b2]], tendo uma [[densidade populacional]] de 74 hab/km\u00b2. Faz fronteira com [[Bene Lario]], [[Carlazzo]], [[Cusino]], [[Garzeno]], [[Lenno]], [[Menaggio]], [[Mezzegra]], [[Plesio]], [[Tremezzo]].{{citar web|url=http://demo.istat.it/pop2011/index.html|t\u00edtulo=Statistiche demografiche ISTAT|autor=|data=|publicado=Dato istat|acessodata=|l\u00edngua2=it}}{{citar web|url=http://demo.istat.it/bil2010/index.html|t\u00edtulo=Popolazione residente al 31 dicembre 2010|autor=|data=|publicado=Dato istat|acessodata=|l\u00edngua2=it}}{{citar web|url=http://dati.istat.it/Index.aspx|t\u00edtulo=[[Istituto Nazionale di Statistica]]|autor=|data=|publicado=Statistiche I.Stat|acessodata=|l\u00edngua2=it}}\n\n==Demografia==\n{{Gr\u00e1fico de evolu\u00e7\u00e3o|1861|1613|1871|1590|1881|1527|1901|1450|1911|1532|1921|1538|1931|1447|1936|1216|1951|1203|1961|1090|1971|1113|1981|1143|1991|1179|2001|1267|2011|1313|\n|t\u00edtulo = Varia\u00e7\u00e3o [[demografia|demogr\u00e1fica]] do munic\u00edpio entre [[1861]] e [[2011]]\n|texto = \n|cor_16 = blue\n|notas = '''Fonte''': Istituto Nazionale di Statistica (ISTAT) - Elabora\u00e7\u00e3o gr\u00e1fica da Wikipedia\n}}\n\n{{refer\u00eancias}}\n\n{{esbo\u00e7o-geoit}}\n{{Portal3|Geografia|It\u00e1lia}}\n\n{{Comunas da prov\u00edncia de Como}}\n\n{{DEFAULTSORT:Grandola Ed Uniti}}\n[[Categoria:Comunas de Como (prov\u00edncia)]]"}],"images":[{"ns":6,"title":"Ficheiro:Crystal Clear app demo.png"},{"ns":6,"title":"Ficheiro:Disambig grey.svg"},{"ns":6,"title":"Ficheiro:Flag of Italy.svg"},{"ns":6,"title":"Ficheiro:Flag of Lombardy.svg"},{"ns":6,"title":"Ficheiro:Italy location map.svg"},{"ns":6,"title":"Ficheiro:Italy looking like the flag.svg"},{"ns":6,"title":"Ficheiro:Lombardy Provinces.png"},{"ns":6,"title":"Ficheiro:Red pog.svg"},{"ns":6,"title":"Ficheiro:Sciences de la terre.svg"}]},"378754":{"pageid":378754,"ns":0,"title":"Petronymphe","revisions":[{"contentformat":"text/x-wiki","contentmodel":"wikitext","*":"{{Info/Taxonomia\n| nome =Petronymphe\n| cor =lightgreen \n| reino = [[Plantae]]\n| divis\u00e3o = [[Magnoliophyta]]\n| classe = [[Liliopsida]]\n| ordem = [[Asparagales]]\n| fam\u00edlia = [[Themidaceae]]\n| g\u00e9nero = '''''Petronymphe'''''\n| subdivis\u00e3o_nome = Esp\u00e9cies\n| subdivis\u00e3o =\n
\n}}\n\n'''''Petronymphe''''' \u00e9 um [[g\u00e9nero (biologia)|g\u00e9nero]] [[bot\u00e2nica|bot\u00e2nico]] pertencente \u00e0 [[fam\u00edlia (biologia)|fam\u00edlia]] [[Themidaceae]].\n\n{{esbo\u00e7o-planta}}\n\n[[Categoria:Themidaceae]]\n[[Categoria:G\u00e9neros de plantas]]"}]},"329815":{"pageid":329815,"ns":0,"title":"Reflex\u00e3o total","revisions":[{"contentformat":"text/x-wiki","contentmodel":"wikitext","*":"{{Mais notas|data=junho de 2017|Este verbete}}\n[[Ficheiro:\u00f3ptica \u00e2ngulo limite.JPG|thumb|N2 > N1]]\nUma situa\u00e7\u00e3o em que o feixe de [[luz]] refratado ser\u00e1 quase paralelo \u00e0 superf\u00edcie. Aumentando um pouco mais o [[\u00e2ngulo de incid\u00eancia]] ('''i'''), at\u00e9 chegar ao \u00e2ngulo critico o feixe refratado desaparece e toda a luz passa a ser [[reflex\u00e3o (f\u00edsica)|refletida]]. Esse fen\u00f4meno chama-se reflex\u00e3o total. Para que isso aconte\u00e7a, \u00e9 preciso que a luz seja proveniente de um meio mais refringente em rela\u00e7\u00e3o ao outro (N1 > N2).\u00d3ptica F\u00edsica - USP [http://www.usp.br/massa/2013/qfl2453/pdf/coloquiorefratometria-2013.pdf]\n\nPara determinar o \u00e2ngulo limite, usa-se a '''[[Lei de Snell-Descartes]]''' para \u00e2ngulo de refra\u00e7\u00e3o = 90 graus, portanto para um raio de luz monocrom\u00e1tica passando de um meio para o outro, \u00e9 constante o produto do seno do \u00e2ngulo,\nformado pelo raio e pela normal,com o \u00edndice de refra\u00e7\u00e3o em que se encontra esse raio.\nmatematicamente:\n\n\nn_{1} \\cdot \\sin \\theta_i = n_{2} \\cdot \\sin \\theta_r\n\n\n== \u00cdndice de refra\u00e7\u00e3o ==\nPara determinar o \u00edndice de refra\u00e7\u00e3o (n) deve-se utilizar a express\u00e3o:\n\nn=\\frac{c}{v}\n\nNa qual:\n*c \u00e9 a velocidade da luz no v\u00e1cuo (constante);\n*v \u00e9 a velocidade no meio escolhido; e\n*n \u00e9 o \u00edndice de refra\u00e7\u00e3o do meio escolhido.\n\n\n== \u00c2ngulo cr\u00edtico ==\n\n[[Imagem:Refraction internal reflection diagram.svg|thumb|250px|right|Demonstra\u00e7\u00e3o de n\u00e3o-refra\u00e7\u00e3o \u00e0 \u00e2ngulos maiores que o \u00e2ngulo cr\u00edtico.]]\nQuando a luz viaja de um meio com \u00edndice de refra\u00e7\u00e3o maior para um com \u00edndice menor, a Lei de Snell parece necessitar em alguns casos (quando o \u00e2ngulo de incid\u00eancia \u00e9 suficientemente grande) que o seno do \u00e2ngulo de refra\u00e7\u00e3o seja maior que um. Isso claramente \u00e9 imposs\u00edvel, e a luz nesses casos \u00e9 completamente refletida pela fronteira, esse \u00e9 o fen\u00f4meno conhecido como reflex\u00e3o total. Aula 30 \u2013 Reflex\u00e3o e Refra\u00e7\u00e3o da Luz, Universidade Federal do Paran\u00e1, Setor de Ci\u00eancias Exatas, Departamento de F\u00edsica, [http://fisica.ufpr.br/viana/fisicab/aulas2/aula30.html] {{Wayback|url=http://fisica.ufpr.br/viana/fisicab/aulas2/aula30.html |date=20081023031053 }} O maior \u00e2ngulo de incid\u00eancia poss\u00edvel que ainda resulta em um raio refratado \u00e9 chamado de '''\u00e2ngulo cr\u00edtico'''; nesse caso o raio refratado viaja ao longo da fronteira entre os dois meios.\n[[Imagem:RefractionReflextion.svg|thumb|center|650px|Refra\u00e7\u00e3o da luz na fronteira entre dois meios.]]\nPor exemplo, considere um raio de luz movendo-se da \u00e1gua para o ar com um \u00e2ngulo de incid\u00eancia de 50\u00b0. Os \u00edndices de refra\u00e7\u00e3o da \u00e1gua e do ar s\u00e3o aproximadamente 1.333 e 1, respectivamente, ent\u00e3o a Lei de Snell nos d\u00e1 a rela\u00e7\u00e3o. Aula 30 \u2013 Reflex\u00e3o e Refra\u00e7\u00e3o da Luz, Universidade Federal do Paran\u00e1, Setor de Ci\u00eancias Exatas, Departamento de F\u00edsica\n\n:\\sin\\theta_2 = \\frac{n_1}{n_2}\\sin\\theta_1 = \\frac{1.333}{1}\\cdot\\sin\\left(50^\\circ\\right) = 1.333\\cdot 0.766 = 1.021,\n\nA qual \u00e9 imposs\u00edvel satisfazer. O \u00e2ngulo cr\u00edtico \u03b8crit \u00e9 o valor de \u03b81 para o qual \u03b82 \u00e9 igual a 90\u00b0:\n\n:\\theta_\\text{crit} = \\arcsin\\left(\\frac{n_2}{n_1}\\sin\\theta_2\\right) = \\arcsin\\frac{n_2}{n_1} = 48.6^\\circ.\n\n\n== Aplica\u00e7\u00f5es ==\n[[Imagem:Mirror like effect.jpg|thumb|Efeito de espelho]]\n*O fen\u00f4meno da reflex\u00e3o total \u00e9 aplicada, por exemplo, na comunica\u00e7\u00e3o, atrav\u00e9s da [[fibra \u00f3ptica]] que transmite informa\u00e7\u00e3o a partir de ondas eletromagn\u00e9ticas. A luz atravessa o fio sem que haja perda consider\u00e1vel de energia ou interfer\u00eancia, ocorrendo sucessivas reflex\u00f5es totais nas paredes da fibra.\n*Reflex\u00e3o interna total \u00e9 o princ\u00edpio de funcionamento de autom\u00f3veis com sensores de chuva, que controlam autom\u00e1ticamente os limpadores de p\u00e1ra-brisa.\n*Outra aplica\u00e7\u00e3o de reflex\u00e3o interna total \u00e9 a filtragem espacial da luz. Moreno, Ivan; J. Jesus Araiza, Maximino Avendano-Alejo (2005). \"Thin-film filtros espaciais\" (PDF). Optics Letters 30 (8): pp 914-916. Bibcode : 2005OptL ... 30 .. 914m . doi : 10.1364/OL.30.000914 . PMID 15865397 .\n*Bin\u00f3culos prism\u00e1ticos usam o princ\u00edpio da reflex\u00e3o interna total para obter uma imagem muito clara.\n*A reflex\u00e3o interna total em combina\u00e7\u00e3o com uma c\u00e2mera de alta velocidade para capturar e analisar pegadas de roedores de laborat\u00f3rio.\"sistema de an\u00e1lise da marcha e software para roedores | Catwalk\" . Noldus.com . Retirado 26 de agosto de 2010 .\n*\u00d3pticos de impress\u00e3o digital usam dispositivos de reflex\u00e3o interna total, a fim de gravar uma imagem de impress\u00e3o digital de uma pessoa sem o uso de tinta.\n\n[[Imagem:Total_internal_reflection_of_Chelonia_mydas.jpg|A reflex\u00e3o interna total pode ser vista na fronteira do ar-\u00e1gua.|thumb|250px]]\nA reflex\u00e3o interna total pode ser observada enquanto nadamos, basta abrir os olhos logo abaixo da superf\u00edcie da \u00e1gua. Se a \u00e1gua \u00e9 calma, a sua superf\u00edcie parece espelhada.\n\nPode-se demonstrar reflex\u00e3o interna total, preenchendo uma pia ou banheira com \u00e1gua e colocando um copo de vidro de cabe\u00e7a para baixo sobre o dreno (com o copo tamb\u00e9m cheio de \u00e1gua). Enquanto a \u00e1gua permanece no copo, o dreno permanece vis\u00edvel, uma vez que o \u00e2ngulo de refrac\u00e7\u00e3o entre o vidro e a \u00e1gua n\u00e3o ser\u00e1 maior do que o \u00e2ngulo cr\u00edtico. Se o dreno \u00e9 aberto, ent\u00e3o a \u00e1gua pode escorrer para fora do copo de cabe\u00e7a para baixo, deixando-o cheio de ar. Visto de cima, o copo agora aparece espelhado e o dreno desaparece, porque a luz reflete na interface ar / vidro.\n\nOutro exemplo comum de reflex\u00e3o interna total \u00e9 um diamante criticamente cortado. Isto \u00e9 o que lhe d\u00e1 o m\u00e1ximo brilho.\n\n{{Referencias}}\n\n\n== Ver tamb\u00e9m ==\n* [[Refra\u00e7\u00e3o]]\n* [[Lei de Snell]]\n* http://educacao.uol.com.br/disciplinas/fisica/reflexao-total-angulos-limite-miragens-e-fibra-optica.htm\n* http://www.infopedia.pt/$reflexao-total;jsessionid=JkNHD+eZDbbBSO8zxwLa3w__\n\n\n[[Categoria:\u00d3ptica]]"}]},"280755":{"pageid":280755,"ns":0,"title":"Nkoteng","revisions":[{"contentformat":"text/x-wiki","contentmodel":"wikitext","*":"{{Info/Assentamento\n|nome_oficial = Nkoteng\n|assentamento_tipo = Cidade\n|imagem_horizonte = \n|imagem_tamanho = \n|imagem_legenda = \n|imagem_bandeira = \n|bandeira_tamanho = \n|imagem_selo = \n|selo_tamanho = \n|imagem_escudo = \n|escudo_tamanho = \n|imagem_emblema_vazio = \n|apelido = \n|lema = \n|imagem_mapa = \n|mapa_tamanho = \n|mapa_legenda = \n|imagem_mapa_ponto = \n|mapa_ponto_tamanho = \n|mapa_ponto_legenda = \n|ponto_x = |ponto_y = \n|mapa_alfinete = Camar\u00f5es\n|mapa_alfinete_posi\u00e7\u00e3o = \n|mapa_alfinete_tamanho = \n|mapa_alfinete_legenda = Localiza\u00e7\u00e3o de Nkoteng nos Camar\u00f5es\n|latd =4 |latm =31 |lats =00 |latNS =N \n|longd =12 |longm =02 |longs =00 |longEW =E \n|subdivis\u00e3o_tipo = Pa\u00eds\n|subdivis\u00e3o_nome = {{CMR}}\n|subdivis\u00e3o_tipo1 = [[Regi\u00f5es dos Camar\u00f5es|Regi\u00e3o]]\n|subdivis\u00e3o_nome1 = [[Centro (Camar\u00f5es)|Centro]]\n|subdivis\u00e3o_tipo2 = Departamento\n|subdivis\u00e3o_nome2 = \n|estabelecido_t\u00edtulo = \n|estabelecido_data = \n|fundador = \n|nomeado_por = \n|sede_tipo = \n|sede = \n|governo_notas = \n|governo_tipo = \n|l\u00edder_partido = \n|l\u00edder_t\u00edtulo = \n|l\u00edder_nome = \n|l\u00edder_t\u00edtulo1 = \n|l\u00edder_nome1 = \n|total_tipo = \n|unid_pref = Metric\n|\u00e1rea_notas = \n|\u00e1rea_magnitude = \n|\u00e1rea_total_km2 = \n|\u00e1rea_total_sq_mi = \n|\u00e1rea_total_dunam = \n|\u00e1rea_terra_km2 = \n|\u00e1rea_terra_sq_mi = \n|\u00e1rea_\u00e1gua_km2 = \n|\u00e1rea_\u00e1gua_sq_mi = \n|\u00e1rea_\u00e1gua_percent = \n|altitude_notas = \n|altitude_m = \n|altitude_ft = \n|popula\u00e7\u00e3o_notas ={{citar web |url=http://archive.is/lRcpV |t\u00edtulo=Cameroon: largest cities and towns and statistics of their population |acessodata=16 de mar\u00e7o de 2014 |autor= |coautores= |data=11 de janeiro de 2013 |ano= |mes= |formato= |obra=world-gazetteer.com |publicado=Archive.is |p\u00e1ginas= |l\u00edngua= |l\u00edngua2=en |l\u00edngua3= |lang= |cita\u00e7\u00e3o= }} \n|popula\u00e7\u00e3o_total = 20 100\n|popula\u00e7\u00e3o_em = 2012\n|popula\u00e7\u00e3o_densidade_km2 = \n|popula\u00e7\u00e3o_densidade_sq_mi = \n|popula\u00e7\u00e3o_est = \n|popula\u00e7\u00e3o_est_em = \n|popula\u00e7\u00e3o_obs = \n|gent\u00edlico = \n|timezone = \n|utc_offset = \n|timezone_DST = \n|utc_offset_DST = \n|c\u00f3digo_postal_tipo = \n|c\u00f3digo_postal = \n|c\u00f3digo_\u00e1rea_tipo = \n|c\u00f3digo_\u00e1rea = \n|s\u00edtio = \n|notas = \n}}\n'''Nkoteng''' \u00e9 uma [[cidade]] dos [[Camar\u00f5es]] localizada na [[Regi\u00f5es dos Camar\u00f5es|prov\u00edncia]] de [[Centro (Camar\u00f5es)|Centro]].\n\n{{Refer\u00eancias}}\n\n{{esbo\u00e7o-geocm}}\n\n{{Portal3|Camar\u00f5es}}\n[[Categoria:Cidades dos Camar\u00f5es]]"}],"images":[{"ns":6,"title":"Ficheiro:Cameroon location map.svg"}]},"4338480":{"pageid":4338480,"ns":0,"title":"Hiper\u00f3xia","revisions":[{"contentformat":"text/x-wiki","contentmodel":"wikitext","*":"'''Hiper\u00f3xia''' se refere a um excesso de oxig\u00eanio em um tecido celular, um ambiente ou solu\u00e7\u00e3o. [[Antioxidante]]s previnem danos a curto prazo, ent\u00e3o quanto maiores forem as reservas do organismo mais demora antes que as les\u00f5es comecem.\n\n== Causas ==\n\u00c9 mais frequente em pacientes com doen\u00e7as respirat\u00f3rias que levem a respira\u00e7\u00e3o acelerada com broncodilata\u00e7\u00e3o compensat\u00f3ria ou em [[ventila\u00e7\u00e3o mec\u00e2nica]] prolongada, como em UTI ou em [[mergulho]].\n\n== Sinais e sintomas ==\nO aumento dos n\u00edveis de rea\u00e7\u00e3o ao oxig\u00eanio nos pulm\u00f5es causahttp://www.hindawi.com/journals/nrp/2011/260482/{{Citar web |url=http://periodicos.unitau.br/ojs-2.2/index.php/biociencias/article/viewFile/578/302 |titulo=C\u00f3pia arquivada |acessodata=2014-03-19 |arquivourl=https://web.archive.org/web/20130521093006/http://periodicos.unitau.br/ojs-2.2/index.php/biociencias/article/viewFile/578/302 |arquivodata=2013-05-21 |urlmorta=yes }}:\n*Maior permeabilidade das membranas celulares;\n*Problemas na [[coagula\u00e7\u00e3o]];\n*Dep\u00f3sitos de [[col\u00e1geno]];\n*Danifica lip\u00eddeos, prote\u00ednas e \u00e1cidos nucleicos;\n*Induz respostas inflamat\u00f3rias nos alv\u00e9olos e;\n*Derrame pleural;\n*Colapso de partes do pulm\u00e3o ([[atelectasia]]).\n\nEm hiper\u00f3xia, m\u00faltiplas vias de sinaliza\u00e7\u00e3o v\u00e3o determinar se a resposta celular ser\u00e1 [[apoptose]], [[necrose]] ou [[reparo]]. Hiper\u00f3xia n\u00e3o melhora a atividade cerebral, mas pode prevenir apoptoses em [[isquemia]] cerebral.{{Citar web |url=http://periodicos.unitau.br/ojs-2.2/index.php/biociencias/article/viewFile/578/302 |titulo=C\u00f3pia arquivada |acessodata=2014-03-19 |arquivourl=https://web.archive.org/web/20130521093006/http://periodicos.unitau.br/ojs-2.2/index.php/biociencias/article/viewFile/578/302 |arquivodata=2013-05-21 |urlmorta=yes }}\n\n== Tratamento ==\nReduzir a fonte de oxig\u00eanio a n\u00edveis normais e administrar antioxidantes podem prevenir maiores danos. Anti-inflamat\u00f3rios podem reduzir edemas. Colapso pulmonar pode exigir cirurgia.\n\n{{Refer\u00eancias}}\n\n[[Categoria:Pneumologia]]"}]},"1310951":{"pageid":1310951,"ns":0,"title":"Cabo Branco (Tun\u00edsia)","revisions":[{"contentformat":"text/x-wiki","contentmodel":"wikitext","*":"{{Sem infocaixa|Cabo}}\n{{Ver desambig||Cabo Branco}}\n{{coor title dms|37|20|28|N|9|44|48|E}}\n{{Mapa de localiza\u00e7\u00e3o|Tun\u00edsia\n|label = Cabo Branco\n|label_size =\n|posi\u00e7\u00e3o =\n|fundo =\n|latG=37 |latM=20 |latS=28 |latP=N\n|lonG=9 |lonM=44 |lonS=48 |lonP=E\n|lat =\n|long =\n|marca =\n|marca_tam =\n|borda = 1\n|legenda = Localiza\u00e7\u00e3o na Tun\u00edsia\n|float =\n|largura =\n|mapa_alt =Tunisian Republic location map Topographic.png\n|coord_t\u00edtulo =\n|coord_sufixo =\n|img1 =\n|img1_legenda =\n|img2 =\n|img2_legenda =\n}}\nO '''Cabo Branco''' ou '''Ras al-Abyad''' ({{Langx|ar|\u0627\u0644\u0631\u0623\u0633 \u0627\u0644\u0623\u0628\u064a\u0636 - ''Ra's al-Abyad''}}) \u00e9 um cabo do norte da [[Tun\u00edsia]]. Muito perto, a oeste, fica o [[Ras ben Sakka]], o ponto mais setentrional do [[\u00c1frica|continente africano]], \u00e0 [[latitude]] 37\u00b021' N.\n\nO cabo Branco \u00e9 muitas vezes mencionado como o extremo norte de \u00c1frica e fica, de facto, muito pr\u00f3ximo da latitude do [[Ras ben Sakha]].{{citar peri\u00f3dico|url=http://connection.epnet.com/content/article/1038309181.html |n\u00famero =1|titulo= The Land |journal=Africa: Facts and Figures|publicado=EBSCO Publishing|data= 1 de janeiro de 2005}}\n\n{{refer\u00eancias}}\n\n{{esbo\u00e7o-geotn}}\n{{Sem imagem|geo|data=fevereiro de 2012}}\n\n[[Categoria:Cabos da Tun\u00edsia|Branco]]\n[[Categoria:Pen\u00ednsulas da Tun\u00edsia|Branco]]"}]},"913174":{"pageid":913174,"ns":0,"title":"Avro Canada CF-105","revisions":[{"contentformat":"text/x-wiki","contentmodel":"wikitext","*":"{{em tradu\u00e7\u00e3o|en:Avro Canada CF-105 Arrow|data=outubro de 2015}}\n{{expandir2|artigo|en|Avro Canada CF-105 Arrow|data=outubro de 2015}}\n{{mais notas|data=outubro de 2015}}\n{{Info/Aeronave\n|nome = CF-105 \"Arrow\"\n|imagem = Avro Arrow replica.jpg\n|legenda = R\u00e9plica do Avro CF-105 Arrow\n|\u00e9 autog = \n|\u00e9 bombard = \n|\u00e9 ca\u00e7a = s\n|\u00e9 dirig = \n|\u00e9 drone = \n|\u00e9 espac = \n|\u00e9 helic = \n|\u00e9 civil = \n|\u00e9 militar = s\n\n|missao = [[Ca\u00e7a (aeronave)|Ca\u00e7a]] [[Avi\u00e3o de intercep\u00e7\u00e3o|interceptador]], com motores [[turbojato]], [[bimotor]] [[monoplano]]\n|pa\u00eds de origem = {{CAN}}\n|fabricante = [[Avro#Avro Canada|Avro Canada]]\n|produ\u00e7\u00e3o = Projeto iniciado em [[1953]], produzidos em [[1957]]\n|quantidade = (6\u00ba com 93% completo, todos os outros em v\u00e1rios est\u00e1gios de produ\u00e7\u00e3oPage et al. 2004, p. 117.[http://www.aviation.technomuses.ca/collections/artifacts/aircraft/AvroCanadaCF-105Arrow/ \"Avro Canada CF-105 Arrow 2.\"] ''aviation.technomuses.ca''.),
Completos 5\n|custo = [[D\u00f3lar canadense|C$]] 3,5 - 5 milh\u00f5es[http://www.bankofcanada.ca/rates/related/inflation-calculator/ http://www.bankofcanada.ca/rates/related/inflation-calculator/]Campagna 1998, p. 111.\n|desenvolvido de = \n|desenvolvido em = \n|primeirovoo = {{dtlink|25|5|1958|idade}}\n|integra\u00e7ao = \n|aposentado = Projeto cancelado em {{dtlink|20|2|1959}}\n|variantes = \n* '''Mark 1'''\n* '''Mark 2'''\n|tripula\u00e7ao = 2\n|passageiros = \n|passag classes = \n|soldados = \n|carga util = \n\n|etiqueta espec = Arrow Mk 1\n\n|comprimento = 23.71\n|envergadura = 15.24\n|altura = 6.25\n|area rotor/asa = 113.8\n|diametro rotor = \n|volume m3 = \n\n|peso vazio = 22245\n|peso carregado = 25820\n|peso na decolagem = 31120\n\n|motores descri\u00e7ao = 2 x [[turbojato]]s [[Pratt & Whitney J75]]-P-3
'''Empuxo:'''\n* '''Empuxo seco:''' {{converter|5669|kgf|N|o=l}}\n* '''Empuxo em p\u00f3s-combust\u00e3o:''' {{converter|10659|kgf|N|o=l}}\n|potencia motor = \n|for\u00e7a empuxo = \n\n|velocidade max = 2104\n|velocidade cruze = 977\n|velocidade mach = \u00c1 {{converter|15000|m|ft|o=l}}, 1,98\n|alcance b\u00e9lico = 660\n|alcance normal = \n|autonomia voo/h = \n|teto/tecto max = 16150\n|razao subida m/s = \n\n|radar tipo = Sistema de controle de tiro Hughes MX-1179\n|contr-med elet = \n\n|canhoes/metralh = \n|foguetes = 1-4 n\u00e3o guiados nucleares [[AIR-2 Genie]] ''ou''\n|misseis = +8 x [[AIM-4 Falcon]], [[Canadair]] [[Velvet Glove]] ''ou''
3 x [[AIM-7 Sparrow]] II 2D\n|bombas = \n\n|notas = '''Dados de:''' ''The Great Book of Fighters''Green, William and Gordon Swanborough. ''The Great Book of Fighters''. St. Paul, Minnesota: MBI Publishing, 2001. ISBN 0-7603-1194-3., ''The Canadian Approach to All-Weather Interceptor Development''Floyd 1958, ''Avro Arrow: The Story of the Avro Arrow from its Evolution to its Extinction''Page et al. 2004, p. 116.\n}}\nO '''Avro Canada CF-105 Arrow''' foi um [[ca\u00e7a (avi\u00e3o)|ca\u00e7a]] [[supers\u00f4nico]] [[Canad\u00e1|canadense]], seu primeiro voo ocorreu em [[25 de mar\u00e7o]] de [[1958]]. O projeto foi cancelado em [[1959]] por uma decis\u00e3o controversa do governo, apenas prot\u00f3tipos foram fabricados. \n\nCom o sucesso alcan\u00e7ado pelo [[Avro CF-100 Canuck]], a ''Avro Canada'' iniciou o desenvolvimento de um interceptador de alto desempenho. Durante os testes, a aeronave mostrou-se promissora, por\u00e9m o desenvolvimento foi abruptamente interrompido, gerando debates e especula\u00e7\u00f5es at\u00e9 os dias de hoje.\n{| align=center\n|[[ficheiro:Avro Arrow 3-view.jpg|thumb|180px|Tr\u00eas vis\u00f5es do CF-150 Arrow]]\n|[[Imagem:Arrow-model 001.jpg|thumb|180px|R\u00e9plica do Avro CF-105 Arrow]]\n|}\n\nEm [[1961]], 66 aeronaves [[McDonnell F-101 Voodoo]] fabricadas sob licen\u00e7a como CF-101, foram encomendadas pela For\u00e7a A\u00e9rea do Canad\u00e1.\n\n{{Notas}}\n\n==Bibliografia==\n* Campagna, Palmiro. ''Storms of Controversy: The Secret Avro Arrow Files Revealed''. Toronto: Stoddart, third paperback edition, 1998. ISBN 0-7737-5990-5.\n* Floyd, James. ''\"The Canadian Approach to All-Weather Interceptor Development. The Fourteenth British Commonwealth Lecture.\" The Journal of the Royal Aeronautical Society'', Volume 62, no. 576, December 1958.\n* Page, Ron, Richard Organ, Don Watson and Les Wilkinson (the \"Arrowheads\"). ''Avro Arrow: The Story of the Avro Arrow from its Evolution to its Extinction''. Erin, Ontario: Boston Mills Press, 1979, reprinted Stoddart, 2004. ISBN 1-55046-047-1.\n{{Commonscat}}\n\n{{refer\u00eancias}}\n\n{{esbo\u00e7o-avia\u00e7\u00e3o}}\n{{Aeronaves da Avro Canada}}\n{{portal3|Canad\u00e1|Avia\u00e7\u00e3o}}\n\n[[Categoria:Aeronaves da Avro|CF-105 Arrow]]\n[[Categoria:Aeronaves da Avro Canada|CF-105 Arrow]]\n[[Categoria:Aeronaves produzidas no Canad\u00e1]]\n[[Categoria:Avi\u00f5es]]\n[[Categoria:Aer\u00f3dinos monoplanos]]\n[[Categoria:Aeronaves de ca\u00e7a]]\n[[Categoria:Aeronaves supers\u00f4nicas]]\n[[Categoria:Aeronaves com motor a rea\u00e7\u00e3o]]\n[[Categoria:Aeronaves bimotoras]]"}]},"2675354":{"pageid":2675354,"ns":0,"title":"Vladimir da Bulg\u00e1ria","revisions":[{"contentformat":"text/x-wiki","contentmodel":"wikitext","*":"{{Sem-fontes|data=outubro de 2013}}\n{{Info/Monarca\n|nome = Vladimir\n|t\u00edtulo = ''[[Knyaz]]'' da [[Primeiro Imp\u00e9rio B\u00falgaro|Bulg\u00e1ria]]\n|imagem-tamanho = 250px\n|imagem = Saint Demetrius Church in Teshovo Enthronement of Simeon and Punishment of Vladimir Fresco 2.jpg\n|legenda = [[Afresco]] na Igreja de S\u00e3o Dem\u00e9trio em {{ilc|Techovo||Teshovo}} representando a entroniza\u00e7\u00e3o de Sime\u00e3o e puni\u00e7\u00e3o de Vladimir\n|reinado = {{dtlink|||889}} \u2014 {{dtlink|||893}}\n|antecessor = {{lknb|B\u00f3ris|I|da Bulg\u00e1ria}}\n|sucessor = {{lknb|Sime\u00e3o|I|da Bulg\u00e1ria}}\n|dinastia = \"Dinastia de Crum\" (possivelmente [[Cl\u00e3 Dulo|Dulo]])\n|pai = {{lknb|B\u00f3ris|I|da Bulg\u00e1ria}}\n|m\u00e3e = Maria\n}}\n[[Imagem:Seal of Simeon I of Bulgaria.jpg|thumb|270px|Selo do [[imperador b\u00falgaro|imperador]] [[Sime\u00e3o I da Bulg\u00e1ria|Sime\u00e3o]] {{nwrap|r.|893|927}}]]\n\n'''Vladimir''' ({{langx|bg|\u0412\u043b\u0430\u0434\u0438\u043c\u0438\u0440}}), '''Blad\u00edmero/Vlad\u00edmero''' ({{langx|qgk|\u0392\u03bb\u03b1\u03b4\u03af\u03bc\u03b7\u03c1\u03bf\u03c2||''Blad\u00edmeros''}}), '''Baldimer/Valdimer''' ({{lang|qgk|\u0392\u03b1\u03bb\u03b4\u03af\u03bc\u03b5\u03c1}}), '''Bladimer/Vladimer''' ({{lang|qgk|\u0392\u03bb\u03b1\u03b4\u03af\u03bc\u03b5\u03c1}}) ou '''Laodimir''' ({{langx|la|''Laodimir''}}), tamb\u00e9m chamado '''Rasate''' ({{langx|bg|\u0420\u0430\u0441\u0430\u0442\u0435}}), foi o ''[[knyaz]]'' da [[Primeiro Imp\u00e9rio B\u00falgaro|Bulg\u00e1ria]] entre 889 e 893.\n\n== Hist\u00f3ria ==\n\nVladimir se tornou o governante (''[[knyaz]]'') da Bulg\u00e1ria quando seu pai, {{lknb|B\u00f3ris|I|da Bulg\u00e1ria}} (B\u00f3ris adotou o nome de Miguel depois da [[cristianiza\u00e7\u00e3o da Bulg\u00e1ria|sua convers\u00e3o]] ao [[cristianismo]]), decidiu se retirar para um [[mosteiro]] depois de reinar por 36 anos. [[Sinete]]s com inscri\u00e7\u00e3o \"Miguel, o Monge, que \u00e9 o [[arconte]] dos b\u00falgaros\" sugerem, contudo, que B\u00f3ris pode n\u00e3o ter aberto m\u00e3o completamente do poder. \n\nVladimir era o filho mais velho de B\u00f3ris e, possivelmente, o \u00fanico nascido antes da convers\u00e3o de B\u00f3ris. De acordo com o relato do [[imperador bizantino]] {{lknb|Constantino|VII Porfirog\u00eanito}}, Vladimir participou da invas\u00e3o do territ\u00f3rio [[S\u00e9rvia medieval|s\u00e9rvio]] antes da cristianiza\u00e7\u00e3o da Bulg\u00e1ria. O pouco que se sabe sobre o seu reino inclui uma alian\u00e7a militar que ele firmou em 892 com os rei [[germ\u00e2nicos|germ\u00e2nico]] dos [[francos orientais]] [[Arnulfo da Car\u00edntia]] contra a [[Grande Mor\u00e1via]] e que tamb\u00e9m tinha o objetivo indireto de conter as ambi\u00e7\u00f5es bizantinas. Esta alian\u00e7a foi um s\u00e9rio desvio em rela\u00e7\u00e3o \u00e0 pol\u00edtica externa de amizade com o [[Imp\u00e9rio Bizantino]] defendida por seu pai.\n\nEle \u00e9 lembrado principalmente por sua tentativa frustrada de eliminar o [[cristianismo]] da Bulg\u00e1ria para reinstituir o [[tengriismo]]. Segundo o relato de Constantino de Preslava em seu \"Evangelho Did\u00e1tico\", Vladimir come\u00e7ou a destruir sistematicamente as igrejas e a perseguir o clero crist\u00e3o, que seriam, segundo o que ele acreditava, instrumentos da domina\u00e7\u00e3o bizantina sobre o reino b\u00falgaro. Suas a\u00e7\u00f5es n\u00e3o foram bem recebidas nem pela popula\u00e7\u00e3o e nem pela aristocracia, o que permite concluir que ele tinha o apoio de apenas alguns [[boiardo]]s. Como seria de se esperar B\u00f3ris, em 893, deixou o mosteiro e dep\u00f4s o filho, cegando-o e aprisionando-o numa masmorra. Depois disso, ele desapareceu do registro hist\u00f3rico.\n\nDepois de lidar com a revolta de Vladimir contra o cristianismo, B\u00f3ris entregou o governo ao seu terceiro filho, {{lknb|Sime\u00e3o|I|da Bulg\u00e1ria}}, durante o [[Conc\u00edlio de Preslava]], que foi convocado justamente para tratar desta atrapalhada tentativa de retorno ao paganismo.\n\n{{Clear}}\n== Fam\u00edlia ==\n{{Fam\u00edlia de B\u00f3ris I da Bulg\u00e1ria}}\n{{Clear}}\n== Ver tamb\u00e9m ==\n* [[Guerras bizantino-b\u00falgaras#Breve conflito com Te\u00f3filo|Guerra de Te\u00f3filo]]\n{{s-start}}\n{{s-hou|[[Cl\u00e3 Dulo]]||?||?}}\n{{s-bef|antes={{lknb|B\u00f3ris|I|da Bulg\u00e1ria}}}}\n{{s-ttl|titulo=[[C\u00e3 b\u00falgaro]]|anos=889–893}}\n{{s-aft|depois={{lknb|Sime\u00e3o|I|da Bulg\u00e1ria}}}}\n{{end}}\n\n[[Categoria:Reis da Bulg\u00e1ria]]\n[[Categoria:B\u00falgaros do s\u00e9culo IX]]\n[[Categoria:Nascidos no s\u00e9culo IX]]\n[[Categoria:Mortos no s\u00e9culo IX]]\n[[Categoria:Cl\u00e3 Dulo]]\n[[Categoria:Dinastia de Crum]]\n[[Categoria:Filhos de B\u00f3ris I da Bulg\u00e1ria]]"}]}}}}