/blog/abertura de empresa para medicos/

 (11) 3340.6655     (11) 95636.4873     contato@pigatti.com.br      Cliente      Processos   
    
  


Abertura de empresa para médicos: como funciona
escrito em 16 de julho de 2020

São muitas as características a se pensar no processo de abertura de empresa para médicos, mas esse procedimento pode ser muito mais simples se você entender vantagens e desvantagens de cada caso. Com modalidades jurídicas distintas que favorecem diferentes situações, é importante saber o que muda para cada um.

 

Hoje, separamos o que mais vale saber de cada caso e o que levar em conta no momento da abertura de empresa para médicos. Assim, você tem mais tranquilidade para se dedicar com segurança ao que mais precisa do seu tempo: seus pacientes. Continue lendo para entender as opções disponíveis no mercado para você:

 

Quando um médico trabalha por escala de plantões em hospitais, o mais comum é que receba em pessoa jurídica pelo seu trabalho prestado. Consequentemente, a abertura de empresa para médicos acaba sendo mais por uma necessidade do que por escolha propriamente dita. Com tantas modalidades jurídicas distintas, é importante conhecer o que cada uma oferece para que sua escolha seja mais assertiva. Você pode abrir uma empresa como Sociedade Limitada, Sociedade Simples, Sociedade Empresária Limitada, EIRELI e alguns outras naturezas, mas a Sociedade Simples Pura, Sociedade Simples Limitada e Sociedade Empresária costumam ser as mais usadas.

 

Quais os tipos de empresa médicos podem abrir?

 

MEI

A legislação (Lei Complementar 123 de 2006) não permite que um médico possa fazer a opção pelo regime do MEI – Microempreendedor Individual. Ou seja, Médicos não podem abrir MEI, então essa possibilidade já é descartada.

 

Ser médico PESSOA FÍSICA vale a pena?

Embora seja possível trabalhar como pessoa física sendo um médico autônomo, a modalidade não é recomendada pelas altas cargas tributárias impostas nessa natureza jurídica. Os custos são altos, podendo chegar a 27,5% de todos os seus rendimentos! Mesmo que em um primeiro momento pareça ser uma opção viável por possibilitar a declaração de todos os valores recebidos, é a modalidade que mais oferece riscos em relação aos cruzamentos com a Receita Federal.

 

No entanto, há um só momento em que as vantagens de ser pessoa física se sobrepõem à uma abertura de empresa para médicos. No início de carreira ou nos primeiros meses de consultório, quando o número alto de despesas é alto e o lucro líquido ainda é baixo, pode valer mais a pena ser pessoa física. Por outro lado, só o cálculo prévio de ganhos e despesas feitos pela contabilidade podem definir se esse é o seu caso.

 

Médicos sozinhos – sem sociedade

 

EMPRESA INDIVIDUAL

De acordo com o Artigo 966 do Código Civil, as atividades regulamentadas não são reconhecidas no regime individual, já que não são considerados empresários aqueles que exercem profissão intelectual, de natureza científica, literária ou artística.

 

Este tipo de empresa não é recomendado a estes profissionais porque, de acordo com o artigo 150 do Regulamento do Imposto de Renda, pela Receita Federal, se pessoa física tiver empresa na modalidade de empresário individual e exercer uma atividade regulamentada, ela pode ser tributada em até 27,5%, da mesma forma que pessoa física.

 

É por isso que nesses casos, de profissionais como psicólogos, médicos, veterinários, dentistas, engenheiros, advogados, entre outros, existem outros caminhos para os quais não existe essa peculiaridade quanto ao imposto de renda.

 

EIRELI (Empresa Individual de Responsabilidade Limitada) 

A natureza jurídica EIRELI costuma ser uma da mais indicada. Para integralizar essa modalidade, um dos requisitos da modalidade é um capital social de no mínimo 100 salários mínimos vigentes, ou seja, agora (julho de 2020) esse valor corresponderia a R$104.500,00.

 

A novidade da Sociedade Limitada unipessoal

Foi criada através de uma alteração no Código Civil pela lei  13.874 – 20/9/2019, que trouxe mudanças no Código brasileiro onde é possível a abertura da sua clínica ou consultório somente por um único representante e sócio.

 

Isso facilitou muito a vida de empreendedores em relação às limitações da responsabilidade sobre o capital social no ato de legalizar e abrir a sua empresa.

 

Antes o empreendedor podia ter sociedade empresária unipessoal por um período determinado que correspondia a 180 dias, quando trocava de sociedade ou fazer uma troca para a modalidade de empresa individual.

 

Essa liberdade econômica para a modalidade jurídica unipessoal facilitou muito algumas áreas e setores da economia, principalmente para a área da saúde a abertura de empresas para médicos, abertura de clínicas odontológicas, que antigamente só era possível se tivesse um sócio que fizesse parte da sociedade médica.

 

SOCIEDADE EMPRESÁRIA LIMITADA UNIPESSOAL

A sociedade limitada unipessoal empresária é registrada na junta comercial  do seu estado e deve ser utilizada quando quem tiver abrindo uma empresa,  não for médico e tiver um objetivo de empreender na área da saúde.

 

SOCIEDADE SIMPLES LIMITADA UNIPESSOAL

Natureza simples, é registrada no cartório e utilizada por médicos que querem atuar como pessoa jurídica, seja em locais de terceiros como clínicas é hospitais ou quer abrir o seu próprio consultório ou sua clínica médica e não tem sócio.

Essa é uma grande vantagem de abrir neste tipo de modalidade jurídica pois você não corre o risco de precisar quitar possíveis dividas com o seu capital pessoal.

 

Médicos com sócios

 

SOCIEDADE EMPRESARIAL LTDA 

Entre médicos com parcerias em outras especialidades e profissionais de outras atividades – aberta na Junta Comercial.

 

A Sociedade Empresária é a que irá atuar da maneira prevista no art. 966 do Código Civil, ou seja, exercerá profissionalmente atividade econômica organizada para produção ou a circulação de bens ou de serviços.

 

As Sociedades Empresárias devem ser registradas na Junta Comercial.

 

SOCIEDADE SIMPLES LTDA

Para médicos com responsabilidades sobre capital social. As Sociedades Simples são aqueles em que os sócios exerçam profissão intelectual, de natureza científica, literária ou artística, desde que o exercício da profissão não constitua elemento de empresa.

 

Ponto fundamental na Sociedade Simples é que a atividade fim dependa diretamente da atuação e conhecimento pessoal dos seus sócios. Por exemplo, uma sociedade constituída por dentistas, onde os mesmos exerçam a atividade da empresa. Esse modelo societário deve ser registrado no Cartório de Registro Civil das Pessoas Jurídicas.

 

SOCIEDADE SIMPLES PURA 

Entre médicos na mesma especialidades com responsabilidade ilimitada – aberta no cartório.

 

Diferentemente da Ltda, neste caso os sócios “misturam” o patrimônio pessoal ao empresarial. Tudo relacionado à empresa está ligado diretamente ao potencial de exploração e investimento dos próprios sócios.

 

A maior vantagem para quem decide optar por este modelo é o do ISS reduzido, visto que o imposto não precisa seguir o faturamento da empresa e é fixo, como o de autônomo.

 

A abertura de empresas para médicos pode ser um processo muito mais simples com a Pigatti Contabilidade! Nosso time de especialistas pode te ajudar a abrir sua empresa com o melhor regime tributário e estrutura societária para que você alcance sucesso, sem nunca se preocupar com a sua contabilidade. Entre em contato conosco para saber mais!

 

ESCRITO POR: Fernando Pigatti, líder da Pigatti Contabilidade.
Ajudando os donos de negócios no Brasil!


voltar
{"continue":{"imcontinue":"297907|Pirquet.jpg","grncontinue":"0.612816344580|0.612816344580|0|0","continue":"grncontinue||revisions"},"warnings":{"main":{"*":"Subscribe to the mediawiki-api-announce mailing list at for notice of API deprecations and breaking changes. Use [[Special:ApiFeatureUsage]] to see usage of deprecated features by your application."},"revisions":{"*":"Because \"rvslots\" was not specified, a legacy format has been used for the output. This format is deprecated, and in the future the new format will always be used."}},"query":{"pages":{"98749":{"pageid":98749,"ns":0,"title":"Travis Barker","revisions":[{"contentformat":"text/x-wiki","contentmodel":"wikitext","*":"{{Mais notas|data=outubro de 2019}}\n{{Info/M\u00fasica/artista\n |nome = Travis Barker\n |fundo =\n |imagem = TravisBarker.jpg\n |nome completo = Travis Landon Barker\n |origem = [[Fontana (Calif\u00f3rnia)|Fontana]], [[Calif\u00f3rnia]]\n |pa\u00eds = {{USA}}\n |g\u00eanero = [[Pop punk]]
[[Punk rock]]
[[Rock alternativo]]
[[Skate punk]]
[[Hip hop]]
[[Rap rock]]
[[Ska punk]]\n |ocupa\u00e7\u00e3o = [[Baterista]]
[[Percussionista]]
[[Tecladista]]
[[Pianista]]
[[Compositor]]
[[Produtor musical]]
[[Reality show]]
[[Design de moda|Designer de moda]]\n |instrumento = [[Bateria (instrumento musical)|Bateria]]
[[Instrumento de percuss\u00e3o|Percuss\u00e3o]]
[[Teclado (m\u00fasica)|Teclado]]
[[Piano]]\n |gravadora = Fags in the Wilderness Records
Filter Records
[[Kung Fu Records]]
Cargo Music
Grilled Cheese Records
Big Weenie Records
[[MCA Records]]
[[Geffen Records]]
[[LaSalle Records]]
[[Atlantic Records]]
[[Hellcat Records]]
[[Golden Voice Records]]
[[Interscope Records]](2006-atualmente)\n |afilia\u00e7\u00f5es = [[Blink-182]]
[[+44]]
[[Yelawolf]]
[[Paul Wall]]
[[Expensive Taste]]
[[Transplants]]
[[Box Car Racer]]
[[The Aquabats]]
[[Queens of the Stone Age]]
[[Avril Lavigne]]
[[Idiot Pilot]]
[[Game (rapper)|Game]]
[[Hopsin]]
[[Adam Goldstein|DJ AM]]
[[Soul Assassins]]
[[Skylar Grey]]
[[Krewella]]
[[Linkin Park]]
[[Goldfinger (banda)|Goldfinger]]\n |website = [http://www.travisbarker.com/ TravisBarker.com]\n |nascimento = {{dni|14|11|1975}}\n |falecimento = \n |atividade = [[1994]] \u2013 presente\n |modelos =\n}}\n'''Travis Landon Barker''' ([[Fontana (Calif\u00f3rnia)|Fontana]], [[14 de julho|14 de Novembro]] de [[1975]]) \u00e9 um [[baterista]], [[percussionista]], [[tecladista]], [[pianista]], [[compositor]], [[produtor musical]], [[reality show]] e [[design de moda|designer de moda]] [[Estados Unidos|estadunidense]]. Ficou mundialmente conhecido por atuar durante 8 anos na banda [[Calif\u00f3rnia|californiana]] [[Blink-182]] at\u00e9 a mesma se separar em [[2005]], por\u00e9m, os integrantes do grupo se reuniriam novamente, em fevereiro de [[2009]], com planos de voltar aos [[palco]]s e [[est\u00fadio de grava\u00e7\u00e3o|est\u00fadios de grava\u00e7\u00e3o]].mtv.com: [http://www.mtv.com/news/articles/1604564/20090208/blink_182.jhtml ''Blink-182 Confirm Reunion On Grammy Stage''] {{en}} Tamb\u00e9m tocou com [[+44]], [[Paul Wall]], [[Expensive Taste]], [[Transplants]], [[Box Car Racer]], [[The Aquabats]], [[Queens of the Stone Age]], [[Avril Lavigne]], [[Idiot Pilot]], [[The Game (rapper)|The Game]], [[Adam Goldstein|DJ AM]], [[Soul Assassins]]. [[Skylar Grey]], Goldfinger e [[Linkin Park]].\n\nGl\u00f3ria, sua [[m\u00e3e]], o incentivou a tocar [[bateria (instrumento musical)|bateria]] aos quatro anos de idade. Antes do primeiro dia de aula, ela morreu de [[c\u00e2ncer]].\n\n== Blink-182 ==\n[[Imagem:Blink182.jpg|esquerda|thumb|225px|Travis Barker com [[Tom DeLonge]] e [[Mark Hoppus]] em agosto de [[2003]] no [[Bahrein]].]]\n\nEm [[1998]] Travis Barker iniciou uma [[turn\u00ea]] com a sua banda, The Aquabats, e nessa turn\u00ea o [[Blink-182]] tamb\u00e9m estava presente. Ap\u00f3s alguns [[conflito]]s internos de [[Mark Hoppus]] e [[Tom DeLonge]], (intgrantes do Blink-182) com o baterista original do Blink, [[Scott Raynor]], o mesmo decidiu sair da banda, alegando que queria estudar e se formar, mas fontes dizem que a banda teve um problema com Scott, pelo forte consumo de [[bebida alco\u00f3lica|bebidas]]. Scott desapareceu durante a turn\u00ea e a banda precisou de outro baterista para substitu\u00ed-lo por um concerto. Travis ent\u00e3o foi chamado para tocar no lugar de Scott Raynor, ele tinha que aprender a tocar as [[can\u00e7\u00e3o|can\u00e7\u00f5es]] r\u00e1pido, mas ele aprendeu todas can\u00e7\u00f5es em cerca de uma hora, e tocou todas naquela [[noite]]. Mas como \u00e9 dif\u00edcil dedicar-se \u00e0 duas bandas com [[agenda]]s totalmente diferentes, Travis Baker optou pelo Blink-182, pois era uma banda muito mais famosa e naquele ano j\u00e1 tinha grandes sucessos como \"[[Dammit (can\u00e7\u00e3o)|Dammit]]\" e \"[[Josie (can\u00e7\u00e3o)|Josie]]\". Gra\u00e7as a sua grande habilidade na bateria, Tom DeLonge, [[guitarrista]] e [[vocalista]], e Mark Hoppus, [[baixista]] e vocalista o aceitaram na banda.\n\nCom ele, o Blink-182 decolou lan\u00e7ando 3 [[\u00e1lbum de est\u00fadio|\u00e1lbuns de est\u00fadio]] que fizeram muito sucesso. O \u00e1lbum ''[[Enema Of The State]]'', lan\u00e7ado em [[1999]] fez com que eles alcan\u00e7assem fama mundial. Depois lan\u00e7aram outro \u00e1lbum que fez muito sucesso no mundo todo, ''[[Take Off Your Pants and Jacket]]''. Por \u00faltimo, o \u00e1lbum de mesmo nome da banda, o ''[[Blink-182 (\u00e1lbum)|Blink-182]]'', lan\u00e7ado em [[2003]], \u00e1lbum esse que mostrou uma fase mais madura da banda. Em [[2005]], ap\u00f3s sete anos como baterista do Blink-182 a banda estava se separando, por\u00e9m, os integrantes do grupo se reuniriam novamente, em fevereiro de [[2009]], com planos de voltar aos [[palco]]s e [[est\u00fadio de grava\u00e7\u00e3o|est\u00fadios de grava\u00e7\u00e3o]].\n\n== Projetos paralelos e atua\u00e7\u00f5es fora do mundo musical ==\n[[Imagem:Travis Barker (Blink 182).jpg|direita|thumb|275px|O baterista em concerto em [[San Diego]], [[Calif\u00f3rnia]], em junho de [[2004]].]]\n\nTravis Barker sempre deixou bem claro que gosta de v\u00e1rios [[g\u00eanero musical|g\u00eaneros musicais]] al\u00e9m do [[punk rock]], especialmente o [[hip hop]]. Em uma [[entrevista]] a [[MTV]] em [[2002]] ele disse: \u00abEu provavelmente escuto mais hip hop e [[drum and bass]] do que punk rock\u2026\u00bb N\u00e3o demorou para ele explorar esses interesses fora do Blink-182, participando de v\u00e1rios projetos paralelos enquanto esteve no Blink-182, incluindo [[Box Car Racer]], [[Transplants]] entre outros.\n\nO Box Car Racer foi um projeto com o guitarrista e vocalista do Blink-182, Tom DeLonge. Esse projeto resultou em um \u00e1lbum auto-titulado, o ''[[Box Car Racer (\u00e1lbum)|Box Car Racer]]''. Tom DeLonge disse que perguntou para Travis Barker se queria tocar, assim ele n\u00e3o teria que procurar uma baterista. Isso sempre gerou coment\u00e1rios, pois achavam que o Blink-182 tinha acabado quando esse projeto foi iniciado, pois o outro integrante do Blink-182, Mark Hoppus participou em apenas uma can\u00e7\u00e3o do projeto.\n\nJ\u00e1 o Transplants \u00e9 uma mistura de hip hop e punk rock. Eles lan\u00e7aram dois \u00e1lbuns, com participa\u00e7\u00e3o de outros artistas. No primeiro, do ano de 2002 foi alto-titulado, o ''[[Transplants (\u00e1lbum)|Transplants]]'' e no segundo em [[2005]] se chama ''[[Haunted Cities]]'', que foi gravado pela [[LaSalle Records]]. Depois de participar do [[Warped Tour]] em 2005 os integrantes resolveram em acabar por ali, isso foi confirmado por [[Tim Armstrong]], ex-membro do grupo, em uma entrevista em [[2006]].\n\nTravis Barker tamb\u00e9m trabalhou nos \u00e1lbuns do [[Black Eyed Peas]], [[Pink]] e [[Pharrell Williams]]. Ele aparece tamb\u00e9m no \u00e1lbum de [[Bun B]], ''[[Trill]]'', de 2005, em uma faixa b\u00f4nus com [[Skinhead Rob]], um ex-companheiro de Transplants. Em 2006 ele trabalhou em um \u00e1lbum do T.I. e tocou bateria em algumas faixas do \u00e1lbum de [[Avril Lavigne]], e fez um ''remix'' da [[can\u00e7\u00e3o]] \"[[Umbrella]]\" em parceria com [[Rihanna]].\n\nNo final de 2006 ele lan\u00e7ou o primeiro \u00e1lbum de sua nova banda, o +44, com Mark Hoppus, tamb\u00e9m se juntou \u00e0 [[Paul Wall]] e [[Rob Aston]] para formar o [[Expensive Taste]].\n\nFez o remix da can\u00e7\u00e3o \"[[Crank That]]\", do [[Soulja Boy]], essa vers\u00e3o teve uma boa aceita\u00e7\u00e3o do [[Espectador|p\u00fablico]]. Recentemente ele fez outro ''remix'', dessa vez da can\u00e7\u00e3o \"[[Low (can\u00e7\u00e3o de Flo Rida)|Low]]\", do [[Flo-Rida]], entre outros projetos.\n\nEm [[2008]] fez a bateria da can\u00e7\u00e3o \"Dope Boys\", faixa em que conta com o vocal do rapper [[The Game (rapper)|The Game]], e fez tamb\u00e9m a bateria da can\u00e7\u00e3o \"Don\u00b4t Touch Me\", can\u00e7\u00e3o do rapper [[Busta Rhymes]].\n\nEm [[2009]] fez um \"remix\" de uma can\u00e7\u00e3o do rapper [[Eminem]], chamada \"3.a.m\", fez a bateria da can\u00e7\u00e3o \"The One\" com o grupo [[Slaughterhouse]], e \"remixou\" tamb\u00e9m a can\u00e7\u00e3o \"Forever\", cantada originalmente por tr\u00eas rappers, Drake, Lil Wayne e Eminem.\n\nEm [[2010]], foi o baterista no concerto de Eminem, em Los Angeles. Em 2014, defendeu no [[twitter]] um apoio mais direto na defesa dos crist\u00e3os na S\u00edria no momento em que ocorreu [[Guerra contra o Estado Isl\u00e2mico|uma zona de exclus\u00e3o a\u00e9rea na S\u00edria e no Iraque]] contra o [[Estado Isl\u00e2mico do Iraque e do Levante|Estado Isl\u00e2mico]].[https://twitter.com/travisbarker/status/450155635641184256 #StopGenocide #SaveKessab I have a lot of Armenian friends I love & support that are like #FAMILY to\u2026 ] Travis Barker, Twitter, 30 de mar\u00e7o de 2014.\n\nEm [[2014]] fez uma participa\u00e7\u00e3o especial no videoclipe do single ''I Really Don't Care'' da cantora e atriz [[Demi Lovato]].\n\nEm 2015 lan\u00e7ou um livro de mem\u00f3rias chamado ''Can I Say: Living Large, Cheating, and Drums, Drums, Drums'' ainda sem tradu\u00e7\u00e3o para o portugu\u00eas.\n\nEm 2017, entrou para banda [[Goldfinger (banda)|Goldfinger]], com a qual j\u00e1 gravou o \u00e1lbum ''[[The Knife (\u00e1lbum)|The Knife]]''.{{Citar web|url=http://www.billboard.com/articles/columns/rock/7866024/goldfinger-tijuana-sunrise-exclusive|titulo=Goldfinger Start a New Day on 'Tijuana Sunrise': Exclusive|obra=[[Billboard]]}}\n\nTravis tamb\u00e9m participou tamb\u00e9m do EP \"Live Fast Die Whenever\", da dupla de rap americana [[$uicideBoy$]]\n\n== \u00c1lbum solo ==\nTravis Barker lan\u00e7ou seu primeiro \u00e1lbum solo no dia 15 de mar\u00e7o de 2011. \"Give The Drummer Some\" mistura a sonoridade punk com hip hop e conta com participa\u00e7\u00f5es de [[Yelawolf]], [[Lil' Wayne]], [[Ludacris]], [[Kid Cudi]], [[Rick Ross]], [[Slaughterhouse]], [[Steve Aoki]], [[Kurupt]], [[Corey Taylor]], do [[Slipknot]], [[RZA]], [[Raekwon]] e [[Tom Morello]], do [[Rage Against the Machine]].\n\nBarker j\u00e1 estava gravando seu \u00e1lbum solo quando sofreu um acidente de avi\u00e3o em 2008. \"Sinceramente, eu achava que nunca terminaria esse \u00e1lbum. Durante algum tempo, fiquei apenas me recuperando. Ningu\u00e9m pensava que eu poderia tocar bateria depois de todas as cirurgias. Mas isso ficou sempre na minha cabe\u00e7a. Depois que entrei no est\u00fadio, pensei, 'Eu posso andar agora, eu ainda posso tocar bateria. Preciso terminar isso'\", revelou o baterista. Para se recuperar do acidente, Barker passou por 16 cirurgias e quase teve que amputar um p\u00e9.\n\nO primeiro single lan\u00e7ado foi \"Can a Drummer Get Some\", que conta com vocais de Game, Lil\u2019 Wayne, Rick Ross e Swizz Beatz.\n\n== Mundo dos neg\u00f3cios ==\nTravis Barker tem uma s\u00e9rie de neg\u00f3cios ligados ao seus interesses musicais. Em [[1999]] ele fundou a ''[[Famous Stars and Straps]]'', uma grande linha de [[roupa]]s e [[acess\u00f3rio]]s ligados ao [[skate]] e as [[rua]]s. Ele disse que escolheu o logo da marca, um F, pois se parecia muito com um logo de um [[autom\u00f3vel]], mas tamb\u00e9m pelo fato de n\u00e3o poder ter um.\n\nTamb\u00e9m fundou a [[LaSalle Records]],freebase.com: [http://www.freebase.com/view/en/lasalle_records LaSalle Records] {{en}} gravadora que assinou com sua pr\u00f3pria banda, [[Transplants]]. Tamb\u00e9m se arriscou no mundo [[gastronomia|gastron\u00f4mico]] com o [[restaurante]] ''Wahoo's Fish Taco'', que localiza-se em [[Norco (Calif\u00f3rnia)|Norco]], [[Calif\u00f3rnia]].\n\nDesenvolveu um [[t\u00eanis]] com a marca DC Shoes batizado de ''remix'', fez parcerias com a [[Orange Country Drum and Percussion]] e com a [[Zildjian]], onde desenvolveu uma linha de produtos com o seu nome.\n\nNo dia 20 de setembro de 2010, Travis Barker lan\u00e7ou o primeiro single de seu \u00e1lbum solo, chamado Jump Down.\n\n== Tatuagens ==\n[[Imagem:TravisBarker 9.19.2008.JPG|thumb|direita|250px|Travis Barker em [[Columbia (Carolina do Sul)|Columbia]], [[Carolina do Sul]], em setembro de [[2008]].]]\n\nSua primeira [[tatuagem]] foi a palavra ''bones'' ([[l\u00edngua portuguesa|em portugu\u00eas]]: [[osso]]s), um apelido que ele teve na [[adolesc\u00eancia]] por ser muito magro. Outra \u00e9 a frase ''self made'' (em portugu\u00eas: auto feito) de [[2000]], tatuada em seus dedos, ele disse que n\u00e3o teve a ajuda de ningu\u00e9m para conseguir tudo que tem hoje e por isso a fez. Ele tem alguns [[desenho]]s [[religi\u00e3o|religiosos]] por ter tido uma cria\u00e7\u00e3o [[catolicismo|cat\u00f3lica]]. Ele tem [[Jesus]] em seu [[bra\u00e7o]] esquerdo, [[m\u00e3o]]s orando em sua [[cabe\u00e7a]], mas s\u00f3 \u00e9 vis\u00edvel com o [[cabelo]] raspado, e tamb\u00e9m tem um [[Sagrado Cora\u00e7\u00e3o de Jesus|Sagrado Cora\u00e7\u00e3o]]. Ele fez algumas tatuagens para mostrar seu [[amor]] por [[carro]]s, principalmente por [[Cadillac (autom\u00f3vel)|Cadillacs]], duas [[bandeira]]s quadriculadas em seu [[pesco\u00e7o]] com o n\u00famero 66, que simboliza o modelo de seu Cadillac preferido. Tem o logo da Cadillac no meio de seus [[Mama|peito]]s, a palavra Cadilllac em suas [[costela]]s, entre outras.\n\nGrande parte de suas tatuagens s\u00e3o dedicadas ao seu amor por [[m\u00fasica]], como a frase ''[[Can I Say]]'', nome do primeiro \u00e1lbum da banda [[Dag Nasty]], um [[microfone]], [[baqueta]]s e [[nota musical|notas musicais]] e uma ''Boom Box'' em seu [[abd\u00f4men]] pelo seu amor por [[hip hop]] desde [[crian\u00e7a]]. A tatuagem com a palavra ''hope'' (em portugu\u00eas: [[esperan\u00e7a]]) em suas [[Costas (anatomia)|costas]] \u00e9 de uma [[can\u00e7\u00e3o]] dos [[Descendents]], a esperan\u00e7a \u00e9 que deu for\u00e7as para ele ap\u00f3s a [[morte]] de sua [[m\u00e3e]]. Outro [[tributo]] aos Descendents \u00e9 o nome de um \u00e1lbum deles, ''[[I Don't Want to Grow Up]]'' (em portugu\u00eas: Eu n\u00e3o Quero Crescer).\n\nBarker tem uma s\u00e9rie de tatuagens dedicada a [[fam\u00edlia]], uma com a frase escrita fam\u00edlia, um cora\u00e7\u00e3o com [[flor]]es [[Jap\u00e3o|japonesas]] onde est\u00e1 escrito ''mom'' (em portugu\u00eas: m\u00e3e), e outro cora\u00e7\u00e3o com uma faixa escrita Shanna. Teve o nome de sua ex-mulher, Melissa, tatuado em seu pesco\u00e7o, e tem o nome de seus dois filhos e de uma filha de [[Shanna Moakler]], mas que Travis Barker considera como [[filha]] em baixo da palavra ''hope'', al\u00e9m do nome de seu [[filho]], Landon, em seu [[Punho|pulso]].\n\nTravis considera seu bra\u00e7o direito como um [[amuleto da sorte]], tatuou ali v\u00e1rios [[objeto]]s que para trazer muita [[sorte]], como um [[baralho]], [[dado]]s, cifr\u00e3o, um [[p\u00e9]] de [[coelho]], uma [[ta\u00e7a]], o [[dem\u00f4nio]] da [[Black Label Skateboard]], uma [[teia de aranha]] em seu [[cotovelo]], o n\u00famero 7 e tamb\u00e9m uma caveira com o n\u00famero 13 em seus [[olho]]s (o n\u00famero 13 \u00e9 considerado um n\u00famero da sorte na cultura das tatuagens).\n\nTravis Barker tem uma frase escrita ao redor de seu pesco\u00e7o dizendo ''Chaos Often Breeds Life, When Order Breeds Habit'', essa frase pode ser encontrada tamb\u00e9m no [[encarte]] do [[\u00e1lbum de est\u00fadio]] da banda [[Box Car Racer]].\n\nEle disse uma vez ao comentar o seu grande n\u00fameros de tatuagens que ele tatuou todo o corpo com a inten\u00e7\u00e3o de n\u00e3o ter um trabalho normal, e sim trabalhar com m\u00fasica. Segundo ele, j\u00e1 foi gasto mais de $30.000,00 em tatuagens\u2026\n\n== Acidente de avi\u00e3o ==\nEm [[20 de setembro]] de [[2008]], Travis Barker sofreu um grave [[acidente de avi\u00e3o]], em [[Columbia (Carolina do Sul)|Columbia]], na [[Carolina do Sul]].jbonline.terra.com.br: [http://jbonline.terra.com.br/extra/2008/09/20/e200915337.html Baterista do Blink 182 sofre acidente a\u00e9reo] Ao lado de ex-[[Crazy Town]], [[Adam Goldstein]], (mais conhecido como DJ AM) ele foi um dos dois sobreviventes da queda do [[Learjet 60]], que matou a piloto Sarah Lemmon, o co-piloto James Bland, seu agente Chris Baker e seu seguran\u00e7a pessoal Charles Still. Mesmo ele j\u00e1 prosseguindo normalmente com a sua [[vida]] pessoal e com os seus [[espet\u00e1culo|concertos musicais]], ele n\u00e3o viaja mais em [[aeronaves]], tendo j\u00e1 explicado ter ficado com traumas e ter medo de subir em uma novamente. Em [[2012]] Travis teve que viajar de navio para fazer uma turn\u00ea [[Europeia]].\n\n{{Refer\u00eancias}}\n{{commonscat}}\n\n{{Blink-182}}\n{{+44}}\n{{Goldfinger}}\n\n{{Portal3|Estados Unidos|M\u00fasica}}\n\n{{DEFAULTSORT:Barker, Travis}}\n[[Categoria:Membros do Blink-182]]\n[[Categoria:Membros de +44]]\n[[Categoria:Goldfinger (banda)]]\n[[Categoria:M\u00fasicos de hip hop]]\n[[Categoria:Cat\u00f3licos dos Estados Unidos]]\n[[Categoria:Vegetarianos dos Estados Unidos]]\n[[Categoria:Bateristas dos Estados Unidos]]\n[[Categoria:Nascidos em 1975]]\n[[Categoria:West Coast Rap]]\n[[Categoria:Sobreviventes de acidentes a\u00e9reos]]"}],"images":[{"ns":6,"title":"Ficheiro:Blink182.jpg"},{"ns":6,"title":"Ficheiro:Commons-logo.svg"},{"ns":6,"title":"Ficheiro:Flag of the United States.svg"},{"ns":6,"title":"Ficheiro:GClef.svg"},{"ns":6,"title":"Ficheiro:Question book-new.svg"},{"ns":6,"title":"Ficheiro:TravisBarker.jpg"},{"ns":6,"title":"Ficheiro:TravisBarker 9.19.2008.JPG"},{"ns":6,"title":"Ficheiro:Travis Barker (Blink 182).jpg"},{"ns":6,"title":"Ficheiro:United States flag waving icon.svg"}]},"4987518":{"pageid":4987518,"ns":0,"title":"Num\u00e9rio F\u00e1bio Bute\u00e3o","revisions":[{"contentformat":"text/x-wiki","contentmodel":"wikitext","*":"{{Info/Nobre\n|nome =Num\u00e9rio F\u00e1bio Bute\u00e3o\n|titulo =[[C\u00f4nsul da Rep\u00fablica Romana]]\n|imagem =\n|imgw =\n|legenda =\n|sucess\u00e3o =\n|reinado =247 a.C.\n|tipo-reinado =Consulado\n|data da morte =\n|local da morte =\n|data de nascimento = \n}}\n'''Num\u00e9rio F\u00e1bio Bute\u00e3o''' ({{lang-la|''Numerius Fabius Buteo''}}) foi um pol\u00edtico da [[gente (Roma Antiga)|gente]] [[F\u00e1bios|F\u00e1bia]] da [[Rep\u00fablica Romana]] eleito [[c\u00f4nsul romano|c\u00f4nsul]] em 247 a.C. com [[L\u00facio Cec\u00edlio Metelo (c\u00f4nsul em 251 a.C.)|L\u00facio Cec\u00edlio Metelo]]. Era irm\u00e3o de [[Marco F\u00e1bio Bute\u00e3o]], c\u00f4nsul em 245 a.C..\n\n== Fam\u00edlia ==\n[[Ficheiro:First Punic War Sicily 7 248-241BC.svg|thumb|direita|upright=1|Teatro de opera\u00e7\u00f5es da [[Primeira Guerra P\u00fanica]] entre 248 e 241 a.C..
\n{{legend|#b6f054|Territ\u00f3rio siracusano}}\n{{legend|#f4ec6c|Territ\u00f3rio cartagin\u00eas}}\n{{legend|#fcbcbc|Territ\u00f3rios romanos}}\n1. [[Am\u00edlcar Barca]] ap\u00f3ia [[Dr\u00e9pano]], que esta sitiada, e saqueia a costa italiana.
\n2. Am\u00edlcar desembarca em [[monte Ercte]].
\n3. Am\u00edlcar [[Batalha do Monte \u00c9rice|muda sua base]] de monte Ercte para [[\u00c9rice]] (''Eryx'').
\n4. [[Batalha das ilhas \u00c9gadas|Vit\u00f3ria naval romana]] nas [[ilhas \u00c9gadas]] e queda de Dr\u00e9pano. Cartago pede a paz (241 a.C.).]]\n\"Bute\u00e3o\" ({{lang-la|''Buteo''}}) era o [[cognome]] de uma fam\u00edlia [[patr\u00edcio romano|patr\u00edcia]] da gente F\u00e1bia, que era refer\u00eancia a uma esp\u00e9cie de [[falc\u00e3o]] que, numa determinada ocasi\u00e3o, teria pousado em seu barco, o que foi considerado um [[aug\u00fario]] positivo.[[Pl\u00ednio, o Velho|Pl\u00ednio]] [[Hist\u00f3ria Natural (Pl\u00ednio)|Hist\u00f3ria Natural]]] X. 8. s. 10.\n\n== Consulado (247 a.C.) ==\nFoi eleito c\u00f4nsul com [[L\u00facio Cec\u00edlio Metelo (c\u00f4nsul em 251 a.C.)|L\u00facio Cec\u00edlio Metelo]] em 247 a.C., o d\u00e9cimo-s\u00e9timo ano da [[Primeira Guerra P\u00fanica]]. F\u00e1bio assumiu as opera\u00e7\u00f5es no [[cerco de Dr\u00e9pano]] (moderna [[Trapani]]), uma das \u00faltimas bases cartaginesas na [[Sic\u00edlia romana|Sic\u00edlia]]. Num\u00e9rio F\u00e1bio fez um plano para capturar a ilha de P\u00e9lias, que havia sido, antes, capturada pelos cartagineses, e a consegue tomar, mas [[Am\u00edlcar (Dr\u00e9pano)|Am\u00edlcar]] contra-ataca. F\u00e1bio ataca Dr\u00e9pano, e Am\u00edlcar retorna para as fortifica\u00e7\u00f5es e F\u00e1bio mant\u00e9m o controle de P\u00e9lias. Em seguida, ele instalou no estreito entre a ilha e a praia um guindaste que permitia que os romanos se aproximassem das muralhas da cidade de frente para o mar, onde havia menos obst\u00e1culo[[Di\u00e3o C\u00e1ssio]], Livro XII, 16, preservado em ep\u00edtome por [[Zonaras]], Livro VIII [http://penelope.uchicago.edu/Thayer/E/Roman/Texts/Cassius_Dio/12*.html [online]]. Este ato, que [[Pol\u00edbio]] n\u00e3o menciona em seu relato sobre a guerra, por\u00e9m, n\u00e3o ajudou a terminar mais rapidamente o cerco de Dr\u00e9pano, que perduraria ainda at\u00e9 241 a.C..\n\n== Mestre da cavalaria (224 a.C.) ==\nEm 224 a.C., L\u00facio Metelo foi nomeado [[Ditador romano|ditador]] ''comitiorum habendorum causa'', com o objetivo de realizar as elei\u00e7\u00f5es consulares, pois os c\u00f4nsules estavam fora da cidade. Ele escolheu Num\u00e9rio F\u00e1bio Bute\u00e3o como seu [[mestre da cavalaria]].[[C\u00edcero]] ''[[Catilin\u00e1rias]]'' 9, ''Pro Scaur.'' 2; [[Dion\u00edsio de Halicarnasso]] II 66; [[Val\u00e9rio M\u00e1ximo]] I. 4. \u00a7 4; [[Ov\u00eddio]], ''Fastos'' VI 436.\n\n{{clear}}\n== Ver tamb\u00e9m ==\n{{C\u00f4nsules da Rep\u00fablica Romana\n|ant1=[[Caio Aur\u00e9lio Cota (c\u00f4nsul em 252 a.C.)|Caio Aur\u00e9lio Cota]] II\n|ant2=[[P\u00fablio Serv\u00edlio G\u00eamino]] II\n|con1=[[L\u00facio Cec\u00edlio Metelo (c\u00f4nsul em 251 a.C.)|L\u00facio Cec\u00edlio Metelo]] II\n|con2=[[Num\u00e9rio F\u00e1bio Bute\u00e3o]]\n|ano=247 a.C.\n|seg1=[[M\u00e2nio Otac\u00edlio Crasso]] II\n|seg2=[[Marco F\u00e1bio Licino]]\n}}\n\n{{refer\u00eancias|col=2}}\n\n== Bibliografia ==\n{{refbegin|2}}\n* {{citar livro| nome=T. Robert S.| sobrenome=Broughton| t\u00edtulo=The Magistrates of the Roman Republic| subt\u00edtulo=Volume I, 509 B.C. - 100 B.C.| ano=1951| editora=The American Philological Association| volume = I |cap\u00edtulo = XV| local=Nova Iorque |p\u00e1ginas=578| l\u00edngua = ingl\u00eas}}\n* {{SmithDGRBM|url=http://www.ancientlibrary.com/smith-bio/0527.html |artigo = Numerius Fabius Buteo}}\n{{refend}}\n\n{{DEFAULTSORT:Buteo, Numerius Fabius}}\n[[Categoria:C\u00f4nsules da Rep\u00fablica Romana]]\n[[Categoria:Romanos antigos do s\u00e9culo III a.C.]]\n[[Categoria:Mortos no s\u00e9culo III a.C.]]\n[[Categoria:Ano de nascimento desconhecido]]\n[[Categoria:Ano de morte desconhecido]]\n[[Categoria:Comandantes da Primeira Guerra P\u00fanica]]\n[[Categoria:Romanos envolvidos nas Guerras P\u00fanicas]]\n[[Categoria:Mestres da cavalaria da Rep\u00fablica Romana]]\n[[Categoria:Fabii]]\n[[Categoria:Nascidos no s\u00e9culo III a.C.]]"}]},"1816045":{"pageid":1816045,"ns":0,"title":"Saint-Maxire","revisions":[{"contentformat":"text/x-wiki","contentmodel":"wikitext","*":"{{Info/Comuna da Fran\u00e7a|\n|nome = Saint-Maxire\n|regi\u00e3o = Nova Aquit\u00e2nia\n|departamento = Deux-S\u00e8vres\n|\u00e1rea = 14.41\n|altitude = \n|latP = N| latG = 46| latM = 24|latS = 01\n|lonP = W| lonG = 0| lonM = 28|lonS = 38\n|popula\u00e7\u00e3o = 1124\n|densidade = auto\n|censo = 1999\n|insee = 79281\n|insee_ref = s\n|c\u00f3dpostal = 79410 \n|mapa = \n|mapaX = \n|mapaY = \n|escudo = Blason ville fr Saint-Maxire 79.svg\n|bandeira = \n|imagem = Saint-Maxire - \u00c9glise.jpg\n|legenda = \n|gent\u00edlico = \n|website = \n|notas = \n}}\n'''Saint-Maxire''' \u00e9 uma [[comuna francesa]] na [[Regi\u00f5es administrativas francesas|regi\u00e3o administrativa]] da [[Nova Aquit\u00e2nia]], no [[Departamentos franceses|departamento]] de [[Deux-S\u00e8vres]]. Estende-se por uma \u00e1rea de 14,41 [[Quil\u00f3metro quadrado|km\u00b2]]. {{Pop comuna francesa2|79281|14.41}}\n\n{{Refer\u00eancias}}\n\n{{esbo\u00e7o-geofr}}\n\n[[Categoria:Comunas de Deux-S\u00e8vres]]"}]},"297907":{"pageid":297907,"ns":0,"title":"Clemens von Pirquet","revisions":[{"contentformat":"text/x-wiki","contentmodel":"wikitext","*":"{{Info/Biografia/Wikidata}}\n'''Clemens Peter von Pirquet''', Freiherr (bar\u00e3o) von Pirquet ([[Viena]], {{dni|12|5|1874|si}} \u2014 {{morte|28|2|1929}}) foi um cientista e [[Pediatria|pediatra]] [[Austr\u00edacos|austr\u00edaco]], mais conhecido pelos seus contributos no campo da [[bacteriologia]] e da [[imunologia]].\n\n== Vida e obra ==\nEstudou teologia na Universidade de [[Innsbruck]] e filosofia na de [[Louvain]], antes de se inscrever na de [[Graz]]. A\u00ed se graduou como [[m\u00e9dico]] em [[1900]], come\u00e7ando a praticar na cl\u00ednica pedi\u00e1trica de Viena.\n\nEm [[1906]] ele reparou que os doentes que tinham recebido previamente injec\u00e7\u00f5es de soro de cavalo ou da vacina para a [[var\u00edola]] tinham reac\u00e7\u00f5es mais r\u00e1pidas e graves a uma segunda injec\u00e7\u00e3o. Juntamente com [[B\u00e9la Schick]], cunhou o termo '''[[alergia]]''' (do grego ''allos'' que significa \"outro\" e ''ergon'' que significa \"reac\u00e7\u00e3o\") para descrever esta reac\u00e7\u00e3o de h\u00edpersensibilidade.\n\nPouco depois, as observa\u00e7\u00f5es realizadas com a var\u00edola levaram Pirquet a compreender que a [[tuberculina]], que\n[[Robert Koch]] isolara em [[1890]] da [[bact\u00e9ria]] que causa a [[tuberculose]], podia conduzir a uma reac\u00e7\u00e3o semelhante. Mantoux desenvolveu as ideias de Pirquet no [[teste de Mantoux]], no qual a tuberculina \u00e9 injectada sob a pele, que se tornou um teste de diagn\u00f3stico para a tuberculose em [[1907]].\n\nEm [[1909]] ele tornou-se professor no Hospital Johns Hopkins, recusando uma proposta para assumir um lugar no [[Instituto Pasteur de Paris]]. Em [[1910]] regressou \u00e0 Europa para trabalhar em [[Breslau]] (agora Wroc\u0142aw) e depois em Viena.\n\nA [[28 de Fevereiro]] de [[1929]], Clemens von Pirquet e a sua mulher suicidaram-se.\n\n==Bibliografia==\n*Wagner, Richard. ''Clemens von Pirquet: his life and work''. Baltimore: Johns Hopkins Press, 1968.\n\n==Ver tamb\u00e9m==\n*[[Medalha Clemens von Pirquet]]\n*[[Imunologia]]\n\n==Liga\u00e7\u00f5es externas==\n*{{Link||2=http://www.whonamedit.com/doctor.cfm/2382.html |3=Clemens von Pirquet no ''Who Named It''}}\n*{{Link||2=http://www.nlm.nih.gov/hmd/manuscripts/ead/pirquet141.html |3=Finding Aid to the Pirquet von Cesenatico Papers, 1903-1926}}\n*{{Link||2=http://www.aeiou.at/aeiou.encyclop.p/p489263.htm |3=Foto no \u00d6sterreich-Lexikon}}\n\n{{Portal3|Hist\u00f3ria da Ci\u00eancia|Medicina|\u00c1ustria}}\n\n{{Controle de autoridade}}\n\n{{DEFAULTSORT:Pirquet, Clemens Peter}}\n[[Categoria:Imunologistas da \u00c1ustria]]\n[[Categoria:Cientistas do s\u00e9culo XX]]\n[[Categoria:Imunologistas do s\u00e9culo XX]]\n[[Categoria:Suicidas da \u00c1ustria]]\n[[Categoria:Cientistas suicidas]]\n[[Categoria:M\u00e9dicos da \u00c1ustria]]\n[[Categoria:Naturais de Viena]]\n[[Categoria:Alunos da Universidade de Innsbruck]]"}],"images":[{"ns":6,"title":"Ficheiro:Flag of Austria.svg"}]},"6416588":{"pageid":6416588,"ns":0,"title":"Elei\u00e7\u00e3o presidencial da Fran\u00e7a em 1899","revisions":[{"contentformat":"text/x-wiki","contentmodel":"wikitext","*":"{{Info/Elei\u00e7\u00e3o presidencial\n |nome = Elei\u00e7\u00e3o presidencial da Fran\u00e7a em 1889\n |local = Fran\u00e7a\n |local_preposi\u00e7\u00e3o = da\n |local_bandeira = [[Imagem:Flag of France.svg|50px]]\n |local_bras\u00e3o = [[Imagem:Armoiries r\u00e9publique fran\u00e7aise.svg|50px]]\n |ongoing = no\n |elei\u00e7\u00e3o_anterior = Elei\u00e7\u00e3o presidencial da Fran\u00e7a em 1895\n |ano_da_elei\u00e7\u00e3o_anterior = 1895\n |pr\u00f3xima_elei\u00e7\u00e3o = Elei\u00e7\u00e3o presidencial da Fran\u00e7a em 1906\n |ano_da_pr\u00f3xima_elei\u00e7\u00e3o = 1906\n |data = [[1889]]\n |imagem1 = [[Imagem:Emile Loubet.jpg|160x160px]]\n |candidato1 = [[Emile Loubet]]\n |partido1_cor = purple\n |partido1 = [[Republicanos Moderados]]\n |partido1_sigla = \n |votos1 = 483\n |porcentagem1 = 59.48%\n |imagem2 = [[Imagem:Jules Meline.jpg|160x160px]]\n |candidato2 = [[Jules Meline]]\n |partido2_cor = Yellow\n |partido2 = [[Republicanos Moderados]]\n |partido2_sigla = \n |votos2 = 279\n |porcentagem2 = 34.36%\n |imagem3 = \n |candidato3 = \n |partido3_cor = \n |partido3 = \n |partido3_sigla = \n |votos3 = \n |porcentagem3 = \n |mapa_imagem = \n |mapa_tamanho = \n |mapa_legenda = \n |presidente_titular = [[F\u00e9lix Faure]]\n |partido_titular = [[Republicanos Moderados]]\n |presidente_eleito = [[\u00c9mile Loubet]]\n |partido_eleito = [[Republicanos Moderados]]\n}}\n\n'''A elei\u00e7\u00e3o presidencial francesa de 1899''' ocorreu ap\u00f3s a morte do Presidente [[F\u00e9lix Faure]] e resultou na elei\u00e7\u00e3o do Presidente do Senado [[\u00c9mile Loubet|Emile Loubet]] .\n\n== Campanha ==\nAp\u00f3s a morte prematura do Presidente Faure, a Assembleia Nacional foi convocada no contexto tenso do [[caso Dreyfus]]. Ao todo 824 parlamentares participaram da vota\u00e7\u00e3o, mas doze c\u00e9dulas foram declaradas inv\u00e1lidas, dez delas com o nome do [[Lu\u00eds Filipe, Duque de Orle\u00e3es|duque de Orleans]]{{citar livro|t\u00edtulo=La Croix|ultimo=|primeiro=|editora=|ano=21 de Fevereiro de 1899|local=|p\u00e1gina=P.1|p\u00e1ginas=}}.\n\n== Resultados{{Citar web |url=https://www.france-elections.io/election/23/election-presidentielle-de-1899 |titulo=\u00c9lection pr\u00e9sidentielle de 1899 |acessodata=2020-11-14 |website=www.france-elections.io}} ==\n{| class=\"wikitable\"\n|+\n!Candidato\n! Primeiro round\n! % \n|-\n| '''[[\u00c9mile Loubet|Emile Loubet]]'''
''Republicano oportunista''\n| '''483'''\n| '''59,48''' \n|-\n| [[Jules M\u00e9line|Jules Meline]]
''Republicano oportunista''\n| 279\n| 34,36 \n|-\n| Godefroy Cavaignac
''Partido nacionalista''\n| 23\n| 2,83 \n|-\n| [[Paul Deschanel]]
''Republicano oportunista''\n| 10\n| 1,23 \n|-\n| [[Charles Dupuy]]
''Republicano oportunista''\n| 8\n| 0,98 \n|-\n| Perfeito-Louis Monteil
''Partido nacionalista''\n| 4\n| 0,49 \n|-\n| Henri Rochefort
''Partido nacionalista''\n| 2\n| 0,25 \n|-\n| Albert Baduel
''[[Radicalismo|Radical]]''\n| 1\n| 0,12 \n|-\n| Albert de Mun
''[[Legitimismo|Legitimista]]''\n| 1\n| 0,12 \n|-\n| Louis Charles Tillaye
''Republicano oportunista''\n| 1\n| 0,12\n|}\n\n{{Refer\u00eancias}}{{Elei\u00e7\u00f5es presidenciais na Fran\u00e7a}}\n{{Portal3|Pol\u00edtica|Fran\u00e7a}}\n\n[[Categoria:1899 na Fran\u00e7a]]\n[[Categoria:Fran\u00e7a]]\n[[Categoria:Elei\u00e7\u00f5es indiretas]]"}]},"5700188":{"pageid":5700188,"ns":0,"title":"Raiza Goul\u00e3o","revisions":[{"contentformat":"text/x-wiki","contentmodel":"wikitext","*":"{{Info/esporte/atleta\n| olimpico = sim\n| nome = Raiza Goul\u00e3o\n| nomecompleto = Raiza Goul\u00e3o Henrique\n| apelido = \n| esporte = [[Ciclismo]]\n| modalidade = [[Mountain bike]]\n| estilo = \n| categoria = \n| especialidade = \n| representante = {{BRA}}\n| subt\u00edtulo = \n| imagem = \n| tamanho = \n| legenda = \n| peso = 56 kg\n| altura = 1,68 m\n| clube = PMRA Racing Team\n| treinador = Cadu Polazzo\n| atividade = 2009\u2014presente\n| data_nascimento = {{dni|28|2|1991}}\n| local_nascimento = [[Piren\u00f3polis]], [[Brasil]]\n| nacionalidade = {{BRAb}} brasileira\n| data_morte = \n| local_morte = \n| torneio1 = \n| conquista1 = \n| recorde_mundial = \n| recorde_pessoal = \n| esconder = \n| medalhas = \n{{MedalCountry|{{BRA}}|a|o}}\n{{Medalhas Esporte|Ciclismo}}\n{{MedalCompetition|Campeonatos Pan-Americanos}}\n{{MedalGold|[[Campeonato Pan-Americano de Mountain Bike de 2018|Pereira 2018]]|Cross-country}}\n{{MedalSilver|[[Campeonato Pan-Americano de Mountain Bike de 2016|Catamarca 2016]]|Cross-country}}\n{{MedalCompetition|Jogos Sul-Americanos}}\n{{MedalSilver|[[Ciclismo nos Jogos Sul-Americanos de 2014|Santiago 2014]]|Cross-country}}\n{{MedalCompetition|Campeonatos Pan-Americanos Sub-23}}\n{{MedalGold|[[Campeonato Pan-Americano de Mountain Bike de 2012|Pueblo 2012]]|Cross-country}}\n{{MedalGold|[[Campeonato Pan-Americano de Mountain Bike de 2013|Tucum\u00e1n 2013]]|Cross-country}}\n}}\n\n'''Raiza Goul\u00e3o Henrique''' ([[Piren\u00f3polis]], [[28 de fevereiro]] de [[1991]]) \u00e9 uma [[ciclismo|ciclista]] ol\u00edmpica brasileira especializada no [[mountain bike]]. Representou o [[Brasil nos Jogos Ol\u00edmpicos de Ver\u00e3o de 2016]] no [[Ciclismo nos Jogos Ol\u00edmpicos de Ver\u00e3o de 2016 - Cross-country feminino|cross-country feminino]] do [[Ciclismo nos Jogos Ol\u00edmpicos de Ver\u00e3o de 2016|ciclismo]].{{Citar web |url= http://globoesporte.globo.com/olimpiadas/ciclismo/noticia/2016/08/raiza-goulao-estreia-na-rio-2016-mas-preve-podio-apenas-em-toquio-2020.html |t\u00edtulo= Raiza Goul\u00e3o estreia na Rio 2016, mas prev\u00ea p\u00f3dio apenas em T\u00f3quio 2020 |data= 1\u00ba de agosto de 2016 |publicado= [[Globo Esporte|GloboEsporte.com]] |acessodata= 8 de abril de 2018 |l\u00edngua= pt}}\n\nRaiza se tornou bicampe\u00e3 pan-americana sub-23 ao vencer as edi\u00e7\u00f5es de [[Pueblo (Colorado)|Pueblo]] em 2012 e [[Tucum\u00e1n]] em 2013.{{Citar web |url= http://www.bikemagazine.com.br/2012/04/pan-de-mtb-rubens-donizete-garante-o-bronze-e-raiza-goulao-o-ouro-na-sub-23-feminina/ |t\u00edtulo= PAN DE MTB: Rubens Donizete garante o bronze e Ra\u00edza Goul\u00e3o o ouro na Sub-23 feminina |data= 9 de abril de 2012 |publicado= Bike Magazine |acessodata= 8 de abril de 2018 |l\u00edngua= pt}}{{Citar web |url= http://fpciclismo.org.br/2013/04/brasil-encerra-participacao-no-pan-americano-de-mountain-bike-com-ouro-na-sub-23-feminina/ |t\u00edtulo= Brasil encerra participa\u00e7\u00e3o no Pan-Americano de Mountain Bike com ouro na Sub-23 Feminina |data= 8 de abril de 2013 |publicado=Federa\u00e7\u00e3o Paulista de Ciclismo|acessodata= 8 de abril de 2018 |l\u00edngua= pt}} No adulto, conquistou a medalha de prata nos [[Jogos Sul-Americanos de 2014]] em [[Santiago]].{{Citar web |url= http://www.bikemagazine.com.br/2014/03/mtb-fatura-3-medalhas-nos-jogos-sulamericanos-ouro-para-avancini-e-prata-para-rubinho-e-raiza-goulao/ |t\u00edtulo= MTB fatura 3 medalhas: ouro para Avancini e prata para Rubinho e Raiza Goul\u00e3o |data= 15 de mar\u00e7o de 2014 |publicado= Bike Magazine |acessodata= 8 de abril de 2018 |l\u00edngua= pt}} Representou o Brasil tamb\u00e9m nos [[Jogos Pan-Americanos de 2015]], evento em que ela terminou em 5.\u00ba lugar no [[Ciclismo nos Jogos Pan-Americanos de 2015 - Cross-country feminino|cross-country]].{{Citar web |url= https://www.opopular.com.br/editorias/esporte/pan-goiana-fica-em-5\u00ba-no-mountain-bike-1.896998 |t\u00edtulo= Pan: Goiana fica em 5\u00ba no mountain bike |data= 12 de julho de 2015 |publicado= opopular.com |acessodata= 8 de abril de 2018 |l\u00edngua= pt}}\n\nEm 2016 conseguiu vaga para os [[Jogos Ol\u00edmpicos de Ver\u00e3o de 2016]] ao terminar a fase de qualifica\u00e7\u00e3o entre as 20 melhores na\u00e7\u00f5es no ranking mundial. Terminou a competi\u00e7\u00e3o ol\u00edmpica em 20.\u00ba lugar no cross-country feminino.{{Citar web |url= https://olimpiadas.uol.com.br/noticias/redacao/2016/08/20/brasileira-raiza-goulao-termina-prova-de-moutain-bike-em-20-sueca-e-ouro.htm |t\u00edtulo= Brasileira Raiza Goul\u00e3o termina prova de mountain bike em 20\u00aa; sueca \u00e9 ouro |data= 20 de agosto de 2016 |publicado= UOL Olimp\u00edadas |acessodata= 8 de abril de 2018 |l\u00edngua= pt}} No in\u00edcio de 2017 assinou contrato profissional com a equipe espanhola Primaflor-Mondraker-Rotor-Ajram Racing Team.{{Citar web |url= http://www.bikemagazine.com.br/2017/01/raiza-goulao-assina-com-equipe-espanhola-primaflor-mondraker-rotor/ |t\u00edtulo= Raiza Goul\u00e3o assina com equipe espanhola Primaflor-Mondraker-Rotor|data=3 de janeiro de 2017|publicado=Bike Magazine|acessodata=8 de abril de 2018 |l\u00edngua= pt}} No mesmo ano, conquistou o tricampeonato Brasileiro de Cross Country Ol\u00edmpico (XCO).{{Citar web |url= https://www.redbull.com/br-pt/brasileiro-mtb-xco-2017-fotos-e-resultados |t\u00edtulo= Brasileiro MTB XCO: novos e velhos campe\u00f5es |data= |publicado= [[Red Bull|redbull.com.br]] |acessodata= 13 de junho de 2018 |l\u00edngua= pt}} Em 2018, foi campe\u00e3 do Campeonato Pan-Americano de MTB, em Pereira, na Col\u00f4mbia, em seu segundo ano de PMRA Racing Team.{{Citar web |url= https://www.redbull.com/br-pt/deu-brasil-no-pan-americano-de-mountain-bike-2018 |t\u00edtulo= Deu Brasil no Pan-Americano de mountain bike 2018 |data= |publicado= [[Red Bull|redbull.com.br]] |acessodata= 13 de junho de 2018 |l\u00edngua= pt}}\n \n{{Refer\u00eancias}}\n\n== Liga\u00e7\u00f5es externas ==\n* {{Link |idioma=en |url=http://mtbcrosscountry.com/riders/raiza-goulao-henrique/|titulo=Raiza Goulao Henrique|descr=Perfil de Raiza Goul\u00e3o no MTOCrossCountry.com}}\n* {{Link |idioma=pt-br |url=https://www.cob.org.br/pt/atletas/raiza-goulao-henrique|titulo=Atletas: Raiza Goul\u00e3o|descr=Perfil de Raiza Goul\u00e3o no [[Comit\u00ea Ol\u00edmpico Brasileiro|COB]]}}\n\n{{esbo\u00e7o-ciclismo}}\n{{controle de autoridade}}\n{{Portal3|Desporto|Eventos Multiesportivos|Mulheres|Brasil}}\n\n{{DEFAULTSORT:Raiza Goul\u00e3o}}\n[[Categoria:Ciclistas de Goi\u00e1s]]\n[[Categoria:Ciclistas ol\u00edmpicos do Brasil]]\n[[Categoria:Ciclistas do Brasil nos Jogos Pan-Americanos de 2015]]\n[[Categoria:Ciclistas nos Jogos Ol\u00edmpicos de Ver\u00e3o de 2016]]\n[[Categoria:Naturais de Piren\u00f3polis]]"}]},"1365849":{"pageid":1365849,"ns":0,"title":"Voulton","revisions":[{"contentformat":"text/x-wiki","contentmodel":"wikitext","*":"{{Info/Comuna da Fran\u00e7a\n|nome = Voulton\n|regi\u00e3o = \u00cele-de-France\n|departamento = Seine-et-Marne\n|\u00e1rea = 27.27\n|altitude = \n|latP = N\n|latG = 48 \n|latM = 37 \n|latS = \n|lonP = L\n|lonG = 3 \n|lonM = 20 \n|lonS = \n|popula\u00e7\u00e3o = 300\n|densidade = auto\n|censo = 1990\n|insee = 77530\n|insee_ref = s\n|c\u00f3dpostal = 77560\n|mapa = \n|escudo = \n|bandeira = \n|imagem = Voulton (77) Eglise priorale Vue septentrionale.jpg\n|legenda = \n|gent\u00edlico =\n|website =\n|notas =\n}}\n'''Voulton''' \u00e9 uma [[comuna francesa]] localizada na [[Regi\u00f5es administrativas francesas|regi\u00e3o administrativa]] da [[Ilha de Fran\u00e7a|\u00cele-de-France]], no [[Departamentos franceses|departamento]] [[Sena e Marne]]. A comuna possui 300 habitantes segundo o [[censo]] de 1990.{{citar web|url=http://www.recensement.insee.fr/searchResults.action?zoneSearchField=&codeZone=77530-COM|t\u00edtulo=R\u00e9sultats du recensement de la population - 2008|autor=|data=|publicado=Recensement INSEE|acessodata=10 de agosto de 2012|l\u00edngua2=fr}}{{citar web|url=http://www.recensement.insee.fr/chiffresCles.action?zoneSearchField=&codeZone=77530-COM&idTheme=3|t\u00edtulo=R\u00e9sultats du recensement de la population - 2008 Population; Indicateurs d\u00e9mographiques|autor=|data=|publicado=Recensement INSEE|acessodata=10 de agosto de 2012|l\u00edngua2=fr}}{{citar web|url=http://www.insee.fr/fr/ppp/bases-de-donnees/recensement/populations-legales/commune.asp?depcom=77530|t\u00edtulo=Populations l\u00e9gales 2008 de la commune|autor=|data=|publicado=INSEE|acessodata=10 de agosto de 2012|l\u00edngua2=fr}}{{citar web|url=http://www.amf.asso.fr/annuaire/index.asp?refer=commune&dep_n_id=33&NUM_INSEE=77530|t\u00edtulo=Annuaire des communes et epci de france|autor=|data=|publicado=Association des Maires de France|acessodata=10 de agosto de 2012|l\u00edngua2=fr}}\n\n{{refer\u00eancias}}\n\n{{esbo\u00e7o-geofr}}\n{{Portal3|Fran\u00e7a|Geografia}}\n\n[[Categoria:Comunas de Sena e Marne]]"}]},"2061594":{"pageid":2061594,"ns":0,"title":"Suba","revisions":[{"contentformat":"text/x-wiki","contentmodel":"wikitext","*":"{{desambigua\u00e7\u00e3o}}\n\n'''Suba''' pode referir-se a:\n\n*[[Mitar Suboti\u0107|Suba]] - m\u00fasico e compositor s\u00e9rvio radicado no Brasil.\n*[[Suba (grupo \u00e9tnico)|Suba]] - grupo \u00e9tnico africano.\n*[[L\u00edngua suba|Suba]] - l\u00edngua africana\n*[[Suba (Qu\u00eania)|Suba]] - distrito da prov\u00edncia de Nyanza, Qu\u00eania.\n*[[Suba (Bogot\u00e1)|Suba]] - bairro de Bogot\u00e1, Col\u00f4mbia\n\n[[Categoria:Desambigua\u00e7\u00e3o]]"}]},"1768486":{"pageid":1768486,"ns":0,"title":"Never Took the Time","revisions":[{"contentformat":"text/x-wiki","contentmodel":"wikitext","*":"{{Sem fontes|data=julho de 2020}}\n\"'''Never Took the Time'''\" \u00e9 um [[single]] do [[cantor]] [[Akon]] em seu segundo [[\u00e1lbum de est\u00fadio]] ''[[Konvicted]]''. Foi lan\u00e7ado em novembro de [[2007]].\n\n{{Esbo\u00e7o-single|Akon}}\n\n{{Akon}}\n\n[[Categoria:Can\u00e7\u00f5es gravadas por Akon]]\n[[Categoria:Singles de 2007]]\n[[Categoria:Can\u00e7\u00f5es produzidas por Akon]]\n\n[[en:Never Took the Time]]"}]},"5067693":{"pageid":5067693,"ns":0,"title":"Conger verreauxi","revisions":[{"contentformat":"text/x-wiki","contentmodel":"wikitext","*":"{{Info/Taxonomia\n| nome = Southern conger\n| ignora_semimagem=.\n| estado = LC\n| estado_sistema= IUCN3.1\n| reino = [[Animalia]]\n| filo = [[Chordata]]\n| classe = [[Actinopterygii]]\n| ordem = [[Anguilliformes]]\n| fam\u00edlia = [[Congridae]]\n| g\u00e9nero = ''[[Conger]]''\n| esp\u00e9cie = '''''C. verreauxi'''''\n| binomial = ''Conger verreauxi''\n| binomial_autoridade = [[Johann Jakob Kaup|Kaup]], 1856\n}}\nO '''''Conger verreauxi''''' \u00e9 um [[Conger|congro]] da [[fam\u00edlia (biologia)|fam\u00edlia]] ''[[Congridae]]'', encontrado no leste do [[Oceano \u00cdndico]] e sudoeste do [[Oceano Pac\u00edfico]], incluindo o sul da [[Austr\u00e1lia]] e [[Nova Zel\u00e2ndia]], a profundidades de 100 metros em \u00e1reas de recifes rochosos quebrados. O comprimento pode alcan\u00e7ar os 2 metros e o peso chegar aos 50 kg.\n\n==Refer\u00eancias==\n* {{FishBase species | g\u00e9nero = Conger | esp\u00e9cie = verreauxi | m\u00eas = maio | ano = 2006}}\n* Tony Ayling & Geoffrey Cox, ''Collins Guide to the Sea Fishes of New Zealand'', (William Collins Publishers Ltd, Auckland, New Zealand 1982) ISBN 0-00-216987-8\n\n==Liga\u00e7\u00f5es externas==\n* [http://www.unep-wcmc.org/isdb/Taxonomy/tax-species-result.cfm?displaylanguage=&Genus=Conger&Species=verreauxi&source=animals&Country=&tabname=all UNEP-WCMC Species Database] {{en}}\n* [http://www.catalogueoflife.org/details/species/id/7619013 Catalogue of Life] {{en}}\n* [http://aquatab.net/system/species/5883/ AQUATAB]\n* [http://www.itis.gov/servlet/SingleRpt/SingleRpt?search_topic=TSN&search_value=161339&print_version=PRT&source=to_print ITIS] {{en}}\n\n\n{{Controle de autoridade}}\n\n[[Categoria:Peixes da Austr\u00e1lia]]\n[[Categoria:Peixes da Oceania]]"}]}}}}