Pigatti Contabilidade - Consultoria de Negócios
pigatti

Consultoria Contabilidade e Negócios

 (11) 3340.6655     (11) 95636.4873     contato@pigatti.com.br      Cliente      Processos   
    
  


SERVIÇOS DE CONSULTORIA





CONSULTORIA E PLANEJAMENTO DE MARKETING
Naming / Marca / Site / Material de Divulgação. Parte fundamental da gestão de um negócio, o marketing define e defende o posicionamento da sua marca. E é parte essencial para sua estratégia de divulgação e venda.



CRM DE VENDAS
A Gestão de Relacionamento com o Cliente é muito mais do que uma simples plataforma para inserir os dados dos seus consumidores. Ela te da dados fundamentais para tomada de decisão.





RECRUTAMENTO E SELEÇÃO DE FUNCIONÁRIOS
Uma boa ideia só sai do papel se for realizada por bons talentos.



TECNOLOGIA E SISTEMA DE GESTÃO
Com um bom Sistema de Gestão, é possível automatizar diversos procedimentos. Isso possibilita que você tenha no computador, tablet ou celular todas as informações sobre a companhia, desde o planejamento estratégico à avaliação de desempenho das áreas, entre outros.





CRIAÇÃO E IMPLANTAÇÃO DE PROCESSOS
A ideia de negócio pode ser genial e inovadora. No entanto, se os processos não forem criados e implantados, nada sai do lugar.



SUCESSÃO FAMILIAR E PROTEÇÃO DE BENS
Proteger o patrimônio é fundamental para garantir os direitos da sua família e o futuro do seu negócio em casos de adversidades.





BPO FINANCEIRO / TERCERIZAÇÃO CONTAS A RECEBER E PAGAR
Terceirizar o serviço de Gestão de Contas a Pagar e Receber tem se tornado um recurso estratégico para o desenvolvimento sustentável da contabilidade nas empresas.



CONSULTORIA PARALEGAL
Para ter uma empresa em dia, você precisa de ajuda. A Consultoria Paralegal otimiza processos burocráticos que todo negócio deve aos órgãos públicos como abertura e fechamento de empresas, alterações e outros.





OBRAS E REFORMAS
Em muitos casos, uma reforma impacta mais do que qualquer outra estratégia em um negócio. Afinal, é essencial que o seu espaço físico esteja apto a receber bem os clientes.



PLANO DE NEGÓCIOS
Elaborar um Plano de Negócios eficiente é essencial para ter uma visão estratégica da empresa.





CONSULTORIA E PLANEJAMENTO FINANCEIRO
O Planejamento Financeiro é vital para o futuro de uma empresa. Essa programação não só viabiliza os investimentos e o crescimento do negócio, como auxilia estrategicamente nas tomadas de decisões e na saúde da companhia.



CONSULTORIA TRIBUTÁRIA & FISCAL
A consultoria para a área Tributária e Fiscal é importante para enquadrar o negócio no melhor regime tributário, possibilitando até mesmo a economia.





ASSESSORIA JURÍDICA
Estar sempre a um passo de problemas judiciais é imprescindível para qualquer empresa.



Solicite seu orçamento






Deixe sua mensagem:


Em breve entraremos em contato com você.
pigatti
Sua mensagem está sendo enviada para nós.
Aguarde um momento.
X


A sua mensagem foi enviada com sucesso.
Obrigado pelo contato e em 15 minutos um orçamento será enviado a você via e-mail.

voltar à home

{"continue":{"imcontinue":"1130250|Marvel_icon.svg","grncontinue":"0.124334589818|0.124334589818|0|0","continue":"grncontinue||revisions"},"warnings":{"main":{"*":"Subscribe to the mediawiki-api-announce mailing list at for notice of API deprecations and breaking changes. Use [[Special:ApiFeatureUsage]] to see usage of deprecated features by your application."},"revisions":{"*":"Because \"rvslots\" was not specified, a legacy format has been used for the output. This format is deprecated, and in the future the new format will always be used."}},"query":{"pages":{"5402080":{"pageid":5402080,"ns":0,"title":"Companhia Potiguar de G\u00e1s","revisions":[{"contentformat":"text/x-wiki","contentmodel":"wikitext","*":"{{Coor dms|5.84324|||S|35.213052|||O|display=title}}\nA '''Companhia Potiguar de G\u00e1s''', tamb\u00e9m conhecida como '''Potig\u00e1s''', \u00e9 a [[empresa estatal]] respons\u00e1vel pela distribui\u00e7\u00e3o de [[g\u00e1s natural]] encanado no estado [[brasil]]eiro do [[Rio Grande do Norte]]. A empresa foi criada pela Lei 6.502 de 26 de novembro de 1993 como uma [[sociedade de economia mista]] sujeita ao controle majorit\u00e1rio do Estado, papel exercido inicialmente pelo governo estadual e pela [[Petrobras]], atrav\u00e9s da [[Gaspetro]]. A empresa come\u00e7ou a operar efetivamente em 8 de mar\u00e7o de 1995.{{citar web |url=http://www.potigas.com.br/noticias-interna,potigas-completa-23-anos-de-criacao,99687 |t\u00edtulo=Potig\u00e1s completa 23 anos de cria\u00e7\u00e3o |publicado=Potig\u00e1s |data=25 de novembro de 2016 |acessodata=25 de abril de 2017}}\n\nEm 28 dezembro de 2015, o conglomerado [[Jap\u00e3o|japon\u00eas]] [[Mitsui]] passou a ser detentor da parte que cabia \u00e0 Petrobras ap\u00f3s comprar 49% da Gaspetro, pagando R$ 1,93 bilh\u00e3o.{{citar web |url=http://exame.abril.com.br/negocios/cade-aprova-venda-de-fatia-da-petrobras-na-gaspetro-a-mitsui/ |t\u00edtulo=Cade aprova venda de fatia da Petrobras na Gaspetro \u00e0 Mitsui |publicado=Exame |data=2 de dezembro de 2015 |acessodata=25 de abril de 2017}}{{citar web |url=http://www1.folha.uol.com.br/mercado/2015/12/1723831-petrobras-vende-49-da-gaspetro-a-japonesa-mitsui-por-r-193-bilhao.shtml |t\u00edtulo=Petrobras vende 49% da Gaspetro \u00e0 japonesa Mitsui por R$ 1,93 bilh\u00e3o |publicado=Folha de S.Paulo |data=28 de dezembro de 2015 |acessodata=25 de abril de 2017}}\n\n{{refer\u00eancias}}\n\n{{esbo\u00e7o-empresa}}\n\n{{Empresas Estatais do Brasil}}\n\n[[Categoria:Empresas estatais do Rio Grande do Norte]]\n[[Categoria:Empresas de distribui\u00e7\u00e3o de g\u00e1s do Brasil]]\n[[Categoria:Empresas de Natal (Rio Grande do Norte)]]\n[[Categoria:Empresas fundadas em 1993]]"}]},"245589":{"pageid":245589,"ns":0,"title":"Magny-Saint-M\u00e9dard","revisions":[{"contentformat":"text/x-wiki","contentmodel":"wikitext","*":"{{Info/Comuna da Fran\u00e7a\n|nome = Magny-Saint-M\u00e9dard\n|regi\u00e3o = Borgonha-Franco-Condado\n|departamento = C\u00f4te-d'Or\n|\u00e1rea = 11\n|altitude = \n|latP = N | latG = 47 | latM = 23 | latS = 0\n|lonP = E | lonG = 5 | lonM = 15 | lonS = 0\n|popula\u00e7\u00e3o = 209\n|densidade = auto\n|censo = 1999\n|insee = 21369\n|insee_ref = s\n|c\u00f3dpostal = 21310 \n|mapa = \n|escudo = \n|bandeira = \n|imagem = \n|legenda = \n|gent\u00edlico = \n|website = \n|notas = \n}}\n'''Magny-Saint-M\u00e9dard''' \u00e9 uma [[comuna francesa]] na [[Regi\u00f5es administrativas francesas|regi\u00e3o administrativa]] da [[Borgonha-Franco-Condado]], no [[Departamentos franceses|departamento]] de [[C\u00f4te-d'Or]]. Estende-se por uma \u00e1rea de 11 [[Quil\u00f3metro quadrado|km\u00b2]]. {{Pop comuna francesa2|21369|11}}\n\n{{Refer\u00eancias}}\n\n{{esbo\u00e7o-geofr}}\n\n[[Categoria:Comunas de C\u00f4te-d'Or]]"}],"images":[{"ns":6,"title":"Ficheiro:Blason d\u00e9partement fr C\u00f4te-d'Or.svg"},{"ns":6,"title":"Ficheiro:Blason d\u00e9partement fr C\u00f4te-d\u2019Or.svg"},{"ns":6,"title":"Ficheiro:Crystal Clear app demo.png"},{"ns":6,"title":"Ficheiro:Disc Plain red (edge).svg"},{"ns":6,"title":"Ficheiro:Flag of France.svg"},{"ns":6,"title":"Ficheiro:France Flag Map.svg"},{"ns":6,"title":"Ficheiro:France location map-Regions and departements-2016.svg"},{"ns":6,"title":"Ficheiro:Logo Bourgogne-Franche-Comt\u00e9 2016-11.png"}]},"1130250":{"pageid":1130250,"ns":0,"title":"Kang, o Conquistador","revisions":[{"contentformat":"text/x-wiki","contentmodel":"wikitext","*":"{{Sem-fontes|data=fevereiro de 2013}}\n{{Info/Super-her\u00f3i \n| imagem = \n|cor=marvel\n| descri\u00e7\u00e3o = \n| nome personagem = Kang, o Conquistador\n| publica\u00e7\u00e3o = [[Marvel Comics]]\n| primeira apari\u00e7\u00e3o = '''como Rama-Tut:'''
''Fantastic Four'' #19 (outubro de 1963)
'''como Kang:'''
''Avengers'' #8 (setembro de. 1964)\n| criador = [[Stan Lee]]
[[Jack Kirby]]\n| nome real = Nathaniel Richards\n| esp\u00e9cie = \n| terra natal = \n| alian\u00e7as = \n| codenomes = [[Rapaz de Ferro]]
Rama-Tut
Victor Timely
Scarlet Centurion
Immortus\n| poderes = Alto n\u00edvel de intelig\u00eancia;
Perito em [[t\u00e1tica]]s e [[estrat\u00e9gia]]s;
Mestre em combate armado e desarmado;
Acesso a avan\u00e7ada tecnologia;
Envelhecimento brando\n}}\n'''Kang, o Conquistador''' (''Kang the Conqueror'') \u00e9 um dos personagens do [[Universo Marvel]]. Suposto descendente de [[Nathaniel Richards]], pai de [[Reed Richards]], ele tamb\u00e9m pode ser considerado uma das contrapartes futuras do l\u00edder do [[Quarteto Fant\u00e1stico]], embora haja especula\u00e7\u00f5es de que na verdade ele seja parente do [[Doutor Destino]], como sugerido em uma de suas primeiras hist\u00f3rias. Inimigo dos [[Vingadores]] e do [[Quarteto Fant\u00e1stico]]. Ele tamb\u00e9m \u00e9 um [[d\u00e9spota]] temporal. Sua vers\u00e3o jovem se tornou o [[Rapaz de Ferro]], dos [[Jovens Vingadores]].\n\n== Hist\u00f3ria ==\n=== Quarteto Fant\u00e1stico ===\nA hist\u00f3ria de Kang come\u00e7a em uma Terra alternativa do [[futuro]], diferente da [[Terra 616]], lar dos super-her\u00f3is Marvel originais. Identificada como Terra alternativa 6311, com uma hist\u00f3ria na qual n\u00e3o houve a [[Idade M\u00e9dia]]. Assim, o pouso na [[Lua]] teria ocorrido em meados do ano 900 d.c., mil anos antes do que o ocorrido na Terra 616. Mas essa conquista resultou em uma grande guerra da col\u00f4nia lunar com os habitantes da [[Terra]], que acabou na desintegra\u00e7\u00e3o da Lua e a regress\u00e3o da Humanidade a um longo per\u00edodo primitivo. Foi essa situa\u00e7\u00e3o ca\u00f3tica que o pai de Reed Richards, Nathaniel Richards, encontrou ao chegar ao planeta no ano 3025 de sua hist\u00f3ria. Determinado a ajudar o [[planeta]] a voltar ao per\u00edodo de paz, ele usou seu conhecimento cient\u00edfico nessa empreitada, mas foi enganado pelos habitantes, que n\u00e3o queriam a paz mas prolongar as guerras com as diversas tribos. Ficou conhecido como o Senhor da Guerra at\u00e9 que o Quarteto Fant\u00e1stico o encontrasse e o levasse de volta ao passado, ap\u00f3s garantir o restabelecimento da paz que tanto desejava Nathaniel.\n\nO ser que se tornaria Kang encontrou o aparato cient\u00edfico deixado por Nathaniel e construiu uma m\u00e1quina do tempo em forma de Esfinge, retornando ao antigo [[Egito]], onde adotou o nome de [[fara\u00f3]] [[Rama-Tut]]. Seu reinado terminou quando o Quarteto Fant\u00e1stico viajou no tempo usando a m\u00e1quina do tempo do Doutor Destino, e o derrotou, for\u00e7ando-o a retornar a seu tempo. Nessa viagem ele encontrou acidentalmente o [[Doutor Destino]] (consequ\u00eancia de um fen\u00f4meno chamado de Tempestade Temporal), que o inspirou a adotar uma armadura parecida. Inicialmente ele se tornou o Centuri\u00e3o Escarlate e enganou os Vingadores da Terra 689, mas foi vencido pelos Vingadores da Terra 616. Esse evento fez com que surgissem diversas realidades alternativas, nas quais o Centuri\u00e3o Escarlate enfrentou o [[Esquadr\u00e3o Supremo]] e os [[X-Men]]. Depois disso ele passou a se chamar de Kang, o Conquistador.\n\n=== Os Vingadores ===\nEm sua primeira hist\u00f3ria, Kang veio ao s\u00e9culo XX para se defrontar com os Vingadores e conquistar a sua \u00e9poca. Ao longo das d\u00e9cadas, suas batalhas s\u00e3o in\u00fameras contra os maiores her\u00f3is da Terra.\n\nDepois de criar a armadura de Kang, o vil\u00e3o chegou a 1000 anos do seu futuro, onde conheceu Ravonna, por quem dedicou grande amor, que rivalizava com a sua sede de conquista e o \u00f3dio aos Vingadores. Recha\u00e7ado pela mo\u00e7a, Kang buscou distra\u00e7\u00e3o retornando ao passado, onde em meados de 1900 d.c., ele adotou a identidade de Victor Timmely Jr., inventor e prefeito da cidade de Timely. A cidade era tamb\u00e9m um portal para a Cron\u00f3polis, sua base na qual reuniu um grande ex\u00e9rcito, que chamava de Acronautas. A [[tecnologia]] [[rob\u00f3tica]] que usou em Timely, chegou ao conhecimento de Phineas T. Horton, o futuro criador do [[Tocha Humana Original]]. Voltaria ainda a determinadas \u00e9pocas, se confrontando com o Coisa e o Tocha Humana na lend\u00e1ria [[Camelot]]; e apareceria no casamento de Reed Richards com Sue Storm. Mas tentando conquistar Ravonna, Kang traz os Vingadores para o s\u00e9culo 40, tentando derrot\u00e1-los na frente de sua amada. Na luta que se segue, Ravonna se coloca na frente de um disparo dirigido ao vil\u00e3o, e aparentemente morre. Kang a coloca em uma redoma de vidro, e na tentativa de reviv\u00ea-la aceita entrar num jogo com o Gr\u00e3o-Mestre (um dos Anci\u00f4es do Universo), aliando-se aos Vingadores para enfrentar o [[Esquadr\u00e3o Sinistro]] (base do futuro Esquadr\u00e3o Supremo) e os Invasores. Mas quando tem a op\u00e7\u00e3o de reviver Ravonna ele prefere usar o poder que lhe foi dado pelo anci\u00e3o para matar o Vingadores. Que se salvam gra\u00e7as a interven\u00e7\u00e3o do Cavaleiro Negro (Dane Withiman). O Gr\u00e3o-Mestre acabou revivendo Ravonna, substituindo o corpo que estava com Kang por uma c\u00f3pia.\n\nIn\u00fameras vezes Kang usou seu conhecimento de rob\u00f3tica para enfrentar os Vingadores: tentou engan\u00e1-los com uma c\u00f3pia do [[Homem-Aranha]], e usou uma vers\u00e3o de si mesmo para envolver os Vingadores em uma guerra contra Zarkko, o Homem do Amanh\u00e3 (inimigo do [[Thor]]). Tamb\u00e9m criou o Homem Crescente, outro inimigo de Thor. Mas uma das maiores batalhas com seus inimigos do s\u00e9culo XX ocorreu quando Kang descobriu que um ser conhecido por Madona Celestial estava destinado a gerar o ser mais poderoso do universo (o Messias Celestial). Determinado a tornar-se pai desse ser, ele procurou a Madona, acreditando que ela seria uma das heroinas filiadas aos Vingadores: M\u00e2ntis ou [[Feiticeira Escarlate]]; ou a idosa feiticeira \u00c1gatha Harkness. Embora descobrisse enfim que a Madona era M\u00e2ntis, Kang n\u00e3o conseguiu realizar seu plano. Inconformado, ele tentou matar a hero\u00edna, mas acabou atingindo o Espadachim, que morreu. Depois disso ele foi arremessado para o Limbo pelo ser conhecido como Immortus. Esse ser era na verdade outra contraparte de Kang, a futura, enquanto Rama-Tut era a contraparte do passado. Utilizando o equipamento de Immortus, Kang descobriu suas in\u00fameras contrapartes das Terras alternativas. Tentando voltar a ser o \u00fanico Kang, o vil\u00e3o criou o Conselho de Kangs, para que os mesmos o ajudassem a eliminar suas duplicatas.\n\nDurante a saga [[Vingadores Eternamente]], Kang aliou-se aos Vingadores numa luta contra [[Immortus]], determinado a derrotar sua vers\u00e3o futura. Na batalha que se segue ele consegue criar uma nova linha temporal na qual n\u00e3o se tornar\u00e1 Immortus e parte para outras aventuras.\n\n* Fonte: baseadas em trechos das informa\u00e7\u00f5es de Jeff Christansen, traduzidas e publicadas na revista Grandes Cl\u00e1ssicos dos Vingadores # 3, [[Editora Panini]].\n\n{{Fragmento Marvel Comics}}\n{{Vingadores}}\n\n{{Portal3|Banda desenhada}}\n\n{{DEFAULTSORT:Kang, O Conquistador}}\n[[Categoria:!Esbo\u00e7os sobre a Marvel Comics]]\n[[Categoria:Os Vingadores]]\n[[Categoria:Quarteto Fant\u00e1stico]]\n[[Categoria:Artistas marciais da Marvel Comics]]\n[[Categoria:Artistas marciais fict\u00edcios]]\n[[Categoria:Vil\u00f5es da Marvel Comics]]\n[[Categoria:Cientistas fict\u00edcios]]\n[[Categoria:Ditadores fict\u00edcios]]\n[[Categoria:Viajantes do tempo]]"}]},"2084678":{"pageid":2084678,"ns":0,"title":"Sumitomo Mitsui Financial Group","revisions":[{"contentformat":"text/x-wiki","contentmodel":"wikitext","*":"{{mais fontes||emp|data=julho de 2017}}\nO '''Sumitomo Mitsui Financial Group''' (TYO: 8316, {{NYSE|SMFG}}) \u00e9 uma [[institui\u00e7\u00e3o financeira]] do [[Jap\u00e3o]].{{Citar web|url = https://opencorporates.com/companies/jp/2010001081053 |t\u00edtulo = Sumitomo Mitsui Financial Group |publicado = [[OpenCorporates]] |l\u00edngua = en |acessodata = 9 de maio de 2020}}\n\n== Refer\u00eancias ==\n\n{{esbo\u00e7o-banco}}\n\n{{Nikkei 225}}\n\n{{Controle de autoridade}}\n\n[[Categoria:Bancos do Jap\u00e3o]]\n[[Categoria:Empresas listadas na New York Stock Exchange]]"}]},"1362793":{"pageid":1362793,"ns":0,"title":"Roberto Carlos (\u00e1lbum de 1995)","revisions":[{"contentformat":"text/x-wiki","contentmodel":"wikitext","*":"{{Mais notas|data=maio de 2021}}\n{{Info/\u00c1lbum\n |nome = Roberto Carlos\n |tipo = \u00c1lbum\n |artista = [[Roberto Carlos]]\n |lan\u00e7ado = [[1995]]\n |gravado = 1995\n |g\u00eanero = [[MPB (g\u00eanero musical)|MPB]], [[Brega|Rom\u00e2ntico]]\n |dura\u00e7\u00e3o = 38:37 \n |gravadora = [[Sony Music Entertainment|Sony]]
[[Columbia Records|CBS]]\n |produtor = [[Mauro Motta]] \n |formato = [[Disco de vinil|LP]]/[[Compact disc|CD]]/[[Fita cassete|K7]]\n |capa = Roberto Carlos 1995.jpg\n |certifica\u00e7\u00e3o = {{Certifica\u00e7\u00e3o|Diamante}} - [[Pro-M\u00fasica Brasil|ABPD]]{{citar jornal|url=http://abpd.org.br/certificados_interna.asp?sArtista=Roberto%20Carlos|titulo=Roberto Carlos|obra=ABPD|acessodata=31/12/2010}}\n |\u00faltimo_\u00e1lbum = '''''[[Roberto Carlos (\u00e1lbum de 1994)|Roberto Carlos]]'''''
([[1994]])\n |pr\u00f3ximo_\u00e1lbum = '''''[[Roberto Carlos (\u00e1lbum de 1996)|Roberto Carlos]]'''''
([[1996]])\n}}\n\n'''Roberto Carlos''' \u00e9 o trig\u00e9simo quinto [[\u00e1lbum de est\u00fadio]] do [[Canto (m\u00fasica)|cantor]] e [[compositor]] [[Roberto Carlos]], lan\u00e7ado em [[1995]] pela gravadora [[Columbia Records|CBS]]. \n\nOs destaques deste \u00e1lbum s\u00e3o as faixas \"Amigo N\u00e3o Chore Por Ela\" e a homenagem \u00e0s mulheres que usam \u00f3culos em \u201cO Charme dos Seus \u00d3culos\u201d. Chama a aten\u00e7\u00e3o tamb\u00e9m a regrava\u00e7\u00e3o de \"Quase Fui Lhe Procurar\", uma serenata do compositor [[Get\u00falio C\u00f4rtes]], gravada originalmente por Roberto Carlos em seu disco de 1968 ''[[O Inimit\u00e1vel]]''. \n\n==Faixas==\n{| class=\"wikitable\"\n|+\n!N\u00ba\n!T\u00edtulo\n!Composi\u00e7\u00e3o\n!Dura\u00e7\u00e3o\n|-\n|1.\n|\"Amigo N\u00e3o Chore Por Ela\"\n|Roberto Carlos-Erasmo Carlos\n|4:54\n|-\n|2.\n|\"O Charme dos Seus \u00d3culos\"\n|Roberto Carlos-Erasmo Carlos\n|4:02\n|-\n|3.\n|\"O Cora\u00e7\u00e3o N\u00e3o Tem Idade\"\n|Roberto Carlos-Erasmo Carlos\n|4:30\n|-\n|4.\n|\"Pra Ficar Com Voc\u00ea\"\n|[[Mauro Motta]]-[[Carlos Colla]]\n|3:42\n|-\n|5.\n|\"Quando Eu Quero Falar Com Deus\"\n|Roberto Carlos-Erasmo Carlos\n|5:17\n|-\n|6.\n|\"Rom\u00e2ntico\"\n|Roberto Carlos-Erasmo Carlos\n|4:26\n|-\n|7.\n|\"Nunca Te Esqueci\"\n|[[Eduardo Lages]]-[[Paulo S\u00e9rgio Valle]]\n|4:48\n|-\n|8.\n|\"Quase Fui Lhe Procurar\"\n|[[Get\u00falio C\u00f4rtes]]\n|3:34\n|-\n|9.\n|\"Sonho de Amor\"\n|Fernando de Souza-M\u00e1rio Avellar-Ed\u00edlson Campos\n|3:12\n|}\n'''''Ficha T\u00e9cnica'''''{{Citar web |url=http://edimilsonmendes.com/ososia1_ROBERTO-CARLOS/RobertoCarlos29_DiscBox%20Pra%20Sempre4-Anos90.html |titulo=RobertoCarlos29_DiscBox Pra Sempre4-Anos90 |acessodata=2020-09-09 |website=edimilsonmendes.com}}\n\nProduzido por: [[Mauro Motta]]\n\nAssistente de produ\u00e7\u00e3o: Ronaldo Monteiro\n\nAssessoria de produ\u00e7\u00e3o: Sandra Batista\n\nGravado nos est\u00fadios Sigla, Impress\u00e3o Digital e Chorus (Rio de Janeiro) e Criteria Recording Studios (Miami)\n\nEngenheiro de grava\u00e7\u00e3o: Edu de Oliveira\n\nEngenheiros adicionais: Ted Stein, Steve Robilard, M\u00e1rio Jorge, Luiz Paulo Martins, Marcos Caminha, Jorge Garrafa, Luiz Carlos e Saint Clair Lima\n\nAssistentes de grava\u00e7\u00e3o: Claudinho Oliveira, Everaldo Andrade, Steve Robillard, Cris Carroll, Ivan Carvalho, Marco Hoffer e Marcos Vicente\n\nEngenheiros de mixagem: Edu de Oliveira; e Ted Stein (nas faixas 2, 7 e 8)\n\nMasteriza\u00e7\u00e3o: Fullersound, Inc (Miami)\n\nEngenheiro de masteriza\u00e7\u00e3o: Michael Fuller\n\nFotografia: Luiz Garrido\n\nAssistente de fotografia: Carlos Hansen\n\nCoordena\u00e7\u00e3o gr\u00e1fica: Carlos Nunes{{refer\u00eancias|Notas e refer\u00eancias}}\n\n== Ver tamb\u00e9m ==\n* [[Erasmo Carlos]]\n\n{{Roberto Carlos}}\n\n{{Esbo\u00e7o-\u00e1lbum|Roberto Carlos}}\n\n[[Categoria:\u00c1lbuns de Roberto Carlos|Roberto Carlos (1995)]]\n[[Categoria:\u00c1lbuns de 1995|Roberto Carlos (1995)]]"}]},"1026576":{"pageid":1026576,"ns":0,"title":"Andre Norton","revisions":[{"contentformat":"text/x-wiki","contentmodel":"wikitext","*":"{{Info/Biografia/Wikidata}}\n'''Andre Alice Norton''' ([[Cleveland]], [[Ohio]], [[17 de fevereiro]] de [[1912]] \u2013 [[Murfreesboro (Tennessee)|Murfreesboro]], [[17 de mar\u00e7o]] de [[2005]]) foi um [[autor]] de [[fic\u00e7\u00e3o cient\u00edfica]] e [[fantasia (literatura)|fantasia]] (com alguns trabalhos de fic\u00e7\u00e3o hist\u00f3rica e fic\u00e7\u00e3o contempor\u00e2nea), foi o [[pseud\u00f4nimo]] mais conhecido da [[Povo dos Estados Unidos|estadunidense]] '''Alice Mary Norton'''.\n\nEla publicou seu primeiro [[romance]] em [[1934]]. Foi a primeira mulher a receber o ''Gandalf Grand Master Award'' da [[World Science Fiction Society]] em [[1977]] e ganhou o ''Damon Knight Memorial Grand Master Award'' da [[SFWA]] em 1983. Escreveu sob os pseud\u00f4nimos de '''Andre Norton''', '''Andrew North''' e '''Allen Weston'''.\n\n==Liga\u00e7\u00f5es externas==\n*{{link|en|2=http://www.andre-norton.org/|3=P\u00e1gina oficial}}\n**{{link|en|2=http://www.andre-norton.org/anorton/anbio.shtml|3=Biografia detalhada}}\n*{{link|en|2=http://www.sfwa.org/news/anorton.htm|3=Obitu\u00e1rio no SFWA}}\n*{{link|en|2=http://Nortonbooks.Bravehost.com/index.htm|3=Bibliografia}}\n*{{((en))}}-{{gutenberg author|id=Andre_Norton|name=Andre Norton}}\n*{{link|en|2=http://scifan.com/writers/nn/NortonAndre.asp|3=Bibliografia}} em ''SciFan''\n*{{link|en|2=http://www.geocities.com/solarguard/anorton/index.html|3=Solarguard Andre Norton}} \u2013 liga\u00e7\u00e3o para algumas de suas obras, lista de planetas etc.\n\n{{Controle de autoridade}}\n\n{{DEFAULTSORT:Norton, Andre}}\n[[Categoria:Escritores dos Estados Unidos]]\n[[Categoria:Escritores de fic\u00e7\u00e3o cient\u00edfica dos Estados Unidos]]\n[[Categoria:Grandes Mestres da SFWA]]\n[[Categoria:Naturais de Cleveland]]"}],"images":[{"ns":6,"title":"Ficheiro:Blackletter G.svg"},{"ns":6,"title":"Ficheiro:Wikidata-logo.svg"}]},"6374071":{"pageid":6374071,"ns":0,"title":"Apex","revisions":[{"contentformat":"text/x-wiki","contentmodel":"wikitext","*":"{{ver desambig|o servi\u00e7o social brasileiro conhecido como Apex-Brasil|Ag\u00eancia Brasileira de Promo\u00e7\u00e3o de Exporta\u00e7\u00f5es e Investimentos}}\n{{Info/\u00c1lbum\n| alt = Capa de Apex\n| idioma = [[L\u00edngua inglesa|Ingl\u00eas]]\n| pr\u00f3ximo \u00e1lbum = ''[[Abyss (\u00e1lbum)|Abyss]]''\n| ano anterior = 2015\n| \u00faltimo \u00e1lbum = ''Time Stands Still''\n| formato = \n| produtor = \n| gravadora = [[Napalm Records|Napalm]]\n| dura\u00e7\u00e3o = {{Dura\u00e7\u00e3o|m=60|s=37}}\n| nome = Apex\n| g\u00eanero = [[Power metal]], [[Heavy metal tradicional|heavy metal]], [[speed metal]]{{cite web|url=https://www.straight.com/music/1150066/unleash-archers-escapism-without-regrets|title=Unleash the Archers: Escapism Without Regrets|last=MacInnis|first=Allan|date=12 de outubro de 2018|website=[[The Georgia Straight]]|access-date=2 de mar\u00e7o de 2019}}\n| gravado = \n| lan\u00e7ado = {{Data de in\u00edcio|2017|6|2}}\n| artista = [[Unleash the Archers]]\n| imagem = Apex_unleash_the_archers.jpg\n| tipo = est\u00fadio\n| ano seguinte = 2020\n}}\n{{Cr\u00edticas profissionais\n|cri1 = 9,5/10\n|ava1 = Metal Assault{{cite web|publisher=Metal Assault|last=Bansal|first=Andrew|url=http://metalassault.com/album_reviews/2017/06/02/unleash-the-archers-apex/|title=Album Review: Unleash The Archers - Apex|date=2 de junho de 2017|accessdate=1 de mar\u00e7o de 2020}}\n}}\n'''''Apex''''' \u00e9 o quarto \u00e1lbum de est\u00fadio da banda canadense de [[heavy metal]] [[Unleash the Archers]]. Foi lan\u00e7ado em 2 de junho de 2017,{{Cite web|url=http://www.knac.com/article.asp?ArticleID=23769|title=KNAC.COM - News - UNLEASH THE ARCHERS Premiere 'The Matriarch' Video|website=www.knac.com|access-date=2017-12-29}} pela [[Napalm Records]].{{Citar web |ultimo=Goldby |primeiro=Steve |url=http://www.metaltalk.net/news_seventeen/unleash_the_archers_album_details.php |titulo=UNLEASH THE ARCHERS UPCOMING ALBUM DETAILS ARE HERE |acessodata=2017-12-29 |website=www.metaltalk.net}}{{Citar web |url=http://label.napalmrecords.com/blog/?entryID=1003 |titulo=napalmrecords.com :: Newsblog |acessodata=2017-12-29 |website=label.napalmrecords.com |lingua=de}}\n\n== Lista de faixas ==\n{{Lista de faixas\n| t\u00edtulo1 = Awakening\n| dura\u00e7\u00e3o1 = 7:17\n| t\u00edtulo2 = Shadow Guide\n| dura\u00e7\u00e3o2 = 3:56\n| t\u00edtulo3 = The Matriarch\n| dura\u00e7\u00e3o3 = 4:02\n| t\u00edtulo4 = Cleanse the Bloodlines\n| dura\u00e7\u00e3o4 = 5:54\n| t\u00edtulo5 = The Coward's Way\n| dura\u00e7\u00e3o5 = 5:05\n| t\u00edtulo6 = False Walls\n| dura\u00e7\u00e3o6 = 8:05\n| t\u00edtulo7 = Ten Thousand Against One\n| dura\u00e7\u00e3o7 = 5:37\n| t\u00edtulo8 = Earth and Ashes\n| dura\u00e7\u00e3o8 = 6:35\n| t\u00edtulo9 = Call Me Immortal\n| dura\u00e7\u00e3o9 = 5:46\n| t\u00edtulo10 = Apex\n| dura\u00e7\u00e3o10 = 8:20\n\n| dura\u00e7\u00e3o_total = 60:39{{citar web |t\u00edtulo=Apex - Unleash the Archers |url=https://music.apple.com/us/album/apex/1219794060 |obra=[[Apple Music]] |publicado=[[Apple]] |acessodata=13 de setembro de 2020}}\n}}\n\n== Cr\u00e9ditos ==\n;Unleash the Archers\n* Brittney Slayes - vocais \n* Scott Buchanan - bateria \n* Grant Truesdell - guitarras \n* Andrew Kingsley - guitarras \n* Nikko Whitworth - baixo\n\n;Produ\u00e7\u00e3o\n* Jacob Hansen - grava\u00e7\u00e3o, mixagem e masteriza\u00e7\u00e3o \n* Jonas Haagensen - assistente de engenharia \n* Shimon Karmel - fotografia \n* Ken Sarafin - arte, layout\n\n== Paradas ==\n{| class=\"wikitable sortable plainrowheaders\" style=\"text-align:center\" \n|-\n! scope=\"col\"| Parada\n! scope=\"col\"| Maior
coloca\u00e7\u00e3o\n|-\n{{album chart|BillboardIndependent|28|artist=Unleash The Archers|rowheader=true|accessdate=29 de dezembro de 2017}}\n|}\n\n{{Refer\u00eancias}}\n\n{{Esbo\u00e7o-\u00e1lbum|Unleash the Archers}}\n\n[[Categoria:\u00c1lbuns de 2017]]\n[[Categoria:\u00c1lbuns de Unleash the Archers]]"}]},"2024882":{"pageid":2024882,"ns":0,"title":"Gekko","revisions":[{"contentformat":"text/x-wiki","contentmodel":"wikitext","*":"{{ver desambigua\u00e7\u00e3o}}\n{{Info/Taxonomia\n| nome = Gekko\n| cor =pink \n| imagem = Tokay_Gecko.jpg\n| imagem_legenda = \n| reino = [[Animalia]] \n| filo = [[Chordata]] \n| classe = [[Reptilia]] \n| ordem = [[Squamata]] [[Sauria]] \n| fam\u00edlia = [[Gekkonidae]] \n| g\u00e9nero = '''''Gekko''''' \n| subdivis\u00e3o_nome = Esp\u00e9cies\n| subdivis\u00e3o = \n''ver texto''\n}}\n'''''Gekko''''' \u00e9 um [[g\u00e9nero (biologia)|g\u00e9nero]] de [[r\u00e9pteis]] [[escamados]] da fam\u00edlia [[Gekkonidae]]. Bastante coloridos, encontram-se no Sudeste da [[\u00c1sia]] e, apesar de algumas esp\u00e9cies serem comuns (''[[Gekko gecko]]''), algumas t\u00eam uma pequena \u00e1rea de distribui\u00e7\u00e3o e s\u00e3o consideradas raras ou amea\u00e7adas.\n\n==Esp\u00e9cies==\n* ''[[Gekko athymus]]'' Brown & Alcala, 1962\n* ''[[Gekko auriverrucosus]]'' Zhou & Liu, 1982\n* ''[[Gekko badenii]]'' Shcherbak & Nekrasova, 1994\n* ''[[Gekko chinensis]]'' Gray, 1842\n* ''[[Gekko ernstkelleri]]'' R\u00f6sler, Siler, Brown, Demegillo & Gaulke, 2006\n* ''[[Gekko gecko]]'' (Linnaeus, 1758) - '''Geco tokay'''\n* ''[[Gekko gigante]]'' Brown & Alcala, 1978\n* ''[[Gekko grossmanni]]'' G\u00fcnther, 1994\n* ''[[Gekko hokouensis]]'' Pope, 1928\n* ''[[Gekko japonicus]]'' (Schlegel, 1836)\n* ''[[Gekko kikuchii]]'' Oshima, 1912\n* ''[[Gekko mindorensis]]'' Taylor, 1919\n* ''[[Gekko monarchus]]'' Schlegel, 1836\n* ''[[Gekko palawanensis]]'' Taylor, 1925\n* ''[[Gekko palmatus]]'' Boulenger, 1907\n* ''[[Gekko petricolus]]'' Taylor, 1962\n* ''[[Gekko porosus]]'' Taylor, 1922\n* ''[[Gekko romblon]]'' Brown & Alcala, 1978\n* ''[[Gekko scabridus]]'' Liu & Zhou, 1982\n* ''[[Gekko scienciadventura]]'' R\u00f6sler, Ziegler, Vu, Herrmann & B\u00f6hme, 2004\n* ''[[Gekko siamensis]]'' Grossmann & Ulber, 1990\n* ''[[Gekko similignum]]'' Smith, 1923\n* ''[[Gekko smithii]]'' Gray, 1842\n* ''[[Gekko subpalmatus]]'' G\u00fcnther, 1864\n* ''[[Gekko swinhonis]]'' Swinhoe, 1863\n* ''[[Gekko taibaiensis]]'' Song, 1985\n* ''[[Gekko tawaensis]]'' Okada, 1956\n* ''[[Gekko taylori]]'' Ota & Nabhitabhata, 1991\n* ''[[Gekko ulikovskii]]'' Darevsky & Orlov, 1994 - '''Geco dorato'''\n* ''[[Gekko verreauxi]]'' Tytler, 1865 o ''Gekko auratus''\n* ''[[Gekko vittatus]]'' Houttuyn, 1782\n* ''[[Gekko yakuensis]]'' Matsui & Okada, 1968\n\n{{esbo\u00e7o-lagarto}}\n{{bases de dados taxon\u00f3micos}}\n\n[[Categoria:Gekko]]"}]},"6493554":{"pageid":6493554,"ns":0,"title":"Mariblanca Sabas Alom\u00e1","revisions":[{"contentformat":"text/x-wiki","contentmodel":"wikitext","*":"{{Info/Biografia\n |nome = Mariblanca Sabas Alom\u00e1\n |imagem = Mariblanca Sabas Alom\u00e1.jpg\n |imagem_tamanho = 220px\n |nascimento_data = {{dni|10|2|1901|lang=br|si}}\n |nascimento_local = [[Santiago de Cuba]], [[Cuba]]\n |morte_data = {{nowrap|{{morte|19|7|1983|10|2|1901}}}}\n |morte_local =\n |nacionalidade = [[cubanos|cubana]]\n |ocupa\u00e7\u00e3o = jornalista, escritora\n |nome_m\u00e3e = Bel\u00e9n Alom\u00e1 Ciarlos\n |nome_pai = Francisco Sabas Castillo\n |alma_mater = [[Universidade Columbia]]
Universidade de Puerto Rico
[[Universidade de Havana]]\n}}\n'''Mariblanca Sabas Alom\u00e1''' ([[Santiago de Cuba]], [[10 de fevereiro]] de [[1901]] \u2014 ?, [[19 de julho]] de [[1983]]) foi uma [[feminista]], jornalista e poetisa [[cubana]]. Ativista pol\u00edtica, ela tamb\u00e9m foi [[Ministro sem pasta|ministra sem pasta]]{{Citar livro |url=https://books.google.com/books?id=SoqaAAAAIAAJ&pg=PA45 |t\u00edtulo=Who's Who in Latin America: Part VII, Cuba, Dominican Republic and Haiti |ultimo=Hilton |primeiro=Ronald |editora=Stanford University Press |ano=1951 |p\u00e1ginas=45\u2013 |isbn=978-0-8047-0757-2 |acessodata=16 de maio de 2013}} no governo cubano de [[Ram\u00f3n Grau San Mart\u00edn|Ram\u00f3n Grau]] e [[Carlos Pr\u00edo Socarr\u00e1s|Carlos Prio]]. Seus escritos foram dedicados \u00e0 causa dos direitos das mulheres, particularmente o direito de voto.\n\n== Biografia ==\n=== Primeiros anos ===\nSabas Alom\u00e1 nasceu em [[Santiago de Cuba]] em 1901. Seus pais eram Francisco Sabas Castillo e Bel\u00e9n Alom\u00e1 Ciarlos. Ela estudou na [[Universidade de Havana]], [[Universidade Columbia]] e [[Universidade de Porto Rico]].{{Citar livro |url=https://books.google.com/books?id=PhsNAAAAIAAJ |t\u00edtulo=Who's who in Latin America: A Biographical Dictionary of Notable Living Men and Women of Latin America |ultimo=Martin |primeiro=Percy Alvin |ultimo2=Cardozo |primeiro2=Manoel |ultimo3=Hilton |primeiro3=Ronald |editora=University Press |ano=1951 |acessodata=16 de maio de 2013}} Membro fundador do Grupo Minorista, tamb\u00e9m atuou como presidente do Partido Democrata Sufragista e como editora do ''La Mujer''.{{Citar livro |url=https://books.google.com/books?id=LfRQz5N_FvUC&pg=PA89 |t\u00edtulo=From the House to the Streets: The Cuban Woman\u2019s Movement for Legal Reform, 1898\u20131940 |ultimo=K. L. Stoner |data=9 de maio de 1991 |editora=Duke University Press |p\u00e1ginas=89\u201390 |isbn=978-0-8223-1149-2 |acessodata=27 de abril de 2013}} Ela escreveu colunas nos peri\u00f3dicos esquerdistas ''Social'' e ''Carteles''.{{Citar livro |url=https://books.google.com/books?id=2kWlOD891lcC&pg=PA84 |t\u00edtulo=Cuban Studies |ultimo=P\u00e9rez |primeiro=Lisandro |ultimo2=Arag\u00f3n |primeiro2=Uva de |data=1 de mar\u00e7o de 2004 |editora=University of Pittsburgh Press |p\u00e1ginas=84\u2013 |isbn=978-0-8229-7080-4 |acessodata=26 de abril de 2013}} Para ''Carteles'', ela escreveu uma s\u00e9rie de artigos homof\u00f3bicos em 1928 sobre a homossexualidade feminina, identificando o [[L\u00e9sbica|lesbianismo]] como uma doen\u00e7a social.{{Citar livro |url=https://books.google.com/books?id=nInCymWsllwC&pg=PA187 |t\u00edtulo=Sex and Sexuality in Latin America |ultimo=Balderston |primeiro=Daniel |ultimo2=Guy |primeiro2=Donna Jay |editora=New York University Press |ano=1997 |p\u00e1ginas=174, 187\u2013 |isbn=978-0-8147-1290-0 |acessodata=27 de abril de 2013}} Escreveu tamb\u00e9m para a ''Bohemia'' e ''Avance'' (1920-1930), em 1930 publicou o livro ''Feminismo - Cuestiones Sociales - Critica Literarea'' e fundou a revista ''Astral'' (1922). Sua poesia ganhou duas medalhas de ouro em 1923 nos Juegos Florales em Santiago de Cuba. Em 1919, ap\u00f3s a morte de seus pais, ela se mudou para [[Havana]]. Em 1923, Sabas Alom\u00e1 participou do primeiro Congresso Nacional de Mulheres de Cuba. {{Caixa de cita\u00e7\u00e3o\n| cita\u00e7\u00e3o = \"Considero uma honra ter sido presa por ter lutado pelo bem do meu pa\u00eds. E algumas das melhores pessoas de Cuba estavam na pris\u00e3o na \u00e9poca, ent\u00e3o eu estava em boa companhia\". (1949){{citar jornal|\u00faltimo =Mayer|primeiro =Ben|t\u00edtulo=Cuban Senorita Makes Good as Cabinet Minister|url=https://news.google.com/newspapers?nid=1876&dat=19490123&id=jVUsAAAAIBAJ&sjid=KMsEAAAAIBAJ&pg=5340,2765397|jornal=Spartanburg Herald-Journal|data=23 de janeiro de 1949}}\n| autor = Mariblanca Sabas Alom\u00e1\n| posi\u00e7\u00e3o = right\n| largura = 25%\n}}\n\n=== \u00daltimos anos ===\nDepois de trabalhar para v\u00e1rios jornais e revistas entre 1924 e 1927, ela tirou uma folga de sua carreira jornal\u00edstica para prosseguir os estudos de arte e literatura no [[M\u00e9xico]], na Universidade Columbia e na Universidade de Porto Rico. Ap\u00f3s seu retorno a [[Havana]], ela trabalhou regularmente para os ''Carteles''. Seus escritos criticavam os [[burgueses]] (a [[elite social]]) e os considerava como contribuintes para o sofrimento da maioria das mulheres. Ela recebeu o ep\u00edteto de \"Feminista Vermelha\" por seus escritos nos ''Carteles'' por causa de sua forte perspectiva feminista e suas inclina\u00e7\u00f5es esquerdistas. Em seus escritos, ela protestou contra os estere\u00f3tipos feministas, defendeu a [[nudez]], rejeitou o [[elitismo]] e defendeu a revis\u00e3o radical das categorias de [[masculinidade]] e [[feminilidade]].{{Citar livro |url=https://books.google.com/books?id=LZIMuq71b7YC&pg=PA137 |t\u00edtulo=Performing Women and Modern Literary Culture in Latin America |ultimo=Unruh |primeiro=Vicky |data=2009-06-03 |editora=University of Texas Press |p\u00e1ginas=137\u2013 |isbn=978-0-292-77374-5 |acessodata=27 de abril de 2013}} Ela serviu como ministra sem pasta em 1949.\n\n{{Refer\u00eancias}}\n\n== Liga\u00e7\u00f5es externas ==\n* {{Citar web |url=http://www.cubaliteraria.cu/articulo.php?idarticulo=13477&idseccion=25 |titulo=\u00bfPor qu\u00e9 La Habana no est\u00e1 en la esquina de mi casa? Cartas de Juana de Ibarbourou a Mariblanca Sabas Alom\u00e1 (II) |data=18 de outubro de 2011 |publicado=Cubaliteraria |autor=Zaida Capote Cruz}}\n\n{{Controle de autoridade}}\n\n{{Portal3|Cuba|Literatura|Jornalismo|Mulheres|Biografias}}\n[[Categoria:Naturais de Santiago de Cuba]]\n[[Categoria:Alunos da Universidade de Havana]]\n[[Categoria:Alunos da Universidade Columbia]]\n[[Categoria:Jornalistas de Cuba]]\n[[Categoria:Feministas de Cuba]]\n[[Categoria:Ministros de Cuba]]\n[[Categoria:Poetas de Cuba]]\n[[Categoria:Escritores de Cuba]]"}]},"2660987":{"pageid":2660987,"ns":0,"title":"Daniel Chester French","revisions":[{"contentformat":"text/x-wiki","contentmodel":"wikitext","*":"{{Info/Biografia/Wikidata | buscarwikidata=ALL}}\n'''Daniel Chester French''' ([[Exeter]], [[20 de abril]] de [[1850]] \u2013 [[Stockbridge (Massachusetts)|Stockbridge]], [[7 de outubro]] de [[1931]]) foi um [[escultor]] dos [[Estados Unidos]].\n\nEra filho de Henry Flagg French, advogado e funcion\u00e1rio do governo. Sua decis\u00e3o de tornar-se escultor foi influenciada por May Alcott. Estudou um ano no [[MIT]] e mais um ano em [[Floren\u00e7a]], com [[Thomas Ball]], e por um m\u00eas com [[John Quincy Adams Ward]]. Ent\u00e3o passou a aceitar encomendas. A primeira veio da municipalidade de [[Concord]], criando para ela em 1875 sua conhecida obra ''The Minute Man''. Realizou v\u00e1rias encomendas oficiais, mas \u00e9 mais lembrado pela sua monumental est\u00e1tua de [[Abraham Lincoln]], hoje no [[Lincoln Memorial]] em [[Washington, D.C.]]. Tamb\u00e9m foi um dos fundadores da [[Sociedade Nacional de Escultura]], e membro da [[Academia Americana de Artes e Ci\u00eancias]], da [[Academia de S\u00e3o Lucas]], da [[Academia Americana de Artes e Letras]] e da [[Academia Nacional de Desenho]]. Foi honrado com a impress\u00e3o de sua ef\u00edgie em um selo dos Estados Unidos em 1940, na s\u00e9rie ''Americanos Famosos''. Seu est\u00fadio de ver\u00e3o em [[Chesterwood]] \u00e9 hoje um [[museu]].\n\n\nImage:Minute Man, Daniel Chester French, Concord MA.jpg|''Minute Man'', 1874, Concord.\nImage:2004-08-08 1580x2800 chicago republic.jpg|''Republic'', 1893-1918, Chicago.\nImage:Oreillymemorial.jpg|''John Boyle O'Reilly Memorial'', 1897, Boston.\nImage:Lincoln statue.jpg|''Abraham Lincoln'', 1920, Lincoln Memorial, Washington, D.C.\n\n\n\n==Refer\u00eancias==\n*{{Tradu\u00e7\u00e3o/ref|en|Daniel Chester French|347688816}}\n\n== Liga\u00e7\u00f5es externas==\n{{Commons category|Daniel Chester French}}\n*[http://www.yeodoug.com/resources/dc_french/daniel_chester_french.html Daniel Chester French: Sculpture In Situ]\n*[http://www.chesterwood.org/ Chesterwood Estate and Museum] \u2022 Summer home, studio, and garden of sculptor Daniel Chester French\n*[http://www.amacad.org/publications/BookofMembers/ChapterF.pdf Daniel Chester French]\n*[http://www.nps.gov/history/NR/twhp/wwwlps/lessons/100chesterwood/100chesterwood.htm ''Chesterwood: The Workshop of an American Sculptor,'' a National Park Service Teaching with Historic Places (TwHP) lesson plan]\n\n{{Controle de autoridade}}\n\n{{DEFAULTSORT:French, Daniel Chester}}\n[[Categoria:Escultores dos Estados Unidos]]"}]}}}}