Pigatti Contabilidade - Assessoria Contábil.
pigatti

Assessoria Contábil

 (11) 3340.6655     (11) 95636.4873     contato@pigatti.com.br      Cliente      Processos   
    
  
ASSESSORIA CONTÁBIL
A sua contabilidade está em dia? O nosso time controla e executa todas as obrigações contábeis da sua empresa.

Mantemos a sua escrituração atualizada, recebemos toda a sua documentação, realizamos os lançamentos e elaboramos o fechamento da sua contabilidade.
Além disso, interpretamos os seus custos fixos e variáveis e auxiliamos na manutenção da saúde financeiroa do seu negócio.

Solicite um orçamento!






Por favor, responda o questionário abaixo e receba o orçamento em 15 minutos.

0 - Área de Atuação da sua empresa:
   Comércio
   Serviços
   Atividade    

1 - A sua empresa está enquadrada no:
   Simples Nacional
   Lucro Presumido
   Lucro Real


2 - Quantos funcionários você tem na sua empresa?
   0
  

3 - Quantas notas fiscais sua empresa emite por mês?
   Até 05
   De 06 a 10
   De 11 a 50
   Acima de 50


4 - Qual é o faturamento mensal da sua empresa?
   Até R$30.000,00 por mês
   De R$30.000,00 a R$60.000,00 por mês
   Acima de R$60.000,00 por mês


Em breve entraremos em contato com você.
pigatti
Sua mensagem está sendo enviada para nós.
Aguarde um momento.
X


A sua mensagem foi enviada com sucesso.
Obrigado pelo contato e em 15 minutos um orçamento será enviado a você via e-mail.

voltar à home

{"continue":{"imcontinue":"3434305|Socio.svg","grncontinue":"0.511884892495|0.511884892495|0|0","continue":"grncontinue||revisions"},"warnings":{"main":{"*":"Subscribe to the mediawiki-api-announce mailing list at for notice of API deprecations and breaking changes. Use [[Special:ApiFeatureUsage]] to see usage of deprecated features by your application."},"revisions":{"*":"Because \"rvslots\" was not specified, a legacy format has been used for the output. This format is deprecated, and in the future the new format will always be used."}},"query":{"pages":{"378099":{"pageid":378099,"ns":0,"title":"Heloniopsis","revisions":[{"contentformat":"text/x-wiki","contentmodel":"wikitext","*":"{{Info/Taxonomia\n| imagem = \u30b7\u30e7\u30a6\u30b8\u30e7\u30a6\u30d0\u30ab\u30deP7020031.JPG\n |nome =Heloniopsis\n |reino = [[Plantae]]\n |divis\u00e3o = [[Magnoliophyta]]\n |classe = [[Liliopsida]]\n |ordem = [[Liliales]]\n |fam\u00edlia = [[Melanthiaceae]]\n |g\u00e9nero = '''''Heloniopsis'''''\n |subdivis\u00e3o_nome = Esp\u00e9cies\n |subdivis\u00e3o = \n
\n}}\n'''''Heloniopsis''''' \u00e9 um [[g\u00e9nero (biologia)|g\u00e9nero]] [[bot\u00e2nica|bot\u00e2nico]] pertencente \u00e0 [[fam\u00edlia (biologia)|fam\u00edlia]] [[Melanthiaceae]]{{Citar web |url=http://www.worldfloraonline.org/taxon/{{#property:P7715}} |titulo=Heloniopsis \u2014 World Flora Online |acessodata=2020-08-19 |website=www.worldfloraonline.org}}.\n\n{{esbo\u00e7o-planta}}\n{{Portal3|Bot\u00e2nica}}\n\n[[Categoria:Melanthiaceae]]\n[[Categoria:G\u00e9neros de plantas]]"}],"images":[{"ns":6,"title":"Ficheiro:Farm-Fresh green.png"},{"ns":6,"title":"Ficheiro:Gxermo2.svg"},{"ns":6,"title":"Ficheiro:Information icon.svg"},{"ns":6,"title":"Ficheiro:\u30b7\u30e7\u30a6\u30b8\u30e7\u30a6\u30d0\u30ab\u30deP7020031.JPG"}]},"4317963":{"pageid":4317963,"ns":0,"title":"Sana Maulit Muli","revisions":[{"contentformat":"text/x-wiki","contentmodel":"wikitext","*":"{{Info/Televis\u00e3o\n | t\u00edtulo = Sana Maulit Muli\n | t\u00edtulo-or = \n | t\u00edtulo-pt = \n | t\u00edtulo-br = \n | imagem = \n | tamanho = \n | legenda = \n | formato = Telenovela\n | g\u00eanero = Drama\n | dura\u00e7\u00e3o = \n | criador = \n | adapta\u00e7\u00e3o = \n | pa\u00eds = {{PHL}}\n | idioma = [[L\u00edngua filipina|Filipino]]\n | diretor = \n | produtor = \n | apresentador = \n | narrador = \n | elenco = [[#Elenco|ver]]\n | abertura = \n | encerramento = \n | emissora orig = {{PHLb}} [[ABS-CBN]]\n | form_exibi\u00e7\u00e3o = \n | transmiss\u00e3o = 8 de janeiro de 2007 \u2014 20 de abril de 2007\n | temporadas = \n | epis\u00f3dios = \n | precedida_por = \n | seguida_por = \n | relacionados = \n}}\n'''''Sana Maulit Muli''''' \u00e9 uma telenovela filipina produzida e exibida pela [[ABS-CBN]], cuja transmiss\u00e3o ocorreu em 2007.{{Citar peri\u00f3dico|ultimo=Lim|primeiro=Candice|data=27 de mar\u00e7o de 2007|titulo=ABS-CBN claims it is the No. 1 TV network nationwide|url=http://www.pep.ph/news/12677/abs-cbn-claims-it-is-the-no-1-tv-network-nationwide|jornal=PEP|volume=|via=}}\n\n==Elenco==\n\n*[[Kim Chiu]] \u2013 Jasmin \"Poknat\" Sta. Maria\n*[[Gerald Anderson]] \u2013 Travis \"Bokbok\" Johnson \n*[[Erich Gonzales]] \u2013 Camille Soriano\n*[[Jake Cuenca]] \u2013 Brandon Johnson\n*[[Gloria Diaz]] \u2013 Monica Johnson\n*[[Mark Bautista]] \u2013 Francis Marquez\n*[[Mickey Ferriols]] \u2013 Emily Sta. Maria\n*[[Tonton Gutierrez]] \u2013 George Soriano\n*[[Michael de Mesa]] \u2013 Mang Andres\n\n{{refer\u00eancias}}\n==Liga\u00e7\u00f5es externas==\n*{{imdb t\u00edtulo|0934765}}\n\n{{Telenovelas da ABS-CBN}}\n\n[[Categoria:Telenovelas da ABS-CBN]]\n[[Categoria:Telenovelas das Filipinas]]\n[[Categoria:Programas de televis\u00e3o das Filipinas que estrearam em 2007]]\n[[Categoria:Programas de televis\u00e3o das Filipinas encerrados em 2007]]\n[[Categoria:Telenovelas da d\u00e9cada de 2000]]\n[[Categoria:Telenovelas em filipino]]"}]},"6543413":{"pageid":6543413,"ns":0,"title":"Torneio Rei Dad\u00e1","revisions":[{"contentformat":"text/x-wiki","contentmodel":"wikitext","*":"{{Info/Campeonato de futebol\n|nome = Torneio Rei Dad\u00e1\n|nomec\u00f3digo = \n|logo = \n|legenda_logo =\n|in\u00edcio = [[Julho]] de [[1995]]\n|fim = \n|entidade = \n|n_edi\u00e7\u00f5es = 1\n|local_disputa = {{BR-MG-Uberl\u00e2ndia}}, {{BRA}}\n|n_equipes = 4\n|campe\u00e3o = [[S\u00e3o Paulo Futebol Clube|S\u00e3o Paulo]]\n|vicecampe\u00e3o = [[Associa\u00e7\u00e3o Ferrovi\u00e1ria de Esportes|Ferrovi\u00e1ria]]\n|rebaixa = \n|total_jogos =\n|total_golos =\n|outros_nomes = \n|nome_marketing =\n|divis\u00f5es =\n|current =\n}}\n\nO '''Torneio Rei Dad\u00e1''' foi uma competi\u00e7\u00e3o de futebol realizada em [[1995]] na cidade de [[Uberl\u00e2ndia]], realizado para comemorar a conclus\u00e3o nas reformas do [[Est\u00e1dio Parque do Sabi\u00e1]]. O nome do torneio foi uma homenagem ao jogador [[Dad\u00e1 Maravilha]].\n\n=== Primeiro gol de goleiro da hist\u00f3ria do S\u00e3o Paulo ===\n\nO regulamento da competi\u00e7\u00e3o previa uma curiosidade: em caso de penalidade m\u00e1xima assinalada pela arbitragem, o cobrador deveria ser necessariamente o goleiro da equipe beneficiada{{citar web |url=https://www1.folha.uol.com.br/fsp/esporte/fk2903201106.htm |titulo=Regulamento raro originou o 1\u00ba gol de goleiro do S\u00e3o Paulo | data= 29-03-2011 | acesso= 05-04-2021 | autor=Folha de S. Paulo}} . Fato ocorrido na partida entre Uberl\u00e2ndia e S\u00e3o Paulo, quando o goleiro '''Moscatto''' assinalou o gol da vit\u00f3ria tricolor. O acontecimento ocorreu cerca de 1 ano e meio antes de [[Rog\u00e9rio Ceni]] marcar seu primeiro gol.{{citar web |url=https://globoesporte.globo.com/futebol/times/sao-paulo/noticia/e-nao-foi-de-rogerio-ceni-ha-25-anos-saia-o-primeiro-gol-de-goleiro-da-historia-do-sao-paulo.ghtml |titulo=E n\u00e3o foi de Rog\u00e9rio Ceni: h\u00e1 25 anos sa\u00eda o primeiro gol de goleiro da hist\u00f3ria do S\u00e3o Paulo | data= 10-04-2020 | acesso= 05-04-2021 | autor=Globoesporte.com}} \n\n== Participantes ==\n\n*[[Clube Atl\u00e9tico Mineiro]] (''[[Belo Horizonte]]'')\n*[[Uberl\u00e2ndia Esporte Clube]] (''[[Uberl\u00e2ndia]]'')\n*[[Associa\u00e7\u00e3o Ferrovi\u00e1ria de Esportes]] (''[[Araraquara]]'')\n*[[S\u00e3o Paulo Futebol Clube]] (''[[S\u00e3o Paulo (cidade)|S\u00e3o Paulo]]'')\n\n== Jogos == \n\n''Fonte: RSSSF Brasil''\n\n{{Round4\n|RD1 =Semifinais
15 de julho\n|RD2 =Final
16 de julho\n|placar-width=35\n\n|\n|{{BR-MGb}} [[Uberl\u00e2ndia Esporte Clube|Uberl\u00e2ndia]] |1\n|{{BR-SPb}} '''[[S\u00e3o Paulo Futebol Clube|S\u00e3o Paulo]]''' |'''2'''\n|\n|{{BR-MGb}} [[Clube Atl\u00e9tico Mineiro|Atl\u00e9tico Mineiro]] |1 (1)\n|{{BR-SPb}} '''[[Associa\u00e7\u00e3o Ferrovi\u00e1ria de Esportes|Ferrovi\u00e1ria]]''' |'''1 (3)'''\n\n|\n|{{BR-SPb}} '''[[S\u00e3o Paulo Futebol Clube|S\u00e3o Paulo]]''' |'''0 (5)'''\n|{{BR-SPb}} [[Associa\u00e7\u00e3o Ferrovi\u00e1ria de Esportes|Ferrovi\u00e1ria]] |0 (4)\n}}\n\n\n=== Premia\u00e7\u00e3o ===\n{| class=\"wikitable\" style=\"margin: 0 auto; width: 220px;\"\n|-\n!Torneio Dad\u00e1 Maravilha\n|-\n![[Ficheiro:Bandeira_do_estado_de_S\u00e3o_Paulo.svg|border|100px|Espanha.]]\n|-\n|align=\"center\"|[[S\u00e3o Paulo Futebol Clube|'''S\u00c3O PAULO''']]
'''Campe\u00e3o'''\n|}\n\n== Ver tamb\u00e9m ==\n\n* [[T\u00edtulos do S\u00e3o Paulo Futebol Clube]]\n* [[Lista de gols de Rog\u00e9rio Ceni]]\n\n== Liga\u00e7\u00f5es externas ==\n\n*[https://rsssfbrasil.com/tablessz/treidada1995.htm - Torneio Rei Dad\u00e1 - RSSSF Brasil]\n*[https://www.spfcpedia.com.br/enciclopedia/2020/Enciclopedia2020.pdf - SPFCp\u00e9dia - Enciclop\u00e9dia 2020]\n\n{{refer\u00eancias}}\n\n{{Futebol do Brasil}}\n{{Portal3|Futebol|Minas Gerais}}\n\n[[Categoria:Competi\u00e7\u00f5es de futebol de Minas Gerais]]\n[[Categoria:Futebol de 1995 no Brasil]]"}]},"3492985":{"pageid":3492985,"ns":0,"title":"Catherine (jogo eletr\u00f4nico)","revisions":[{"contentformat":"text/x-wiki","contentmodel":"wikitext","*":"{{Mais notas|data=junho de 2020}}\n{{Info/Jogo|t\u00edtulo=Catherine|imagem=|imagem_legenda=Capa do jogo Catherine para PlayStation 3|desenvolvedora=[[Atlus|Atlus Persona Team]]|publicadora=[[Atlus]]
[[Deep Silver]] (Europa)|distribuidora=|diretor=|produtor=|designer=Shigenori Soejima
(Design de Personagem)|escritor=|compositor=[[Shoji Meguro]]{{citar web|url=http://cathy.atlus.co.jp/product/|t\u00edtulo=CATHERINE |autor=Atlus |data=23 de Agosto de 2010 |publicado=Atlus |acessodata=23 de Agosto de 2010}}|artista=|licen\u00e7a=|motor=Gamebyro|plataforma=[[PlayStation 3]] [[Xbox 360]] [[Microsoft Windows]]|lan\u00e7amento={{vgrelease|JP=17 de Fevereiro, 2011{{citar web|url=http://cathy.atlus.co.jp/blog/2010/10/post-10.html |t\u00edtulo=Date Decision! |data=22 de Outubro de 2010 |obra= |publicado=Atlus, Co. |acessodata=16 de Fevereiro de 2011}}|NA=26 de Julho, 2011{{citar web| url = http://www.computerandvideogames.com/291272/news/catherine-hitting-us-in-july-says-gamestop/ |primeiro = Mike |\u00faltimo = Jackson |t\u00edtulo= News: Catherine hitting US in July, says GameStop |data= 2011-02-28 |acessodata= 2011-03-01 |publicado= ComputerAndVideoGames.com }}{{citar web| url = http://catherinethegame.com/purchase.html |t\u00edtulo= Pre-order Catherine, the HD adult horror title from the makers of Persona, for PS3 and Xbox 360! Available Summer 2011. |acessodata= 2011-05-03 |publicado= [[Atlus|Atlus.com]]}}|EU=February 10, 2012}}|convers\u00f5es=|g\u00eanero=|s\u00e9rie=|antecessor=|sucessor=|modos=[[Um jogador]] [[Multijogador]]|m\u00eddia=[[Blu-ray]]
[[DVD-ROM]]|classifica\u00e7\u00e3o={{Vgratings |ESRB=M |CERO=C |BBFC=15 |OFLCA=MA |OFLCN=M |USK=16 |PEGI=18 |DJCTQ=16}}|njogadores=|requisitos=|controlos=|idioma=[[Jp]] [[En]]|tradu\u00e7\u00f5es=|sistema=|gabinete=|cpu=|som=|v\u00eddeo=|resolu\u00e7\u00e3o=|vers\u00e3o=}}\n\n{{japon\u00eas|'''''Catherine'''''|\u30ad\u30e3\u30b5\u30ea\u30f3|Kyasarin}} \u00e9 um [[jogo eletr\u00f4nico]] de [[plataforma]] no estilo [[quebra-cabe\u00e7a]],{{citar web|t\u00edtulo=New Catherine trailer shows gameplay for the first time|autor =Ryan Winterhalter|publicado=[[GamesRadar]]|data=5 de janeiro de 2010|url=http://www.gamesradar.com/xbox360/catherine/news/new-catherine-trailer-shows-gameplay-for-the-first-time/a-2011010515164065036/g-2010081911452055090|acessodata=2011-03-07}} [[terror]],{{citar web|t\u00edtulo=Atlus Confirms Western Catherine Release|autor =Nathan Brown|obra=[[Edge (magazine)|Edge]]|data=1 de mar\u00e7o de 2011|url=http://www.next-gen.biz/news/atlus-confirms-western-catherine-release|acessodata=2011-04-01}} [[aventura]]{{citar web|t\u00edtulo=Japanese Video Game Chart: Catherine Sexes Her Way to the Top|publicado=SPOnG|data=25 de fevereiro de 2011|url=http://spong.com/article/23909/Japanese-Video-Game-Chart-Catherine-Sexes-Her-Way-to-the-Top|acessodata=2011-03-18}} desenvolvido pela [[Atlus]] e publicado por ela para as plataformas [[PlayStation 3]], [[Xbox 360]] e [[Microsoft Windows]]. \u00c9 o primeiro jogo da Atlus desenvolvido para consoles de alta defini\u00e7\u00e3o.{{citar web|url=http://www.andriasang.com/e/blog/2010/08/19/catherine_preview/ |t\u00edtulo=Atlus Goes HD With Catherine |autor =Anoop Gantayat |data=19 de agosto de 2010 |obra= |publicado=Andriasang |acessodata=20 de agosto de 2010 |arquivourl=https://web.archive.org/web/20100824111056/http://www.andriasang.com:80/e/blog/2010/08/19/catherine_preview/ |arquivodata=24 de agosto de 2010 }} As cinem\u00e1ticas do jogo foram produzidas por [[Studio 4\u00b0C|Est\u00fadio 4\u00b0C]].{{citar web|url=http://www.famitsu.com/news/201008/19032248.html |t\u00edtulo=\u300e\u30ad\u30e3\u30b5\u30ea\u30f3\u300f\u30a2\u30c0\u30eb\u30c8\uff06\u30db\u30e9\u30fc\u306a\u5b8c\u5168\u65b0\u4f5c |l\u00edngua=Japanese |data=20 de agosto de 2010 |obra= |publicado=Famitsu |acessodata=20 de agosto de 2010}} O jogo foi lan\u00e7ado no Jap\u00e3o no dia 17 de Fevereiro de 2011, e na Am\u00e9rica do Norte no dia 26 de Julho de 2011. [[Deep Silver]] fez o lan\u00e7amento do jogo na Europa em 10 de Fevereiro de 2012.{{Citar web |url=http://www.eurogamer.net/articles/2011-11-24-catherine-european-release-date-narrowed |titulo=Catherine European release date narrowed |data=2011-11-24 |acessodata=2017-10-25 |obra=Eurogamer |ultimo=Phillips |primeiro=Tom |lingua=en-UK}}\n\n== Jogabilidade ==\nEm ''Catherine'' o jogador controla um homem de 32 anos chamado Vincent, o qual anda tendo estranhos pesadelos desde que sua namorada, Katherine, come\u00e7ou a especular sobre casamento e compromisso.\n\nEsse assunto se torna mais delicado quando ele conhece uma linda e sedutora garota chamada Catherine, e ent\u00e3o seus pesadelos se tornam mais e mais intensos e assustadores.{{citar web|url=http://vgamernews.com/articles/3327/catherine-review-learn-your-love-here/|t\u00edtulo=Catherine Review: Learn your Love Here!|\u00faltimo =Garner|primeiro =A. |data=7 de agosto de 2011}} O modo de jogo principal, \"Golden Playhouse\", segue a hist\u00f3ria durante os cen\u00e1rios entre o Dia e a Noite. Durante o dia, Vincent pode conversar com seus amigos, bem como tentar lidar com seu relacionamento com Katherine ou Catherine. A maioria deste tempo se passa no bar \"The Stray Sheep\" onde Vincent pode salvar o jogo e mandar mensagens para as pessoas pelo seu telefone celular, conversar com os frequentadores do bar, pedir e tomar bebidas, jogar um minigame na m\u00e1quina de jogos chamado ''Rapunzel'' ou ouvir uma jukebox contendo m\u00fasicas do jogo e de outras franquias de jogos da Atlus como, por exemplo, das s\u00e9ries ''[[Shin Megami Tensei: Persona|Persona]]''.{{citar web|url=http://www.gamesradar.com/xbox360/catherine/news/new-mini-games-revealed-for-catherine/a-2011020217623268063/g-2010081911452055090|t\u00edtulo=New mini-games revealed for Catherine|primeiro =Ryan|\u00faltimo =Winterhalter|obra=[[GamesRadar]]|data=2 de fevereiro de 2011|acessodata=15 de fevereiro de 2011}}\n\nA verdadeira jogabilidade vem \u00e0 noite, durante os pesadelos. Em um mundo ca\u00f3tico no seu pesadelo que \u00e9 habitado apenas por homens, que s\u00e3o representados como [[ovelha]]s, Vincent deve subir por gigantes escadarias de blocos que v\u00e3o lentamente caindo \u00e0 baixo dele e onde ele deve chegar ao topo s\u00e3 e salvo. Para conseguir isso, Vincent deve empurrar, puxar e subir nos blocos o mais r\u00e1pido poss\u00edvel enquanto aparecem v\u00e1rias armadilhas no caminho como l\u00e2minas e gelo. Subindo os degraus em sucess\u00e3o mais rapidamente aumenta sua pontua\u00e7\u00e3o, e no final do est\u00e1gio \"level\", os jogadores recebem um pr\u00eamio de acordo com ela. Cada level \u00e9 dividido em v\u00e1rias \u00e1reas, culminando para que, no final deste dia de pesadelo, na \u00faltima \u00e1rea, apare\u00e7a um chefe assustador no qual tenta matar Vincent. H\u00e1 itens que podem ser encontrados durante os leveis incluindo almofadas que d\u00e3o vida extra, blocos extras que podem ser postos em qualquer lugar e um raio que pode matar outras ovelhas que tentem subir e impe\u00e7am o caminho de Vincent para chegar ao topo. H\u00e1 tamb\u00e9m algumas atribui\u00e7\u00f5es que Vincent s\u00f3 consegue dependendo da bebida que tomar durante o dia no bar.{{citar web|url=http://www.andriasang.com/e/blog/2010/11/30/catherine_drinks/ |t\u00edtulo=All About Catherine's Drinks |publicado=Andriasang.com |data= |acessodata=2011-07-22}} Vincent vai morrer se ele cair dos blocos, for pego por uma armadilha ou for morto por um chefe. Cada vez que isso acontece, o jogador recebe a op\u00e7\u00e3o de desistir do jogo ou voltar ao \u00faltimo ponto de partida. O jogo pode chegar definitivamente ao fim se voc\u00ea n\u00e3o tiver mais travesseiros para voltar ao \u00faltimo ponto de partida. Durante a passagem de um level para outro no pesadelo, h\u00e1 uma esp\u00e9cie de igreja, onde Vincent pode interagir com as outras ovelhas, salvar seu jogo, aprender novas t\u00e9cnicas ou gastar seus pontos comprando itens especiais com um mercador. Quando se joga no modo f\u00e1cil e normal, os jogadores podem apertar o bot\u00e3o \"Select/Back\" no controle para voltar uma jogada e um movimento de bloco.{{citar web|autor =Mike Fahey |url=http://kotaku.com/5725398/catherine-gameplay-is-quite-puzzling |t\u00edtulo=Catherine Gameplay Is Quite Puzzling |publicado=Kotaku.com |data=2011-01-05 |acessodata=2011-07-22}}{{citar web|url=http://www.gamesradar.com/f/catherine-video-full-access-preview/a-2011012714652287090|t\u00edtulo=Catherine video - Full Access Preview|primeiro =Chris|\u00faltimo =Antista|obra=[[GamesRadar]]|data=26 de janeiro de 2011|acessodata=15 de fevereiro de 2011}}\n\nDurante o jogo, as escolhas que o jogador faz em certos momentos v\u00e3o afetar o rumo que a hist\u00f3ria pode tomar em seu final. E isso pode ocorrer de diversas maneiras, como, por exemplo, as respostas que voc\u00ea d\u00e1 no celular de Vincent para cada uma das garotas, ou respondendo algumas quest\u00f5es durante os pesadelos. O jogo cont\u00e9m 8 finais diferentes baseados em como Vincent se comporta no seu dia-a-dia.{{citar web|url=http://scrawlfx.com/2010/08/catherine-is-twenty-hours-long-has-multiple-endings |t\u00edtulo=Catherine is twenty-hours long, has multiple endings |primeiro =Sal |\u00faltimo =Romano |data=27 de agosto de 2010 |obra= |publicado=Scrawl |acessodata=29 de agosto de 2010}} O jogo ainda oferece um sistema de medidor moral, que, de acordo com as a\u00e7\u00f5es do jogador, a personalidade de Vincent vai se modificando, para o bem ou mau. Ao inv\u00e9s de escolher a rea\u00e7\u00e3o de Vincent em pontos importantes da hist\u00f3ria, o medidor de moralidade age sozinho nestes pontos, de acordo com as respostas das quest\u00f5es (que a princ\u00edpio parecem ser insignificantes) que o jogador toma ao decorrer do jogo. Tudo isso implica como Vincent reagir\u00e1 a situa\u00e7\u00f5es inesperadas.\n\nNo modo de jogo \"Babel\" este apresenta quatro grandes fases que podem ser disputadas em at\u00e9 dois jogadores, enquanto no modo \"Vs Colosseum\" dois jogadores podem jogar em simult\u00e2neo em apenas uma etapa, onde ganha quem chegar ao topo primeiro.{{citar web|url=http://www.computerandvideogames.com/285619/news/multiplayer-detailed-for-atlus-catherine/|t\u00edtulo=Multiplayer detailed for Atlus' 'Catherine'|primeiro =Mike|\u00faltimo =Jackson|obra=[[ComputerAndVideoGames.com]]|data=27 de janeiro de 2011|acessodata=15 de fevereiro de 2011}}\n\n== Sinopse ==\n=== Enredo ===\nO jogo come\u00e7a com uma introdu\u00e7\u00e3o de Trisha, mais conhecida como \"The Midnight Venus\", que comanda um programa de televis\u00e3o chamado \"Golden Playhouse\" (Em alguns eventos do \"programa\" nota-se uma marca d'\u00e1gua no canto superior escrito \"Golden Playhouse\"). Esta noite, ela ir\u00e1 contar a hist\u00f3ria de um homem chamado Vincent Brooks. Ent\u00e3o, o jogador \u00e9 levado para dentro da hist\u00f3ria, onde tudo tem in\u00edcio.\n\nNo bairro em que Vincent mora, recentemente tem havido v\u00e1rios casos de bizarros incidentes, onde as pessoas s\u00e3o encontradas mortas em suas camas, enquanto dormiam, e t\u00eam um semblante de horror em sua face. Mais estranho ainda, \u00e9 que todas as v\u00edtimas s\u00e3o homens jovens. A hist\u00f3ria dessas mortes rapidamente se espalha por toda a m\u00eddia e popula\u00e7\u00e3o, atraindo a aten\u00e7\u00e3o generalizada e fundando teorias sobre a causa mortis. Um estranho rumor come\u00e7a a se espalhar pela regi\u00e3o, que diz o seguinte: se a pessoa sonha que est\u00e1 num lugar onde tudo est\u00e1 caindo, ent\u00e3o esta pessoa tem que subir e subir, at\u00e9 chegar ao topo e acordar, antes que caia no ch\u00e3o. Se n\u00e3o, a pessoa ir\u00e1 morrer dentro do sonho, e na vida real.\n\nDepois desses estranhos acontecimentos, voc\u00ea v\u00ea Vincent em um restaurante junto de sua namorada, Katherine McBride, a qual ele namora j\u00e1 h\u00e1 cinco anos. Katherine come\u00e7a a pression\u00e1-lo, aos poucos, para que se casem e tenham um compromisso mais s\u00e9rio, pois j\u00e1 est\u00e3o a bastante tempo juntos. Vincent \u00e9 despreocupado e gosta de viver do jeito que est\u00e1, na monotoneidade e com sua rotina confort\u00e1vel. J\u00e1 Katherine \u00e9 uma mulher culta, focada em seus objetivos, s\u00e9ria e bastante controladora. E toda essa hist\u00f3ria sobre casamento come\u00e7a a atorment\u00e1-lo.\n\nDurante as noites no \"The Stray Sheep\", o bar que Vincent frequenta com seus amigos Jonny, Orlando e Toby, ele come\u00e7a a se questionar se toda essa situa\u00e7\u00e3o que Katherine lhe imp\u00f5e \u00e9 certa, e seus amigos ficam o influenciando de v\u00e1rias maneiras. Dizendo coisas ruins sobre a situa\u00e7\u00e3o imposta, mas, principalmente, que ele n\u00e3o deveria se \"amarrar\" t\u00e3o cedo. Deveria apenas curtir a vida, j\u00e1 que \u00e9 o mesmo que fazem.\n\nCom tantas d\u00favidas na cabe\u00e7a, e j\u00e1 tendo tomado altas doses de bebidas naquela noite, ele v\u00ea - j\u00e1 sozinho no local - uma linda e misteriosa garota entrando no bar. Loira, com o corpo esbelto e com os seios fartos, ela senta na mesa de Vincent, mesmo todas as outras estando vazias. Vincent nota que ela \u00e9 exatamente o prot\u00f3tipo de garota de que ele gosta: corpo delineado e beleza exuberante; diante disso, fica extasiado com ela. Os dois conversam noite adentro, ela percebe que Vincent est\u00e1 b\u00eabado, o influencia, e eles terminam a noite dormindo juntos. Esta garota chama-se Catherine.\n\nDepois de conhecer Catherine, Vincent come\u00e7a a ter pesadelos todas as noites, os quais ele acredita estarem relacionados ao rumor local. Nesses pesadelos, ele e v\u00e1rios outros homens (que aparecem um para o outro como ovelhas) devem escapar de v\u00e1rios monstros aterrorizantes que querem lhes matar, por que, se eles morrerem em seus sonhos, ir\u00e3o morrer tamb\u00e9m na realidade. Assim como sonho e realidade come\u00e7am a caminhar lado a lado, Vincent n\u00e3o deve apenas lutar para sobreviver, mas deve tamb\u00e9m escolher entre Katherine ou Catherine. O certo ou o errado. Katherine com o tempo vai aumentando a press\u00e3o sobre Vincent, revelando que seu ciclo [[Menstrua\u00e7\u00e3o|est\u00e1 atrasado]] e que ela acredita estar gr\u00e1vida, enquanto Catherine aparece nua na cama de Vincent todas as manh\u00e3s, sem ele nem se lembrar se a havia convidado anteriormente. A complica\u00e7\u00e3o vai aumentando quando Vincent come\u00e7a a receber estranhos telefonemas, onde um homem chamado Steve diz-se namorado de Catherine e descobre o caso dos dois, o que faz com que ele persiga Vincent. Por\u00e9m, nenhuma das duas \"namoradas\" de Vincent conhecem algu\u00e9m chamado Steve, e a descri\u00e7\u00e3o que Steve d\u00e1 de sua namorada \u00e9 completamente diferente das duas garotas com quem Vincent est\u00e1 envolvido.\n\nJ\u00e1 pr\u00f3ximo ao final do jogo, onde passa-se uma semana de pesadelos sem sentido algum, Vincent finalmente decide terminar seu caso com Catherine. Na manh\u00e3 seguinte, ele acorda sem ter tido nenhum pesadelo na noite anterior e sem Catherine ao seu lado. Quando Katherine aparece para uma visita em seu apartamento, Catherine aparece de repente no quarto, chocando ambos Vincent e Katherine. Depois de v\u00e1rios insultos e provoca\u00e7\u00f5es entre as duas mulheres, Catherine tenta acertar Katherine com uma faca de cozinha, mas todo este epis\u00f3dio termina com Catherine acertando a si mesma. Vincent abra\u00e7a Katherine com for\u00e7a para lhe afagar o horror e tenta lev\u00e1-la para fora, tentando-lhe proteger daquela cena, mas os dois se v\u00eaem presos em mais um quebra-cabe\u00e7a onde a pr\u00f3pria Catherine, agora na forma de um aterrorizante monstro gigante, tenta mat\u00e1-los, e Vincent deve levar Katherine com ele at\u00e9 o topo, reafirmando que seu cora\u00e7\u00e3o pertence somente a ela. Por\u00e9m, quando ele acorda desse pesadelo assustado, ele chama por Catherine, para tentar manter sua amada Katherine longe do perigo novamente. Katherine n\u00e3o se lembra de nada que aconteceu e confronta Vincent, afirmando que agora ela sabe que ele realmente estava sendo infiel a ela. Ela admite que a gravidez era falsa, por ela querer saber como Vincent iria reagir a not\u00edcia. Mas agora as desculpas e rea\u00e7\u00f5es de Vincent n\u00e3o iriam trazer de volta sua confian\u00e7a nele. Calma, mas firme, ela termina o relacionamento com Vincent. Depois de algum tempo, triste e arrependido, Vincent, enquanto contava seus problemas para Orlando, descobre que tudo que ele tinha de Catherine, desde as chamadas no telefone, at\u00e9 as mensagens (e as fotos sensualmente picantes), inexplicavelmente haviam desaparecido de seu celular. Inconformado, ele sai estarrecido perguntando a todos sobre a misteriosa e atraente garota. Isso tudo leva aos amigos a admitirem que nenhum deles nunca viu a tal \"Catherine\", e isso faz com que todos, at\u00e9 o pr\u00f3prio Vincent, duvidem de sua sanidade.\n\nVincent, desesperado em procurar evid\u00eancias de que Catherine realmente existiu, lembrou-se da \u00fanica pessoa al\u00e9m dele que havia conversado com ela: o dono e gar\u00e7om do \"The Stray Sheep\", Thomas Mutton (o Chefe). Depois de muitas insist\u00eancias e amea\u00e7as de Vincent, Mutton revela que foi ele o respons\u00e1vel por todas essas noites de pesadelos. \"Catherine\" \u00e9 uma [[succubus]] que trabalha com ele. Ela toma a forma de toda e qualquer fantasia feminina dos homens (torna-se a mulher ideal para qualquer homem) influenciando-os a trair suas namoradas. Se o homem \u00e9 seduzido por ela, e, em sua mente e em seu cora\u00e7\u00e3o, trair sua parceira, Mutton usa a m\u00e1quina de jogos \"Rapunzel\" para plantar uma semente em suas mem\u00f3rias e lev\u00e1-los ao mundo dos pesadelos, onde eles devem subir por uma torre constru\u00edda por [[Inana|Istar]]. A raz\u00e3o para fazer isso \u00e9 para punir esses homens infi\u00e9is, e tamb\u00e9m tir\u00e1-los de perto das mulheres que eles n\u00e3o tem nenhuma inten\u00e7\u00e3o de ficarem juntos e se reproduzir, deixando essas f\u00eameas livres para o \"deus das esp\u00e9cies\" (um tipo de [[incubus]]). Vincent faz um trato com Mutton, onde ele diz voltar voluntariamente para o pesadelo e escalar as estapas finais da torre, mas, em retorno, Mutton vai realizar um desejo de Vincent e libertar todos os outros homens que est\u00e3o presos nas noites de pesadelo. Depois dessa etapa, dependendo das escolhas do personagem durante o jogo, Vincent pode ter finais variados para si. Quem sabe at\u00e9 ganhar um \u00faltimo encontro com Catherine?\n\n=== Finais ===\nDependendo da maneira que certas quest\u00f5es no confession\u00e1rio e nas mensagens do celular s\u00e3o respondidas, ''Catherine'' tem um total de oito poss\u00edveis finais diferentes, baseados nas tr\u00eas narrativas centrais. A ordem dos finais (entre Catherine ou Katherine) \u00e9: Bom, mau, verdadeiro e um final extra que se chama Liberdade ([[En]]: Freedom) que tem apenas duas vers\u00f5es.\n\n\"Maus\" finais s\u00e3o obtidos se o jogador n\u00e3o tiver uma certeza concreta para qual lado quer atingir no medidor (bom e mau). \"Bons\" finais s\u00e3o obtidos se as escolhas que o jogador faz tenham uma certeza concreta, n\u00e3o importa se o jogador escolheu ir para o lado bom ou ruim; a escolha de cada um ir\u00e1 decorrer baseado nas escolhas que foram feitas. \"Verdadeiros\" finais s\u00e3o anexados como um ep\u00edlogo, conseguindo-os se voc\u00ea ficar na metade exata do medidor de bondade, sem um lado bom ou ruim. Depois que \u00e9 definido seu final escolhido, Trisha formalmente fecha o programa e agradece os telespectadores por terem assistido. O qual termina aparecendo uma cena magn\u00edfica em forma de Anime, onde monstra-se o futuro e o que acontece com Vincent.\n\n* ''Katherine, Bom:'' Vincent chama Katherine para que ela encontre-se com ele sozinha. Com a ajuda de Orlando, manda um falso convite de uma amig\u00e1vel reuni\u00e3o, e com a ajuda do Chefe Mutton, providencia o transporte. Estando no bar os dois, ele explica seu lado da hist\u00f3ria: que Catherine n\u00e3o era real, ent\u00e3o, tecnicamente, ele n\u00e3o estava sendo infiel e nem a enganando. Exitante em aceitar sua explica\u00e7\u00e3o um tanto rid\u00edcula, aparecem no local Orlando, Jonny e Toby dizendo que tudo \u00e9 verdade. Chefe chega junto de todos e trata de explicar tudo o que realmente aconteceu e apoiando Vincent, mostrando alguns elementos sobrenaturais como prova. Katherine concorda, ent\u00e3o, a dar outra chance a Vincent. Alguns meses depois, Katherine e Vincent aparecem nus em cima da cama de Vincent. Katherine est\u00e1 sentada em cima dele e olhando uma revista de vestidos de noiva. Ela comenta com Vincent sobre fazerem juntos a lista dos convidados do casamento, na qual Vincent j\u00e1 deveria ter feito. Depois de ignorar os apelos de Vincent para que saia de cima dele por estar esmagando ele, Katherine decide sair para comprar algo para ele comer. Vincent fica feliz, e, depois disso, uma formiga aparece subindo pela janela.\n* ''Katherine, Verdadeiro:'' Vincent chama Katherine para que ela encontre-se com ele sozinha. Com a ajuda de Orlando, manda um falso convite de uma amig\u00e1vel reuni\u00e3o, e com a ajuda do Chefe Mutton, providencia o transporte. Estando no bar os dois, ele explica seu lado da hist\u00f3ria: que Catherine n\u00e3o era real, ent\u00e3o, tecnicamente, ele n\u00e3o estava sendo infiel e nem a enganando. Exitante em aceitar sua explica\u00e7\u00e3o um tanto rid\u00edcula, aparecem no local Orlando, Jonny e Toby dizendo que tudo \u00e9 verdade. Chefe chega junto de todos e trata de explicar tudo o que realmente aconteceu e apoiando Vincent, mostrando alguns elementos sobrenaturais como prova. Katherine concorda, ent\u00e3o, a dar outra chance a Vincent. Alguns meses depois, Katherine e Vincent se casam e tem sua festa de casamento no \"The Stray Sheep\", com o Chefe sendo um MC (algo um tanto infeliz). Toby filma tudo com sua c\u00e2mera e, inclusive, a felicidade do novo casal. Jonny decide que ele vai procurar por sua verdadeira alma g\u00eamea, Orlando resolve dar uma outra chance \u00e0 sua ex-mulher (agora atual) e come\u00e7ar a trabalhar com o que ele realmente gosta: \"Kappa\", e Toby mostra-se chocado e martiriza-se pelos cantos ao descobrir que Erica, na verdade, \u00e9 transexual.\n* ''Katherine, Mau:'' Vincent chama Katherine para que ela encontre-se com ele sozinha. Com a ajuda de Orlando, manda um falso convite de uma amig\u00e1vel reuni\u00e3o, e com a ajuda do Chefe Mutton, providencia o transporte. Estando no bar os dois, ele explica seu lado da hist\u00f3ria: que Catherine n\u00e3o era real, ent\u00e3o, tecnicamente, ele n\u00e3o estava sendo infiel e nem a enganando. Por\u00e9m, Katherine n\u00e3o acredita nele, e Vincent n\u00e3o pode oferecer nenhuma prova de sua palavra. Apesar de Vincent tentar e implorar, Katherine diz a ele que n\u00e3o h\u00e1 chances deles ficarem juntos novamente, ent\u00e3o ela vai embora. Vincent \u00e9 consolado por seus amigos, que dizem a ele que agora ele pode dormir com quem quiser, imaginando que isso talvez pudesse levantar a auto-estima de Vincent. Exausto, Vincent cai desacordado na mesa. Chefe lamenta pelos amigos de Vincent estarem certos.\n* ''Catherine, Bom:'' Vincent encontra-se com Catherine no \"The Stray Sheep\", assim como prometido pelo Chefe. Ela se v\u00ea surpresa, j\u00e1 que Vincent quem a havia dado um fora, e agora queria ver ela novamente. Durante o encontro, Vincent confessa seu amor por Catherine, explicando que agora ele \u00e9 \"livre\" das \"regras\" da sociedade, e prop\u00f5e casamento a ela. Catherine fica um pouco confusa com a proposta, mas admite que tem os mesmos sentimentos por ele. Essa situa\u00e7\u00e3o faz com que apare\u00e7a no local o pai de Catherine, Nergal, o lorde de todo o submundo. Ele n\u00e3o aceita a proposta, dizendo que n\u00e3o \u00e9 certo ficar com um humano, mas Catherine se revolta, chuta-o na virilha, e diz que ela pode escolher o que quer da pr\u00f3pria vida. Algumas semanas depois, Catherine e Vincent acordam sem roupas na cama de Vincent, depois de uma noite selvagem. Vincent olha do outro lado de sua parceira e percebe Chefe dormindo em sua cama, usando pijamas com estampa de ovelhas. Vincent se assusta com o vulto ali, e Catherine explica que ele \u00e9 seu guardi\u00e3o e eles n\u00e3o guardam nada entre si. Chefe diz que tamb\u00e9m n\u00e3o queria estar vendo toda aquelas cenas, mas continua calmo e centrado. Catherine abra\u00e7a Vincent, dizendo: \"\u00c9 melhor quando tem algu\u00e9m olhando...\", e ela se coloca sobre ele. A c\u00e2mera dirige-se para a janela do quarto de Vincent, mostrando l\u00e1 fora o submundo e a Torre de Astaroth, implicando a possibilidade de agora Vincent e Catherine estarem vivendo no submundo.\n* ''Catherine, Verdadeiro:'' Vincent encontra-se com Catherine no \"The Stray Sheep\", assim como prometido pelo Chefe. Ela se v\u00ea surpresa, j\u00e1 que Vincent quem a havia dado um fora, e agora queria ver ela novamente. Durante o encontro, Vincent confessa seu amor por Catherine, explicando que agora ele \u00e9 \"livre\" das \"regras\" da sociedade, e prop\u00f5e casamento a ela. Catherine fica um pouco confusa com a proposta, mas admite que tem os mesmos sentimentos por ele. Essa situa\u00e7\u00e3o faz com que apare\u00e7a no local o pai de Catherine, Nergal, o lorde de todo o submundo. Ele n\u00e3o aceita a proposta, dizendo que n\u00e3o \u00e9 certo ficar com um humano, mas Catherine se revolta, chuta-o na virilha, e diz que ela pode escolher o que quer da pr\u00f3pria vida. Algumas semanas depois, Catherine e Vincent acordam sem roupas na cama de Vincent, depois de uma noite selvagem. Vincent olha do outro lado de sua parceira e percebe Chefe dormindo em sua cama, usando pijamas com estampa de ovelhas. Vincent se assusta com o vulto ali, e Catherine explica que ele \u00e9 seu guardi\u00e3o e eles n\u00e3o guardam nada entre si. Chefe diz que tamb\u00e9m n\u00e3o queria estar vendo toda aquelas cenas, mas continua calmo e centrado. Catherine abra\u00e7a Vincent, dizendo: \"\u00c9 melhor quando tem algu\u00e9m olhando...\", e ela se coloca sobre ele. A c\u00e2mera dirige-se para a janela do quarto de Vincent, mostrando l\u00e1 fora o submundo e a Torre de Astaroth, implicando a possibilidade de agora Vincent e Catherine estarem vivendo no submundo. V\u00e1rios meses depois da conclus\u00e3o do jogo, Vincent est\u00e1 vivendo no submundo com Catherine. Tendo sido exposto no submundo por tanto tempo, ele se tornou um tipo de dem\u00f4nio. Vincent \u00e9, de acordo com o seu (agora) har\u00e9m de [[succubus]], uma excelente esp\u00e9cime de macho que consegue saciar todas as suas vontades. Por\u00e9m, Catherine, como sendo sua principal, ainda \u00e9 sua mulher mais importante. Nergal, o ex-governante do submundo e pai de Catherine, foi destronado e seu posto foi passado a Vincent, que se tornou um poderoso rei no submundo. A primeiro momento \u00e9 poss\u00edvel perceber que Vincent n\u00e3o notou, num primeiro momento, que estava sentado em cima de Nergal, falando um pouco surpreso \"Oh. Oi, pai\". \u00c9 poss\u00edvel que antes daquela cena, Vincent estivesse dormindo com Catherine e suas succubus. E, ao fundo, \u00e9 poss\u00edvel notar uma caveira de ovelha que mant\u00e9m uma gravata, sendo usada como vela. A caveira \u00e9 possivelmente a de Steve.\n* ''Catherine, Mau:'' Vincent for\u00e7a o Chefe a conjurar Catherine no \"The Stray Sheep\", depois de pensar em todas as escolhas que fez em sua vida e chegar \u00e0 conclus\u00e3o de que ela \u00e9 quem lhe faz se sentir mais vivo. O Chefe alerta que Catherine n\u00e3o pertence a essa realidade, e que isso n\u00e3o seria uma boa ideia. Mas, Vincent insiste. Catherine aparece e fica um pouco perplexa por Vincent querer v\u00ea-la novamente. Ele explica seus sentimentos e pede para que ela case-se com ele, dizendo que ele faz de tudo para ficarem juntos, at\u00e9 mesmo desistir de sua humanidade. Ela fica chocada e perturbada com suas investidas, e explica que isso nunca poderia funcionar por causa da diferen\u00e7a biol\u00f3gica que existe entre eles. Antes de deixar o bar, ela diz que se eles se encontrarem novamente, ela pode considerar a proposta dele. Catherine desaparece, e o bar volta a se encher de pessoas novamente. Orlando, Jonny e Toby vem em dire\u00e7\u00e3o \u00e0 Vincent, mas ele desesperadamente levanta e pergunta a eles se eles viram Catherine. Por\u00e9m, os tr\u00eas negam t\u00ea-la visto. Num repentino estado de loucura e obsess\u00e3o, Vincent diz que a raz\u00e3o por eles n\u00e3o verem Catherine \u00e9 porque ela est\u00e1 fora do bar, e ent\u00e3o ele sai correndo para fora, onde \u00e9 atropelado por um carro. Ele volta para dentro do bar, cambaleando, e pede para algu\u00e9m chamar o 911 (hospital).\n* ''Liberdade, Bom:'' Vincent est\u00e1 conversando com o Chefe no \"The Stray Sheep\". Ele descobre a raz\u00e3o do porque ele n\u00e3o queria se casar no final das contas, e diz que ele ainda tem uma vida inteira pela frente para achar o que ele realmente quer, ent\u00e3o, ele termina com ambas as garotas. Chefe pergunta a Vincent se ele ainda quer sua ajuda para convidar uma das duas garotas, mas Vincent recusa. Por\u00e9m, ele pede ao Chefe uma ajuda em dinheiro para come\u00e7ar uma nova vida. Chefe, no come\u00e7o, confunde o pedido de Vincent achando que ele quer apenas $500, mas Vincet corrige o mal entendido e pede, na verdade, $50,000, que equivale a um programa tur\u00edstico espacial. Chefe, j\u00e1 desesperado, explica que ele n\u00e3o tem em lugar algum essa quantia exagerada de dinheiro, mas ele deve um favor \u00e0 Vincent e cede a quantia pedida, dando todo seu dinheiro. Vincent imediatamente usa o dinheiro para fazer uma aposta no campeonato de luta livre, dizendo ao Chefe que isso \u00e9 um investimento que ter\u00e1 retorno. Chefe tem quase certeza de que Vincent est\u00e1 jogando o dinheiro fora. Vincent aposta todos os $50,000 na 'Feather', uma lutadora que foi mencionada no 1\u00ba dia de jogo. Essa noite, Vincent est\u00e1 sentado no bar, conversando com seus amigos sobre tudo que havia acontecido. Todos est\u00e3o felizes por terem voltado ao normal, e durante a discuss\u00e3o, Jonny se pronuncia e diz que ele chamou Katherine para sair. Isso inicialmente abala Vincent, at\u00e9 que, com o tempo, ele se acalma. A partida do campeonato ent\u00e3o se inicia na TV, e todos torcem para seus lutadores favoritos. 'Feather', a lutadora que Vincent havia apostado, perde a disputa. Vincent joga todos os seus pap\u00e9is de aposta para o alto. Ele n\u00e3o se importa nada com o dinheiro, porque agora ele est\u00e1 livre. S\u00f3 que o Chefe se importa...\n* ''Liberdade, Verdadeiro:'' Vincent est\u00e1 conversando com o Chefe no \"The Stray Sheep\". Ele descobre a raz\u00e3o do porque ele n\u00e3o queria se casar no final das contas, e diz que ele ainda tem uma vida inteira pela frente para achar o que ele realmente quer, ent\u00e3o, ele termina com ambas as garotas. Chefe pergunta a Vincent se ele ainda quer sua ajuda para convidar uma das duas garotas, mas Vincent recusa. Por\u00e9m, ele pede ao Chefe uma ajuda em dinheiro para come\u00e7ar uma nova vida. Chefe, no come\u00e7o, confunde o pedido de Vincent achando que ele quer apenas $500, mas Vincet corrige o mal entendido e pede, na verdade, $50,000, que equivale a um programa tur\u00edstico espacial. Chefe, j\u00e1 desesperado, explica que ele n\u00e3o tem em lugar algum essa quantia exagerada de dinheiro, mas ele deve um favor \u00e0 Vincent e cede a quantia pedida, dando todo seu dinheiro. Vincent imediatamente usa o dinheiro para fazer uma aposta no campeonato de luta livre, dizendo ao Chefe que isso \u00e9 um investimento que ter\u00e1 retorno. Chefe tem quase certeza de que Vincent est\u00e1 jogando o dinheiro fora. Vincent aposta todos os $50,000 na 'Feather', uma lutadora que foi mencionada no 1\u00ba dia de jogo. Essa noite, Vincent est\u00e1 sentado no bar, conversando com seus amigos sobre tudo que havia acontecido. Todos est\u00e3o felizes por terem voltado ao normal, e durante a discuss\u00e3o, Jonny se pronuncia e diz que ele chamou Katherine para sair. Isso inicialmente abala Vincent, at\u00e9 que, com o tempo, ele se acalma. A partida do campeonato ent\u00e3o se inicia na TV, e todos torcem para seus lutadores favoritos. 'Feather', a lutadora que Vincent havia apostado, vence a disputa. Chefe fica completamente surpreso e Vincent comemora, vitorioso, sua aposta convertida em milhares de d\u00f3lares a mais. Na manh\u00e3 seguinte da corrida, mostra-se que Vincent muda para um apartamento maior e mais luxuoso. Vincent ent\u00e3o aparece andando num porto, dentro de um grande barco espacial que est\u00e1 flutuando na gal\u00e1xia. Ele comenta que a vida onde n\u00e3o segue-se os sonhos, pode ser levada a completa mis\u00e9ria.\n\nUm nono final \u00e9 desbloqueado quando o jogador completa os desafios do \"Axis Mundi Babel\" no modo \"Babel\". Se conseguir, Trisha quebra a quarta parede revelando que ela na verdade \u00e9 Istar, uma das deusas que controlam todo o processo de pesadelos. A verdadeira raz\u00e3o de existir todos esses pesadelos \u00e9 que ela quer testar a habilidade do jogador para poder substituir Mutton, o \u00faltimo e \u00fanico homem daquele s\u00e9culo que conseguiu subir a torre at\u00e9 o final.\n\n=== Personagens ===\n'''Vincent Brooks''' ''(\u30f4\u30a3\u30f3\u30bb\u30f3\u30c8\u30fb\u30d6\u30eb\u30c3\u30af\u30b9 Vinsento Burukkusu)''\n:''Voz:'' [[K\u014dichi Yamadera]] (Japon\u00eas), [[Troy Baker]] (Ingl\u00eas)\n\n:Vincent \u00e9 o protagonista do jogo e tem 32 anos. Ele parece ser o prot\u00f3tipo de solteir\u00e3o: seu quarto \u00e9 completamente bagun\u00e7ado, ele tem dificuldade com compromissos e gasta quase todo seu tempo livre se divertindo e bebendo com os amigos. Apesar de ser extremamente dedicado, ele \u00e9 um tanto quanto covarde e ao decorrer da hist\u00f3ria se mostrou ser um mentiroso \u00e1rduo quando sob press\u00e3o. Principalmente com as indas e vindas das duas garotas que obrigavam-lhe a mentir para as duas, por\u00e9m, quanto mais o tempo passava, suas mentiras iam se tornando ainda mais ruins. Dependendo das a\u00e7\u00f5es do jogador, ele vai mentir mais vezes ou menos vezes, dependendo de qual lado est\u00e1 tentando ir na balan\u00e7a e qual das duas garotas ele est\u00e1 tentando manter em sua vida.\n\n:Orlando menciona que Vincent sempre foi popular com as garotas, mesmo na escola prim\u00e1ria, e que Katherine \u00e9 sua terceira namorada (as duas primeiras foram durante a escola prim\u00e1ria). Justin tamb\u00e9m menciona que alguns homens procuram mulheres que coloquem-nos no eixo, mesmo sem perceberem. O que explicaria por que as mulheres na vida de Vincent s\u00e3o muito dominantes e controladoras. Mesmo assim, Vincent sabe como agradar as mulheres e ser um bom namorado, que foi o que encantou Katherine para que os dois come\u00e7assem a namorar.\n\n:Vincent \u00e9 um amigo bastante perspicaz. Mas ele tamb\u00e9m pode ser altamente conflituoso em rela\u00e7\u00e3o aos outros, ficando mais tenso durante certas situa\u00e7\u00f5es. Ele tamb\u00e9m mostra-se bastante fechado para conversar com Erica sobre seus problemas, e tende fugir da situa\u00e7\u00e3o quando algu\u00e9m insiste. Ele fica b\u00eabado constantemente, e, muitas vezes, pode gastar tudo durante uma noite inteira bebendo no \"The Stray Sheep\" (bar no qual Vincent frequenta), antes de ir para casa e beber ainda mais cerveja. Isso faz com que ele tenha ressaca constantemente e uma mem\u00f3ria muito ruim; a qual geralmente envolve ele (aparentemente) chamando Catherine para lhe fazer companhia, mas ele alega n\u00e3o se lembrar de nada.\n\n'''Catherine''' ''(\u30ad\u30e3\u30b5\u30ea\u30f3 Kyasarin)''\n:''Voz:'' [[Miyuki Sawashiro]] (Japon\u00eas), [[Laura Bailey]] (Ingl\u00eas)\n\n:Por causa do que ela \u00e9 (uma [[succubus]]), a apar\u00eancia inicial de Catherine e sua personalidade s\u00e3o espelhadas para ser exatamente o que Vincent est\u00e1 procurando. Nisso, ela come\u00e7a sem personalidade alguma, exceto pelo que ele anseia: uma vida livre e sem compromissos, e ela torna-se tudo o que Vincent esperava. Com a rela\u00e7\u00e3o entre ela e Vincent crescendo cada vez mais, e ela gastando mais tempo com ele do que fazendo seu \"trabalho\" seduzindo outros homens, ela come\u00e7a a mostrar mais da sua personalidade verdadeira. Ela \u00e9 facilmente excit\u00e1vel e um tanto quanto man\u00edaca, alternando seu humor entre raiva e alegria numa fra\u00e7\u00e3o de segundos.\n\n:Isso v\u00eam \u00e0 tona quando Vincent termina com ela no 7\u00ba Dia, e sua rea\u00e7\u00e3o inicial \u00e9 de desespero. Ela diz \u00e0 Vincent que n\u00e3o apenas est\u00e1 tudo bem ele ter outra namorada, mas pra ela n\u00e3o importa se ele se casar com Katherine e terem um filho, desde que ele continue vendo ela. Por\u00e9m, essa rea\u00e7\u00e3o de Catherine mostra que isso poderia ser considerado como uma \u00faltima tentativa de manipula\u00e7\u00e3o, e sua atua\u00e7\u00e3o parece realmente genu\u00edna.\n\n:Rapidamente ela torna-se abusiva quando Vincent vai at\u00e9 o banheiro do \"The Stray Sheep\" e, constantemente, tem a integridade mental amea\u00e7ada; onde ela alerta os perigos de terminar o relacionamento com ela e deixar sua \"prote\u00e7\u00e3o\".\n\n:Sua verdadeira personalidade ficam evidentes nos Finais: Catherine Bom, e Catherine Verdadeiro, onde n\u00e3o h\u00e1 mentiras e nem decep\u00e7\u00f5es, e fica clara a sua atra\u00e7\u00e3o por um Vincent ca\u00f3tico. Durante o Catherine Mau final, mesmo ela admitindo que gosta dele, ela demonstra que nem um pouco tem tanto interesse assim nele. Isso mostra que, apesar de sua atra\u00e7\u00e3o por Vincent, Catherine anseia por emo\u00e7\u00e3o em sua vida acima de qualquer coisa.\n\n:Liberdade \u00e9 o que realmente define Catherine e seus sentimentos perante a vida: ela odeia qualquer coisa que desanime uma pessoa e \u00e9 propensa a agir por impulso. Isso \u00e9 demonstrado pelo fato dela trabalhar com Dumuzid para encurralar os homens nos pesadelos, apenas por \"capricho\".\n\n:Catherine parece ter uma rela\u00e7\u00e3o oposta com seu pai super protetor, Nergal, o lorde do submundo, o qual ele quer Catherine sempre ao seu lado, e ela n\u00e3o quer ficar presa a ele. Al\u00e9m de Vincent, ela tamb\u00e9m seduz um outro homem ao mesmo tempo, Steve Delhomme, o qual ela n\u00e3o se importa tanto quanto Vincent. Catherine \u00e9 a personagem que fica estampada na capa da vers\u00e3o para PS3.\n\n'''Katherine McBride''' ''(\u30ad\u30e3\u30b5\u30ea\u30f3\u30fb\u30de\u30af\u30d6\u30e9\u30a4\u30c9 Kyasarin Makuburaido)''\n:''Voz:'' Kotono Mitsuishi (Japon\u00eas), [[Michelle Ruff]] (Ingl\u00eas)\n\n:Katherine{{citar web|url=http://www.andriasang.com/e/blog/2010/09/11/catherine_katherine/ |t\u00edtulo=Catherine: Meet Katherine |autor =Anoop Gantayat |data=11 de setembro de 2010 |obra= |publicado=Andriasang |acessodata=11 de setembro de 2010}} McBride \u00e9 do tipo estudiosa e inteligente, diga-se ranking A. Ela \u00e9 dominante, respons\u00e1vel, centrada, e coloca sua carreira acima de qualquer outra coisa. Quando Vincent admite que ele est\u00e1 trabalhando mais e sem receber hora extra, ela o repreende por tentarem tirar vantagem dele e ele n\u00e3o tomar uma posi\u00e7\u00e3o para si mesmo. Ela prova que se algu\u00e9m n\u00e3o \u00e9 confi\u00e1vel para fazer a coisa certa, ela se disponibiliza a fazer isso. O maior exemplo disto \u00e9 quando ela come\u00e7a a tomar conta das finan\u00e7as de Vincent, depois que ele come\u00e7ou a gastar todo o seu dinheiro exageradamente em novos computadores, celulares, bebidas e cigarros.\n\n:Katherine \u00e9 sempre calma e direta, e n\u00e3o aprova poss\u00edveis insinua\u00e7\u00f5es entre-linhas ou acusa\u00e7\u00f5es agressivas, at\u00e9 quando Vincent \u00e9 culpado em ambas. Mesmo sua fidelidade sendo contestada com as perguntas de Steve quando ele n\u00e3o determinou com qual das duas tinha um relacionamento, Katherine apenas contou uma mentira (na verdade, omitiu) durante todo o jogo: o fato de n\u00e3o contar \u00e0 Vincent que ela n\u00e3o estava gr\u00e1vida de verdade.\n\n:Enquanto pistas foram deixadas de que Katherine realmente estava mentindo sobre a gravidez como um teste para Vincent, quando ela terminou com ele deixou tudo bem mais claro. Ela n\u00e3o apenas disse a ele que a descoberta da poss\u00edvel gravidez realmente a assustou, mas tamb\u00e9m admitiu que quando ela descobriu que realmente n\u00e3o estava gr\u00e1vida, n\u00e3o queria contar a Vincent, pois temia que ele a deixasse por causa disso.\n\n:As \u00fanicas coisas no jogo que realmente parecem choc\u00e1-la, \u00e9 quando ela mata Catherine (mesmo que isso tenha acontecido em um sonho), e a possibilidade de estar gr\u00e1vida e ter que lidar com tudo isso sozinha, j\u00e1 que Vincent \u00e9 completamente despreocupado e desligado do mundo.\n\n:Katherine mostra-se n\u00e3o ser exatamente do tipo \"carinhoso\". A \u00fanica vez que ela beija Vincent e diz que o ama \u00e9 no final Katherine Verdadeiro. Muitas vezes ela deixa o local dizendo um simples \"At\u00e9 Logo\" ou \"Tchau\" para Vincent. Essa atitude pode ser devido aos seus recentes problemas no relacionamento, ou \u00e9 natural de sua personalidade. Isso n\u00e3o \u00e9 muito explicado durante o jogo.\n\n:Katherine, Vincent e Orlando estudaram juntos na escola prim\u00e1ria. Eles n\u00e3o eram muito amigos, e eram bastante opostos, principalmente porque Vincent sempre roubava seu almo\u00e7o. Mesmo ficando chateada, Katherine come\u00e7ou a ceder por conta pr\u00f3pria sua comida, mostrando j\u00e1 uma leve atra\u00e7\u00e3o por Vincent. Por\u00e9m, depois dessa \u00e9poca, eles se separaram e s\u00f3 se reencontraram mais tarde no ensino m\u00e9dio, durante uma reuni\u00e3o. Katherine nessa \u00e9poca andava bastante deprimida, e Vincent correu para seu lado no meio da noite para confort\u00e1-la. Ela estava tendo problemas amorosos e Vincent come\u00e7ou a dar-lhe conselhos, por\u00e9m eles acabaram se apaixonando e ficando juntos desde ent\u00e3o. Por\u00e9m, Erica vive dando teorias \u00e0 Vincent, de que Katherine s\u00f3 come\u00e7ou a namorar com ele por causa de seus instintos maternais e sua personalidade dominante, que n\u00e3o deixariam um idiota pregui\u00e7oso como Vincent ficar sozinho sem cuidados. Katherine e Vincent j\u00e1 namoram a 5 anos. Enquanto Vincent est\u00e1 confort\u00e1vel e n\u00e3o quer levar o relacionamento para o pr\u00f3ximo n\u00edvel, os pais de Katherine ficam pressionando os dois a se casarem. Katherine \u00e9 a personagem que fica estampada na capa da vers\u00e3o para Xbox 360.\n\n'''Orlando Haddick''' ''(\u30aa\u30fc\u30e9\u30f3\u30c9 \u014crando)''\n:''Voz:'' [[Hiroaki Hirata]] (Japon\u00eas), [[Liam O'Brien]] (Ingl\u00eas)\n:Um dos amigos de Vincent\n\n'''Jonathan \"Jonny\" Ariga''' ''(\u30b8\u30e7\u30cb\u30fc Jon\u012b)''\n:''Voz:'' [[Takehito Koyasu]] (Japon\u00eas), [[Travis Willingham]] (Ingl\u00eas)\n:Um dos amigos de Vincent.\n\n'''Tobias \"Toby\" Nebbins''' ''(\u30c8\u30d3\u30fc Tob\u012b)''\n:''Voz:'' [[Kish\u014d Taniyama]] (Japon\u00eas), [[Yuri Lowenthal]] (Ingl\u00eas)\n:Um dos amigos de Vincent.\n\n'''Erica Anderson''' ''(\u30a8\u30ea\u30ab Erika)''\n:''Voz:'' [[Junko Minagawa]] (Japon\u00eas), [[Erin Fitzgerald]] (Ingl\u00eas)\n:Amiga de Vincent\n\n'''Thomas \"Boss\" Mutton'''\n:''Voz:'' [[Norio Wakamoto]] (Japon\u00eas), [[Kirk Thornton]] (Ingl\u00eas)\n:Dono do bar \"The Stray Sheep\", sua apar\u00eancia \u00e9 a de um homem forte com \u00f3culos vermelhos escuros (o que alembra um pouco o Dr. Robotnik da franquia de jogos do Sonic).\n\n'''Voz Misteriosa (Astaroth)'''\n:''Voz:'' Junko Minagawa (Japon\u00eas), Yuri Lowenthal (Ingl\u00eas)\n\n'''Trisha (Rue Ishida)''' ''(\u77f3\u7530\u2606\u30eb\u30a6 Ishida R\u016b)''\n:''Voz:'' Junko Minagawa (Japon\u00eas), Erin Fitzgerald (Ingl\u00eas)\n\n'''Nergal''' ''(\u30ad\u30e3\u30b5\u30ea\u30f3 Nerugaru)''\n:''Voz:''?? (Japon\u00eas), [[Jamieson Price]] (Ingl\u00eas)\n\n== Recep\u00e7\u00e3o ==\n''Catherine'' recebeu an\u00e1lises positivas em maioria dos cr\u00edticos. Ele mant\u00e9m pontua\u00e7\u00e3o agregada m\u00e9dia de 82 e 79 de 100 para as vers\u00f5es Xbox 360 e PlayStation 3, respectivamente, no [[Metacritic]].{{Citar web|url=http://www.metacritic.com/game/xbox-360/catherine |t\u00edtulo=Catherine for Xbox 360 Reviews, Ratings, Credits, and More at Metacritic |publicado=Metacritic.com |data=2011-07-15 |acessodata=2011-07-22}}{{Citar web|url=http://www.metacritic.com/game/playstation-3/catherine |t\u00edtulo=Catherine for PlayStation 3 Reviews, Ratings, Credits, and More at Metacritic |publicado=Metacritic.com |data=2011-07-15 |acessodata=2011-07-22}} Em uma an\u00e1lise, [[GamesRadar]] deu ao jogo um 5/10, elogiando a hist\u00f3ria, mas criticando a dificuldade do jogo devido \u00e0 IA inimiga aleat\u00f3ria,{{Citar web|url=http://www.gamesradar.com/f/catherine-import-review/a-2011030816833522052 |t\u00edtulo=Catherine import review |publicado=GamesRadar |data=2011-03-08 |acessodata=2011-07-22}} embora tenham posteriormente dado 8/10 ao lan\u00e7amento em ingl\u00eas, citando mudan\u00e7as cruciais que removeram a maioria dos aborrecimentos do jogo.\n\n{{Refer\u00eancias |col=2}}\n\n{{Portal3|Games}}\n\n[[Categoria:Jogos eletr\u00f4nicos de 2011]]\n[[Categoria:Jogos de plataforma 3D]]\n[[Categoria:Jogos eletr\u00f4nicos de aventura]]\n[[Categoria:Jogos eletr\u00f4nicos sobre dem\u00f4nios]]\n[[Categoria:Jogos para PlayStation 3]]\n[[Categoria:Jogos eletr\u00f4nicos de quebra-cabe\u00e7a]]\n[[Categoria:Jogos eletr\u00f4nicos desenvolvidos no Jap\u00e3o]]\n[[Categoria:Jogos eletr\u00f4nicos com anima\u00e7\u00f5es em cel shading]]\n[[Categoria:Jogos para Xbox 360]]\n[[Categoria:Jogos eletr\u00f4nicos com antagonistas femininas]]\n[[Categoria:Jogos eletr\u00f4nicos da Deep Silver]]"}]},"5758009":{"pageid":5758009,"ns":0,"title":"Aphyllanthoideae","revisions":[{"contentformat":"text/x-wiki","contentmodel":"wikitext","*":"{{Info/Taxonomia\n| nome = Aphyllanthoideae
''Aphyllanthes''
''Aphyllanthes monspeliensis''
\n| imagem = Aphyllanthes monspeliensis01.jpg\n| imagem_legenda = ''[[Aphyllanthes monspeliensis]].''\n| imagem_largura=250px\n| reino = [[Plantae]]\n| divis\u00e3o = [[Magnoliophyta]]\n| classe = [[Liliopsida]]\n| ordem = [[Asparagales]]\n| fam\u00edlia = [[Asparagaceae]] ''sensu lato''\n| subfam\u00edlia = '''Aphyllanthoideae'''
(ex-[[Aphyllanthaceae]])\n| subfam\u00edlia_autoridade= Lindl.\n| g\u00e9nero= '''''Aphyllanthes'''''\n| g\u00e9nero_autoridade= L.{{Citation |cap\u00edtulo=''Aphyllanthes''|titulo=World Checklist of Selected Plant Families |publicado=[[Royal Botanic Gardens, Kew]] |url=http://apps.kew.org/wcsp/namedetail.do?name_id=299861 |acessodata=2013-09-07}}\n| esp\u00e9cie = '''''A. monspeliensis'''''\n| binomial = Aphyllanthes monspeliensis\n| binomial_autoridade = L.{{Citation |cap\u00edtulo=''Aphyllanthes monspeliensis''|titulo=World Checklist of Selected Plant Families |publicado=[[Royal Botanic Gardens, Kew]] |url=http://apps.kew.org/wcsp/namedetail.do?name_id=299864 |acessodata=2013-09-07}}\n| sin\u00f3nimos_ref=\n| sin\u00f3nimos=\n* ''[[Aphyllanthes monspeliensium]]'' [[Vill.]] [1787, Hist. Pl. Dauph., 2: 143]\n* ''[[Aphyllanthes juncea]]'' [[Salisb.]] [1807, Parad. Lond.: tab. 9]\n* ''[[Aphyllanthes cantabrica]]'' [[Bubani]] [1902, Fl. Pyr., 4: 111] [nom. illeg.]\n* ''[[Aphyllanthes caerulea]]'' [[St.-Lag.]]\n| mapa=Map-Aphyllanthaceae.PNG\n| mapa_legenda=Distribui\u00e7\u00e3o da subfam\u00edlia Aphyllanthoideae.\n}}\n[[Ficheiro:Aphyllanthes monspeliensis02.jpg|thumb|254px|Flor de ''A. monspeliensis''.]]\n'''Aphyllanthoideae''' \u00e9 uma subfam\u00edlia monot\u00edpica de [[plantas com flor]] [[monocotiled\u00f3nea]]s da fam\u00edlia [[Asparagaceae]], cujo \u00fanico g\u00e9nero \u00e9 '''''Aphyllanthes''''', tamb\u00e9m um [[t\u00e1xon monot\u00edpico]] tendo como \u00fanica [[esp\u00e9cie]] '''''Aphyllanthes monspeliensis'''''.{{Citation |\u00faltimo=Chase |primeiro=M.W.|\u00faltimo2=Reveal |primeiro2=J.L. |\u00faltimo3=Fay |primeiro3=M.F. |ano=2009 |titulo=A subfamilial classification for the expanded asparagalean families Amaryllidaceae, Asparagaceae and Xanthorrhoeaceae |peri\u00f3dico=Botanical Journal of the Linnean Society |volume=161 |n\u00famero=2 |p\u00e1ginas=132\u2013136|doi=10.1111/j.1095-8339.2009.00999.x }} A esp\u00e9cie tem [[distribui\u00e7\u00e3o natural]] nas regi\u00f5es semi-\u00e1ridas da parte ocidental da [[bacia do Mediterr\u00e2neo]].{{citar peri\u00f3dico |autor=The Angiosperm Phylogeny Group III (\"APG III\", em ordem alfab\u00e9tica: Brigitta Bremer, K\u00e5re Bremer, Mark W. Chase, Michael F. Fay, James L. Reveal, Douglas E. Soltis, Pamela S. Soltis y Peter F. Stevens, adem\u00e1s colaboraron Arne A. Anderberg, Michael J. Moore, Richard G. Olmstead, Paula J. Rudall, Kenneth J. Sytsma, David C. Tank, Kenneth Wurdack, Jenny Q.-Y. Xiang y Sue Zmarzty)|ano=2009|t\u00edtulo=An update of the Angiosperm Phylogeny Group classification for the orders and families of flowering plants: APG III.|revista=Botanical Journal of the Linnean Society|n\u00famero=161|p\u00e1ginas=105-121|url=http://www3.interscience.wiley.com/journal/122630309/abstract |acessodata= |arquivourl=https://wayback.archive-it.org/all/20170525104318/http://onlinelibrary.wiley.com/doi/10.1111/j.1095-8339.2009.00996.x/abstract |arquivodata=2017-05-25 }}{{citar web |url =http://www.mobot.org/mobot/research/apweb/ |t\u00edtulo =Angiosperm Phylogeny Website (Vers\u00e3o 9, junho de 2008, actualizado desde ent\u00e3o) |acessodata = 12 de janeiro de 2009 |apelido = Stevens |nome =P. F. |ano =2001 |obra = |idioma = ingl\u00eas |urlarquivo = |arquivodata = }} A esp\u00e9cie \u00e9 cultivada como [[planta ornamental]].\n==Descri\u00e7\u00e3o==\n===Morfologia===\nS\u00e3o plantas [[glabra]]s com [[rizoma]] horizontal, longo. [[Escapo]]s de at\u00e9 45 x 1,5 cm, numerosos, estriados. Folhas de at\u00e9 10 cm de comprimento, purpur\u00e1ceas, com parte externa trinervada verde, frecuentemente prolongadas num [[mucr\u00e3o]]. Flores rodeadas de 6-7 [[br\u00e1ctea]]s de 4,5-10 mm, cori\u00e1ceas, ovadas ou oblongas, a externa ovado-lanceolada e longamente mucronada. [[T\u00e9pala]]s de 15-20 mm de comprimento, oblongas, obtusas, persistentes, com parte superior divaricada e parte inferior formando um tubo rodeado pelas br\u00e1cteas, azul-violeta, raras vezes brancas. [[Estame]]s mais curtos que as t\u00e9palas, com [[antera]]s de 1-1,5 mm, amarelas. [[C\u00e1psula (bot\u00e2nica)|C\u00e1psulas]] de 3,54 mm, apiculadas. [[Semente]]s densa e diminutamente tuberculadas, negras. Floresce e fructifica de fevereiro a junho.[http://www.floravascular.com/index.php?spp=Aphyllanthes%20monspeliensis ''Aphyllanthes monspeliensis'' en Flora Vascular]\n\nA planta produz agrupamentos de [[infloresc\u00eancia]]s escaposas, cujos [[escapo]]s s\u00e3o na realidade o principal \u00f3rg\u00e3o foto-sint\u00e9tico, j\u00e1 que as [[folha]]s escariosas na base n\u00e3o s\u00e3o fotossint\u00e9ticas. A infloresc\u00eancia tem poucas [[flor]]es, com [[t\u00e9pala]]s usualmente azuis de tamanho mediano. O [[n\u00famero de cromosomas]] \u00e9 n=16.Chromosome number reports. LII. Palomeque, T. & M. Ru\u00edz Rej\u00f3n (1976) Taxon 25(2/3): 346 A planta apresenta grandes semelhan\u00e7as morfol\u00f3gicas com os membros do g\u00e9nero ''[[Sisyrinchium]]''.\n\n''Aphyllanthes'' s\u00e3o plantas muito utilizadas em jardins de rochas devido a serem os solos secos e rochosos o seu [[habitat]] preferido. Por serem origin\u00e1rios do Mediterr\u00e2neo, est\u00e3o adaptados ao calor e \u00e0 seca. Al\u00e9m disso, as suas flores grandes e brilhantes s\u00e3o uma caracter\u00edstica atraente que resultou no aumento do cultivo dessa esp\u00e9cie para introdu\u00e7\u00e3o no mercado das flores de corte.\n=== Distribui\u00e7\u00e3o ===\nA \u00fanica esp\u00e9cie que integra esta subfam\u00edlia monot\u00edpica, ''Aphyllanthes monspeliensis'', ocorre nas regi\u00f5es costeiras do Mediterr\u00e2neo Ocidental, na metade sul da Fran\u00e7a, metade oriental da [[Pen\u00ednsula Ib\u00e9rica]] e alguns pontos do norte de [[\u00c1frica]].{{citar web |url=http://www.ville-ge.ch/musinfo/bd/cjb/africa/details.php?langue=an&id=156268 |t\u00edtulo= ''Aphyllanthoideae''|acessodata=8 de setembro de 2011 |obra= [[Conservatorio y Jard\u00edn Bot\u00e1nico de Ginebra]]: Flora africana}} Ocorre at\u00e9 aos 1600 (1800) metros de altitude,{{citar web |url=http://www.floramontiberica.org/Pub/Atlas_Flora_Pirineo.htm |t\u00edtulo= ''Aphyllanthoideae''|acessodata=22 de mar\u00e7o de 2014 |obra= Atlas de la flora del Pirineo Aragon\u00e9s, vol. II. Luis VILLAR P\u00c9REZ, Jos\u00e9 Antonio Ses\u00e9 Franco & Jos\u00e9 Vicente Ferrand\u00e9z Palacio}}.sendo rara a presen\u00e7a em lugares muito \u00e1ridos.\n==Filogenia e sistem\u00e1tica==\n===Filogenia===\nTradicionalmente inclu\u00eddo nas [[Liliaceae]], o g\u00e9nero ''Aphyllanthes'' foi reconhecido, com base nos resultados de m\u00faltiplas an\u00e1lises, ao [[n\u00edvel taxon\u00f3mico]] de subfam\u00edlia pelos modernos sistemas de classifica\u00e7\u00e3o filogen\u00e9tica, como o [[sistema APG III]] (de 2009){{citar peri\u00f3dico|autor =The Angiosperm Phylogeny Group III (\"APG III\", en orden alfab\u00e9tico: Brigitta Bremer, K\u00e5re Bremer, Mark W. Chase, Michael F. Fay, James L. Reveal, Douglas E. Soltis, Pamela S. Soltis y Peter F. Stevens, adem\u00e1s colaboraron Arne A. Anderberg, Michael J. Moore, Richard G. Olmstead, Paula J. Rudall, Kenneth J. Sytsma, David C. Tank, Kenneth Wurdack, Jenny Q.-Y. Xiang y Sue Zmarzty)|ano=2009\n|t\u00edtulo=An update of the Angiosperm Phylogeny Group classification for the orders and families of flowering plants: APG III.|revista=Botanical Journal of the Linnean Society|n\u00famero=161|p\u00e1ginas=105-121|url=http://www3.interscience.wiley.com/journal/122630309/abstract|acessodata= }} e o [[APW]]eb (2001 em diante){{citar web |url =http://www.mobot.org/mobot/research/apweb/ |t\u00edtulo =Angiosperm Phylogeny Website (Vers\u00e3o 9, junho de 2008, actualizado desde ent\u00e3o) |acessodata = 12 de janeiro de 2009 |apelido = Stevens |nome =P. F. |ano =2001 |obra = |idioma = ingl\u00eas |urlarquivo = |arquivodata = }}, que a incluem numa fam\u00edlia [[Asparagaceae]] ''sensu lato'' (ver [[Asparagales]] para uma discuss\u00e3o deste \u00faltimo [[clado]]).\n\nApesar disso, o g\u00e9nero ''Aphyllanthes'' aparece com uma varia\u00e7\u00e3o muito longa numa an\u00e1lise incorporando tr\u00eas genes,{{citar livro | sobrenome =Fay | nome =M. F. | editor =K. L. Wilson y D. A. Morrison | t\u00edtulo =Monocots: Systematics and evolution. | edi\u00e7\u00e3o =Royal Botanic Gardens | ano =2000 | editora = CSIRO | local=Kollingwood, Australia | p\u00e1ginas =360-371 | cap\u00edtulo =Phylogenetic studies of Asparagales based on four plastid DNA regions. | urlcap\u00edtulo = }} pelo que a sua posi\u00e7\u00e3o filogen\u00e9tica \u00e9 pouco clara, mas a sua remo\u00e7\u00e3o de algumas an\u00e1lise disminui drasticamente o apoio.{{citar peri\u00f3dico | autor = Chase, M. W. | autor2 = Fay, M. F. | autor3 = Devey, D. S. | autor4 = Maurin, O | autor5 = R\u00f8nsted, N | autor6 = Davies, T. J | autor7 = Pillon, Y | autor8 = Petersen, G | autor9 = Seberg, O | autor10 = Tamura, M. N. | autor11 = Lange, Conny Bruun Asmussen (Faggruppe Botanik); Hilu, K; Borsch, T; Davis, J. I; Stevenson, D. W.; Pires, J. C.; Givnish, T. J.; Sytsma, K. J.; McPherson, M. A.; Graham, S. W.; Rai, H. S. | ano = 2006 | t\u00edtulo = Multigene analyses of monocot relationships : a summary | revista = Aliso | n\u00famero = 22 | p\u00e1ginas = 63-75 | id = ISSN: 00656275 | url = http://www.ninaronsted.dk/page1/files/page1_3.pdf | acessodata = 25 de fevereiro de 2008 }} Uma rela\u00e7\u00e3o de ''Aphyllantes'' como [[grupo irm\u00e3o]] de [[Scilloideae]] (antes [[Hyacinthaceae]]) foi encontrada num estudo de 2001.{{citar peri\u00f3dico |autor =McPherson, M. A. |autor2=Graham, S. W. |ano=2001 |t\u00edtulo=Inference of Asparagales phylogeny using a large chloroplast data set. Abstract. |revista=Botany 2001 |p\u00e1ginas=126 |acessodata= }} mas estudos poeteriores permitem coloc\u00e1-lo como grupo-irm\u00e3o de [[Lomandroideae]] (antes [[Laxmanniaceae]]), mas com baixo apoio.{{citar peri\u00f3dico |autor =Pires, J. C. |coautores=Maureira, I. J., Givnish, T. J., Sytsma, K. J., Seberg, O., Petersen, G., Davis, J. I., Stevenson, D. W., Rudall, P. J., Fay, M. F., y Chase, M. W. |ano=2006 |t\u00edtulo=Phylogeny, genome size, and chromosome evolution of Asparagales. |revista=Aliso |n\u00famero=22 |p\u00e1ginas=278-304 |url=http://cat.inist.fr/?aModele=afficheN&cpsidt=18269727 |acessodata= 25 de fevereiro de 2008 }}\n\nA [[\u00e1rvore filogen\u00e9tica]] das [[Asparagales]] 'nucleares', incluindo aquelas fam\u00edlias que foram reduzidas ao estatuto de subfam\u00edlias, \u00e9 a que se mostra abaixo. O grupo inclui as duas maiores fam\u00edlias da ordem, isto \u00e9, aqueles com maior n\u00famero de esp\u00e9cies, as [[Amaryllidaceae]] e as Asparagaceae.{{sfn|ps=none|Chase et al|2009}}{{sfn|ps=none|Stevens|2016|loc=[http://www.mobot.org/MOBOT/Research/APweb/orders/asparagalesweb.htm#Asparagales Asparagales]}} Nesta [[circunscri\u00e7\u00e3o taxon\u00f3mica]] a fam\u00edlia Amaryllidaceae \u00e9 o [[grupo irm\u00e3o]] da fam\u00edlia Asparagaceae e a subfam\u00edlia Aphyllanthoideae o grupo irm\u00e3o do clado constitu\u00eddos pelas [[Brodiaeoideae]] + [[Scilloideae]].\n\n{{clade\n| label1=Asparagales 'nucleares'\n| 1={{clade\n| label1=[[Amaryllidaceae]] ''s.l.''\n| 1={{clade\n| 1=[[Agapanthoideae]] (= [[Agapanthaceae]])\n| 2={{clade\n| 1=[[Allioideae]] (= [[Alliaceae]] ''s.s.'')\n| 2=[[Amaryllidoideae]] (= [[Amaryllidaceae]] ''s.s.'')\n }}\n }}\n| label2=[[Asparagaceae]] ''s.l.''\n| 2={{clade\n| 1={{clade\n| 1={{clade\n| 1=[[Aphyllanthoideae]] (= [[Aphyllanthaceae]])\n| 2={{clade\n| 1=[[Brodiaeoideae]] (= [[Themidaceae]])\n| 2=[[Scilloideae]] (= [[Hyacinthaceae]])\n }}\n }}\n| 2=[[Agavoideae]] (= [[Agavaceae]])\n }}\n| 2={{clade\n| 1=[[Lomandroideae]] (= [[Laxmanniaceae]])\n| 2={{clade\n| 1=[[Asparagoideae]] (= [[Asparagaceae]] ''s.s.'')\n| 2=[[Nolinoideae]] (= [[Ruscaceae]])\n }}\n }}\n }}\n }}\n }}\n\n===Sistem\u00e1tica===\nA subfam\u00edlia \u00e9 reconhecida pelo [[sistema APG IV]], de 2016 (sem altera\u00e7\u00f5es desde o [[sistema APG II]] de 2003){{citar peri\u00f3dico |autor = APG II |ano = 2003 |t\u00edtulo = An Update of the Angiosperm Phylogeny Group Classification for the orders and families of flowering plants: APG II. |revista = Botanical Journal of the Linnean Society |n\u00famero = 141 |p\u00e1ginas = 399-436 |url = http://www.black_well-synergy.com/doi/pdf/10.1046/j.1095-8339.2003.t01-1-00158.x |acessodata = 12 de janeiro de 2009 }} Aphyllanthoideae era anteriormente tratada ao n\u00edvel de fam\u00edlia, como Aphyllanthaceae.\n\nA subfam\u00edlia integra um \u00fanico g\u00e9nero e uma \u00fanica esp\u00e9cie (de acordo com Royal Botanic Gardens, Kew):{{citar web |url =http://apps.kew.org/wcsp/reportbuilder.do |t\u00edtulo =Royal Botanic Gardens, Kew: World Checklist Series |acessodata = 15 de janeiro de 2009 |obra = |idioma = en |urlarquivo = |arquivodata = }}[http://www.ppp-index.de/L1BQUF9TVEFSVFFVRVJZP1NFQVJDSFRZUD1QTEFOVCZOQlRfUEdBVD1BcGh5bGxhbnRoZXMmTkJUX1BBUlQ9KiZOQlRfUFNPUj0qJk1JRD0yNzU2.html?UID=615FE9CEF29ADDEA9A864C855602821D0117A50058723DD5 Lista completa de esp\u00e9cies].\n* ''Aphyllanthes'' L., Sp. Pl.: 294 (1753). 1 esp\u00e9cie:\n** ''Aphyllanthes monspeliensis'' L., [[Species Plantarum]]: 294 (1753).\n\nA esp\u00e9cie apresenta a seguinte [[sinon\u00edmia (biologia)|sinon\u00edmia]]:\n* ''[[Aphyllanthes monspeliensium]]'' [[Vill.]] [1787, Hist. Pl. Dauph., 2: 143]\n* ''[[Aphyllanthes juncea]]'' [[Salisb.]] [1807, Parad. Lond.: tab. 9]\n* ''[[Aphyllanthes cantabrica]]'' [[Bubani]] [1902, Fl. Pyr., 4: 111] [nom. illeg.]\n* ''[[Aphyllanthes caerulea]]'' [[St.-Lag.]]\n\nA esp\u00e9cie \u00e9 conhecida pelo nome comum de \u00abjunquilho-azul\u00bb.{{citar web |url=http://www.anthos.es/v22/index.php?set_locale=es |t\u00edtulo= ''Aphyllanthoideae''|acessodata=8 de setembro de 2011 |obra= [[Real Jard\u00edn Bot\u00e1nico]]: Proyecto Anthos}}\n==Refer\u00eancias==\n{{Reflist}}\n== Bibliografia ==\n* {{citar web |url =http://www.mobot.org/MOBOT/Research/APweb/orders/asparagalesweb.htm#Aphyllanthaceae |t\u00edtulo =Aphyllanthaceae |acessodata = 15 de janeiro de 2009|apelido = Stevens\n|nome =P. F.|ano =2001 |obra =Angiosperm Phylogeny Website (Vers\u00e3o 9, junno de 2008, actualizado desde ent\u00e3o)|idioma = ingl\u00eas |urlarquivo = |arquivodata =}}\n* {{citar livro | sobrenome =Soltis | nome =D. E. | coautores =Soltis, P. F., Endress, P. K., y Chase, M. W. | t\u00edtulo =Phylogeny and evolution of angiosperms. | ano =2005 | editora = Sinauer Associates | local=Sunderland, MA | p\u00e1ginas =104-109 | cap\u00edtulo =Asparagales}}\n\n== Classifica\u00e7\u00e3o do lineana do g\u00e9nero Aphyllanthes ==\n
\n{| class=wikitable\n|+ \n! Sistema!! Classifica\u00e7\u00e3o !! Refer\u00eancia\n|-\n|[[Sistema de Linn\u00e9|Linn\u00e9]]||Classe [[Hexandria]], ordem [[Monogynia]] ||[http://www.botanicus.org/page/358313 Species plantarum (1753)]\n|- \n|}\n
\n==Galeria==\n
\n\nAphyllanthes monspeliensis01.jpg\nAphyllanthes monspeliensis02.jpg\nAphyllante.jpg\nAphyllanthes monspeliensis (flowers).jpg\nAPHYLLANTHES MONSPELIENSIS - GUIXERS - IB-190.JPG\nAphyllanthes monspeliensis.jpg\n\n
\n== Liga\u00e7\u00f5es externas ==\n{{commonscat|Aphyllanthes}}\n{{commonscat|Aphyllanthaceae}}\n{{wikispecies|Aphyllanthaceae}}\n* {{en}} [http://www.ncbi.nlm.nih.gov/Taxonomy/Browser/wwwtax.cgi?mode=Tree&id=59002&lvl=3&lin=f&keep=1&srchmode=1&unlock NCBI Taxonomy Browser]\n* {{en}} [http://www.csdl.tamu.edu/FLORA/cgi/gateway_family?fam=Aphyllanthaceae links at CSDL, Texas]\n* {{de}} [http://www.ppp-index.de/pppindex.dll?MID=2756 PPP-Index]\n* {{en}} [http://www.ars-grin.gov/cgi-bin/npgs/html/genus.pl?836 Germplasm Resources Information Network (GRIN)]{{Liga\u00e7\u00e3o inativa|data=junho de 2019 }}\n* {{citar web |url = http://delta-intkey.com/angio/www/aphyllan.htm |t\u00edtulo = Doryanthaceae |acessodata = 15 de janeiro de 2009 |apelido = Watson |nome = L. |autor2 = Dallwitz, M. J. |obra = The families of flowering plants: descriptions, illustrations, identification, and information retrieval.Version: 25th November 2008 |idioma = ingl\u00eas |urlarquivo = |arquivodata = }}\n* [https://www.ncbi.nlm.nih.gov/Taxonomy/Browser/wwwtax.cgi?mode=Tree&id=59002&lvl=3&lin=f&keep=1&srchmode=1&unlock NCBI Taxonomy Browser]\n* [https://web.archive.org/web/20060420051749/http://www.csdl.tamu.edu/FLORA/cgi/gateway_family?fam=Aphyllanthaceae links at CSDL, Texas]\n\n{{Taxonbar|from1=Q2858279|from2=Q157951|from3=Q13835643}}\n\n[[Categoria:Aphyllanthoideae| ]]\n[[Categoria:Asparagaceae]]\n[[Categoria:Flora da Espanha]]\n[[Categoria:Flora da Fran\u00e7a]]\n[[Categoria:Asparagales]]\n[[Categoria:Fam\u00edlias de monocotiled\u00f3neas]]\n[[en:Aphyllanthes monspeliensis]]"}]},"2728397":{"pageid":2728397,"ns":0,"title":"Pleurotomoides imperati","revisions":[{"contentformat":"text/x-wiki","contentmodel":"wikitext","*":"{{Sem notas|data=maio de 2021}}\n{{Info/Taxonomia\n|cor = pink\n|nome = ''Pleurotomoides imperati''\n|imagem =\n|estado =\n|reino = [[Animalia]]\n|filo = [[Mollusca]]\n|classe = [[Gastropoda]]\n|subclase = [[Caenogastropoda]]\n|ordem = [[Hypsogastropoda]]\n|subordem = [[Neogastropoda]]\n|superfam\u00edlia = [[Conoidea]]\n|fam\u00edlia = [[Conidae]]\n|subfam\u00edlia = [[Mangeliinae]]\n|g\u00e9nero = ''[[Pleurotomoides]]''\n|esp\u00e9cie =\n|binomial = Pleurotomoides imperati\n|binomial_autoridade = Scacchi, 1835\n|sin\u00f3nimos =\n|subdivis\u00e3o_nome =\n|subdivis\u00e3o =\n}}\n'''''Pleurotomoides imperati''''' \u00e9 uma esp\u00e9cie de [[Gastropoda|gastr\u00f3pode]] do g\u00eanero ''[[Pleurotomoides]]'', pertencente a fam\u00edlia [[Conidae]].\n\n== Liga\u00e7\u00f5es externas ==\n* {{Citar web |url = http://www.marinespecies.org/aphia.php?p=taxdetails&id=34697 |t\u00edtulo = Marinespecies |obra = Pleurotomoides imperati |acessodata= 2 de maio de 2010 |lingua = [[l\u00edngua inglesa|ingl\u00eas]]}}\n\n{{Esbo\u00e7o-gastropoda}}\n\n{{DEFAULTSORT:Pleurotomoides Imperati}}\n[[Categoria:Mangeliinae]]\n[[Categoria:Esp\u00e9cies descritas em 1835]]"}],"images":[{"ns":6,"title":"Ficheiro:Crystal Clear app demo.png"},{"ns":6,"title":"Ficheiro:Falta imagem aves.svg"},{"ns":6,"title":"Ficheiro:Grapevinesnail 01.jpg"},{"ns":6,"title":"Ficheiro:Information icon.svg"},{"ns":6,"title":"Ficheiro:Text document with red question mark.svg"}]},"2732981":{"pageid":2732981,"ns":0,"title":"Sos\u00edpatra","revisions":[{"contentformat":"text/x-wiki","contentmodel":"wikitext","*":"{{Formatar refer\u00eancias|data=junho de 2017}}\n{{Info/Biografia/Wikidata}}\n\n'''Sos\u00edpatra de \u00c9feso''' foi uma [[fil\u00f3sofa]] [[neoplatonismo|neoplat\u00f4nica]] e [[misticismo|m\u00edstica]] grega, que viveu na primeira metade do [[s\u00e9culo IV]], ca 361.{{citar livro|autor =Frank R Trombley|t\u00edtulo=Hellenic Religion and Christianization: C. 370-529|url=http://books.google.com/books?id=aGxoeaFiN7oC&pg=PA63|data=1 de dezembro de 2001|publicado=BRILL|isbn=978-0-391-04121-9|p\u00e1ginas=63}} A hist\u00f3ria de sua vida \u00e9 contada na obra ''Vida dos Sofistas'', de [[Eun\u00e1pio]].Eun\u00e1pio, [http://www.tertullian.org/fathers/eunapius_02_text.htm Vidas dos Fil\u00f3sofos] (em ingl\u00eas).\n\n==Vida==\nQuando crian\u00e7a foi cuidada por dois anci\u00e3os que diziam ter poderes prof\u00e9ticos ou m\u00e1gicos e que se auto-intitulavam \"[[Caldeus]]\", o que na \u00e9poca seria um sin\u00f4nimo para m\u00e1gicos, astr\u00f3logos ou videntes. Eles ensinaram Sos\u00edpatra tudo o que sabiam e a medida que ela cresceu ganhou alguma reputa\u00e7\u00e3o como [[clarivid\u00eancia|clarividente]].Quando atingiu idade para se casar, um duelo foi arranjado entre ela e seu pretendente, o fil\u00f3sofo [[sofista]] Eust\u00e1cio e Sos\u00edpatra o venceu com grande facilidade. Entre sua previs\u00f5es, previu que daria \u00e0 luz tr\u00eas filhos e que seu marido morreria em cinco anos, o que realmente aconteceu, Eust\u00e1cio morreu em 358 quando foi enviado para delegar uma miss\u00e3o mal-sucedida do Imperador [[Constantino II]] para amenizar disputas com o governante persa [[Sapor II]]. Depois da morte de seu marido, Sos\u00edpatra assumiu o lugar de seu marido na academia se tornando uma professora not\u00e1vel . Suas habilidades em [[ret\u00f3rica]] superavam at\u00e9 mesmo as de [[Ed\u00e9sio da Capad\u00f3cia|Ed\u00e9sio]], que ap\u00f3s a morte de seu marido a ajudaram a criar seus filhos. Seu filho [[Antonino (fil\u00f3sofo)|Antonino]] tamb\u00e9m se tornou fil\u00f3sofo.{{citar livro|autor1 =Marjorie Lightman|autor2 =Benjamin Lightman|t\u00edtulo=A to Z of Ancient Greek and Roman Women|url=http://books.google.com/books?id=2esYJJUETiYC&pg=PA302|data=1 de janeiro de 2008|publicado=Infobase Publishing|isbn=978-1-4381-0794-3|p\u00e1gina=302}}\n\n==Feiti\u00e7os e vis\u00f5es==\nUm dia, Sos\u00edpatra se viu \"enfeiti\u00e7ada\" - porque na \u00e9poca seria inadmiss\u00edvel atribuir tal sensa\u00e7\u00e3o a uma atra\u00e7\u00e3o f\u00edsica, era comum atribuir tais sensa\u00e7\u00f5es a ''daimon'' (dem\u00f4nios) e feiti\u00e7os{{citar livro|autor =Frank R Trombley|t\u00edtulo=Hellenic Religion and Christianization: C. 370-529|url=http://books.google.com/books?id=aGxoeaFiN7oC&pg=PA63|data=1 de dezembro de 2001|publicado=BRILL|isbn=978-0-391-04121-9|p\u00e1gina=63}} - por um de seus alunos chamado Filometro e pediu ajuda a [[M\u00e1ximo de \u00c9feso|M\u00e1ximo]] contando-lhe \"Quando Filometro est\u00e1 comigo, ele \u00e9 simplesmente Filometro e de nenhuma maneira se difere da multid\u00e3o. Mas quando o vejo indo embora meu cora\u00e7\u00e3o se sente ferido e torturado como se quisesse escapar de meu peito.\" M\u00e1ximo fez um feiti\u00e7o mais forte e tamb\u00e9m confrontou o jovem estudante de maneira sutil. Ap\u00f3s este dia Sos\u00edpatra se viu livre de tais \"influ\u00eancias\" do jovem aluno e durante uma de suas aulas previu que Filometro sofrera um acidente na estrada, o fato foi imediatamente apurado e assim a vida de Filometro e seus parentes foi salva.\n\n{{refer\u00eancias}}\n\n{{Platonistas}}\n\n{{controlo de autoria}}\n{{DEFAULTSORT:Sosipatra}}\n[[Categoria:Neoplat\u00f4nicos da Roma Antiga]]\n[[Categoria:Fil\u00f3sofos do s\u00e9culo IV]]\n[[Categoria:Gregos do s\u00e9culo IV]]\n[[Categoria:Romanos antigos do s\u00e9culo IV]]\n[[Categoria:Fil\u00f3sofas da Gr\u00e9cia Antiga]]\n[[Categoria:Mulheres do s\u00e9culo IV]]\n[[Categoria:Mulheres da Gr\u00e9cia Antiga]]"}],"images":[{"ns":6,"title":"Ficheiro:Edit-clear.svg"}]},"4626940":{"pageid":4626940,"ns":0,"title":"Rio Music Carnival","revisions":[{"contentformat":"text/x-wiki","contentmodel":"wikitext","*":"{{Desatualizado}}{{Info/Evento musical\n | nome = Rio Music Carnival\n | imagem = Rio Music Conference Logo.jpg\n | legenda = Logotipo da Rio Music Conference\n | anos = [[2009 na m\u00fasica|2009]]-presente\n | n\u00ba de edi\u00e7\u00f5es = 7[http://vejario.abril.com.br/materia/eventos/rio-music-conference-reune-palestras-e-festival-de-musica-eletronica/ Rio Music Conference re\u00fane palestras e festival de m\u00fasica eletr\u00f4nica] [[Veja Rio]] (3 de fevereiro de 2015). Visitado em 6 de fevereiro de 2015.\n | fundadores = [[Claudio Rocha Miranda]]\n | local = [[Rio de Janeiro (cidade)|Rio de Janeiro]]
{{BRA}}\n | data = \n | g\u00eanero = [[M\u00fasica eletr\u00f4nica]]\n | site = {{URL|riomusicconference.com.br}}\n}}\n'''Rio Music Carnival''' \u00e9 um [[festival de m\u00fasica|festival]] de [[m\u00fasica eletr\u00f4nica]] ligado ao [[Rio Music Conference]], e que ocorre anualmente desde 2009 na cidade do [[Rio de Janeiro (cidade)|Rio de Janeiro]] e tamb\u00e9m em outras cidades brasileiras por onde passa a confer\u00eancia ''Rio Music Conference''.St\u00eanio Ribeiro (4 de fevereiro de 2015). [http://agenciabrasil.ebc.com.br/cultura/noticia/2015-02/comeca-no-rio-o-maior-encontro-de-musica-eletronica-da-america-do-sul Come\u00e7a no Rio o maior encontro de m\u00fasica eletr\u00f4nica da Am\u00e9rica do Sul] [[Ag\u00eancia Brasil]]. Visitado em 6 de fevereiro de 2015.\n\nInicialmente o evento tinha o mesmo nome da confer\u00eancia, mas a fim de deixar claro as diferen\u00e7as de objetivo e apresenta\u00e7\u00f5es da confer\u00eancia em rela\u00e7\u00e3o ao festival de m\u00fasica em si, em 2015 o nome do festival foi mudado para ''Rio Music Carnival''.\n\nGrandes nomes da m\u00fasica eletr\u00f4nica passam pelo festival, em 2015 nomes como [[Ti\u00ebsto]], [[Alesso]]. [[Showtek]],[http://www.phouse.com.br/tiesto-alesso-e-showtek-confirmados-no-rio-music-carnival Tiesto, Alesso e Showtek confirmados no Rio Music Carnival] [[Revista Phouse]] (16 de dezembro de 2014). Visitado em 6 de fevereiro de 2015. [[Afrojack]] e [[Dimitri Vegas & Like Mike]] se apresentaram no evento.\n\n==Ver tamb\u00e9m==\n*[[Playground Music Festival]]\n*[[Dream Valley Festival]]\n*[[Xxxperience Festival]]\n*[[Skol Summer On]]\n\n{{Refer\u00eancias}}\n\n==Liga\u00e7\u00f5es externas==\n*{{Oficial|http://www.riomusicconference.com.br/riomusiccarnival}}\n*{{Facebook|riomusiccarnival}}\n\n{{Festivais de m\u00fasica do Brasil}}\n{{M\u00fasica eletr\u00f4nica}}\n{{Portal3|M\u00fasica|Rio de Janeiro|Brasil}}\n\n[[Categoria:M\u00fasica eletr\u00f4nica]]\n[[Categoria:Festivais de m\u00fasica eletr\u00f4nica]]\n[[Categoria:Festivais de m\u00fasica do Brasil]]"}]},"4723182":{"pageid":4723182,"ns":0,"title":"Arquidiocese de Nagasaki","revisions":[{"contentformat":"text/x-wiki","contentmodel":"wikitext","*":"{{Mais notas|data=junho de 2019}}\n{{Info/Arquidiocese\n |arquidiocesept = Arquidiocese de Nagasaki\n |arquidioceselatim = Nagasakiensis \n |imagem = 121223 Urakami Cathedral Nagasaki Japan01s.jpg\n |imagem_legenda = Arquidiocese de Nagasaki\n |pa\u00eds = Jap\u00e3o\n |arcebispo = [[Joseph Mitsuaki Takami]]\n |superf\u00edcie = 4.192\n |jurisdi\u00e7\u00e3o = Arquidiocese Metropolitana\n |funda\u00e7\u00e3o = [[1891]]\n |eleva\u00e7\u00e3o = [[4 de maio]] de [[1959]]\n |rito = romano\n |padroeiro = \n |sufrag\u00e2neas =
[[Diocese de Fukuoka]]
[[Diocese de Kagoshima]]
[[Diocese de Naha]]
[[Diocese de Oita]]\n |endere\u00e7o = \n |url_oficial = [http://www.nagasaki.catholic.jp/] Site da arquidiocese\n |url_email = \n |ch = nagj\n}}\n\nA '''Arquidiocese de Nagasaki''' ([[L\u00edngua latina|latin]] Archidioecesis Nagasakien, [[L\u00edngua Japonesa|japon\u00eas]]\u00a0 \u30ab\u30c8\u30ea\u30c3\u30af\u9577\u5d0e\u5927\u53f8\u6559\u533a) \u00e9 uma [[arquidiocese]] localizado na cidade de\u00a0[[Nagasaki]]\u00a0 no Jap\u00e3o. [http://www.nagasaki.catholic.jp/]Site da arquidiocese (em japon\u00eas).\n\n== Episcopados ==\n\n\n{| border=\"0\" cellpadding=\"2\" cellspacing=\"2\" style=\"background:#FFFAF0;\"\n! style=\"background:#FFE4C4;\" | #\n! style=\"background:#FFE4C4;\" | Nome\n! style=\"background:#FFE4C4;\" | Per\u00edodo\n! style=\"background:#FFE4C4;\" | Notas\n|-\n! style=\"background:#FAEBD7;\" colspan=\"4\" align=\"center\" | Arcebispos\n|-\n| 4\u00ba || [[Joseph Mitsuaki Takami]], [[Companhia dos Padres de S\u00e3o Sulp\u00edcio|P.S.S.]] || 2003-atual || [http://www.cbcj.catholic.jp/jpn/diocese/nagasaki.htm]Biografia do arcebispo (em japon\u00eas).\n|-\n| 3\u00ba || [[Francis Xavier Kaname Shimamoto]] || 1990-2002 ||\n|-\n| 2\u00ba || [[Joseph Asjiro Satowaki]] || 1968-1990 || \n|-\n| 1\u00ba || [[Paul Aijir\u014d Yamaguchi]] || 1959-1968 || \n|-\n! style=\"background:#FAEBD7;\" colspan=\"4\" align=\"center\" | Bispo\n|-\n| 5\u00ba || [[Paul Aijir\u014d Yamaguchi]] || 1937-1959 || \n|-\n| 4\u00ba || [[Januarius Kyunosuke Hayasaka]] || 1927-1937 ||\n|-\n| 3\u00ba || [[Jean-Claude Combaz]], M.E.P. || 1912-1926 ||\n|-\n| 2\u00ba || [[Jules-Alphonse Cousin]], M.E.P. || 1885-1911 ||\n|-\n| 1\u00ba || [[Bernard-Thad\u00e9e Petitjean]], M.E.P. || 1876-1884 ||\n|-\n! style=\"background:#FAEBD7;\" colspan=\"4\" align=\"center\" | Bispo-auxiliar\n|-\n| || Peter Michiaki Nakamura || 2019-atual ||\n|-\n| || Joseph Mitsuaki Takami, [[Companhia dos Padres de S\u00e3o Sulp\u00edcio|P.S.S.]] || 2002-2003 || Elevado a [[Arcebispo]]\n|-\n| || Joseph Hisajiro Matsunaga || 1977-1990 || Nomeado [[Bispo]] de [[Diocese de Fukuoka|Fukuoka]]\n|-\n| || Joseph-Marie Laucaigne, M.E.P || 1876-1885 ||\n|-\n! style=\"background:#FAEBD7;\" colspan=\"4\" align=\"center\" | Administrador Apost\u00f3lico\n|-\n| || Joseph-Marie Laucaigne, M.E.P || 1884-1885 ||\n|}\n\n\n== Ver tamb\u00e9m ==\n* [[Circunscri\u00e7\u00f5es eclesi\u00e1sticas cat\u00f3licas do Jap\u00e3o]]\n\n== Liga\u00e7\u00f5es externas ==\n* [http://www.gcatholic.org/dioceses/diocese/naga0.htm GCatholic.org/GCatholic.org: ''Arquidiocese metropolitana de Nagasaki'']\n* [http://www.catholic-hierarchy.org/diocese/dnagj.html Hierarquia Cat\u00f3lica]\n\n{{referencias}}\n{{Arquidioceses do Jap\u00e3o}}\n\n[[Categoria:Arquidioceses do Jap\u00e3o]]\n[[Categoria:Circunscri\u00e7\u00f5es eclesi\u00e1sticas erigidas pelo papa Le\u00e3o XIII|Nagasaki]]"}]},"3434305":{"pageid":3434305,"ns":0,"title":"Cidades em Transi\u00e7\u00e3o","revisions":[{"contentformat":"text/x-wiki","contentmodel":"wikitext","*":"'''Cidades em Transi\u00e7\u00e3o''' (tamb\u00e9m conhecido como '''Rede de Transi\u00e7\u00e3o''' ou '''Movimento da Transi\u00e7\u00e3o''') \u00e9 a designa\u00e7\u00e3o de um movimento social baseado nos princ\u00edpios da [[permacultura]] aplicados a uma [[comunidade]].{{Citar web |url=http://www.transitiontownashland.org/Permaculture.html |titulo=Transition Town Ashland. Permaculture |acessodata=2011-11-18 |arquivourl=https://web.archive.org/web/20130204110334/http://www.transitiontownashland.org/Permaculture.html |arquivodata=2013-02-04 |urlmorta=yes }}\n\n== Hist\u00f3ria ==\nEnquanto movimento ter\u00e1 sido implantado pelo professor universit\u00e1rio [[Rob Hopkins]], preocupado com a depend\u00eancia de combust\u00edvel e alimenta\u00e7\u00e3o, percebendo que o cen\u00e1rio de [[mudan\u00e7a clim\u00e1tica]] e escassez de petr\u00f3leo s\u00f3 ir\u00e1 piorar com o tempo.\nCome\u00e7ou por construir um plano de de redu\u00e7\u00e3o do consumo energ\u00e9tico e, em [[2005]], em [[Kinsale]], na Irlanda, onde ensinava, com o objetivo para o alcan\u00e7ar, levou o munic\u00edpio todo a adotar oficialmente o movimento como seu plano de gest\u00e3o[http://planetasustentavel.abril.com.br/noticia/cidade/conteudo_428829.shtml O mundo em transi\u00e7\u00e3o, Thais Oliveira \u2013 Edi\u00e7\u00e3o: M\u00f4nica Nunes, Planeta Sustent\u00e1vel \u2013 17/03/2009].\n\nMudou-se depois, em 2006, para [[Totnes]], em [[Devon]] na Inglaterra, e beneficiando da proximidade ao [[Schumacher College]], um instituto de estudos p\u00f3s-graduados em \u00ab''[[Aprendizagem transformativa para uma vida sustent\u00e1vel]]''\u00bb e duma comunidade com caracter\u00edsticas particulares,, transformou essa cidade em montra do movimento chegando a criar uma moeda pr\u00f3pria, a [[Libra de Totnes]], incentivando \u00e0 apropria\u00e7\u00e3o do conceito \"''transition town''\" \u2013 iniciativas de transi\u00e7\u00e3o \u2013 por outras comunidades vizinhas[https://www.transicaoportugal.net/ Transi\u00e7\u00e3o Portugal, um Movimento]. \n\nHoje j\u00e1 s\u00e3o mais de uma centena cidades, bairros e at\u00e9 ilhas em todos os [[continentes]] foram convertidas a esse projeto global[http://planetasustentavel.abril.com.br/noticia/cidade/conteudo_428829.shtml O mundo em transi\u00e7\u00e3o, Thais Oliveira \u2013 Edi\u00e7\u00e3o: M\u00f4nica Nunes, Planeta Sustent\u00e1vel \u2013 17/03/2009].\n\n== G\u00e9nese ==\nO ponto de partida do movimento de transi\u00e7\u00e3o, pode ser entendido de duas perspectivas distintas, que devem ser consideradas em simult\u00e2neo:\n\n# \u00c9 um movimento reactivo, enquanto resposta comunit\u00e1ria, da [[sociedade civil]], ao reconhecimento da urg\u00eancia de ac\u00e7\u00e3o sobre duas condi\u00e7\u00f5es essenciais que t\u00eam e ter\u00e3o impactos estruturais a curto-prazo na nossa organiza\u00e7\u00e3o [[s\u00f3cio-econ\u00f3mica]] e nos nossos modos de vida \u2013 o in\u00edcio do fim dos [[combust\u00edveis f\u00f3sseis]] baratos e o impacto humano nas altera\u00e7\u00f5es clim\u00e1ticas da [[Terra]].\n\n# \u00c9 um movimento pr\u00f3-activo e catalisador, por procurar um paradigma e uma vis\u00e3o de [[prosperidade]] alternativas, diferentes do que tem sido habitual nas \u00faltimas d\u00e9cadas, e que incide sobretudo na ac\u00e7\u00e3o ao n\u00edvel local, dentro das comunidades, como parte poss\u00edvel e desej\u00e1vel da ac\u00e7\u00e3o necess\u00e1ria para responder aos desafios que se p\u00f5em ao nosso futuro pr\u00f3ximo. Uma vis\u00e3o que passa por dois conceitos-chave: \"''a resili\u00eancia comunit\u00e1ria e a localiza\u00e7\u00e3o''\"[https://www.transicaoportugal.net/ Transi\u00e7\u00e3o Portugal, um Movimento].\n\n== 12 passos para a transi\u00e7\u00e3o ==\nPara orientar cidades interessadas em aderir, Rob Hopkins, o grande te\u00f3rico e criador do movimento j\u00e1 aqui referido, organizou \"Os 12 passos para a Transi\u00e7\u00e3o\" e apresentou-os no seu livro \"''The Transition Hand Book''\" (\"Livro de Bolso da Transi\u00e7\u00e3o\", numa tradu\u00e7\u00e3o livre). \n\nS\u00e3o eles[http://epocanegocios.globo.com/Revista/Common/0,,ERT22909-16361,00.html Os 12 passos da transi\u00e7\u00e3o \u00c9poca Neg\u00f3cios]:\n\n# '''Formar grupos na sociedade para discutir poss\u00edveis a\u00e7\u00f5es para diminuir o consumo de energia na sociedade.'''

Preparar a sociedade em geral para falar das consequ\u00eancias do fim da era do petr\u00f3leo barato e sobre ''[[aquecimento global]]''. Isso para chamar a aten\u00e7\u00e3o das pessoas sobre esses temas, do ''[[pico do petr\u00f3leo]]'' e da ''[[mudan\u00e7a clim\u00e1tica]]'', e assim lev\u00e1-las a come\u00e7ar a pensar em solu\u00e7\u00f5es para uma redu\u00e7\u00e3o da ''[[pegada de carbono]]'' e um incremento da ''[[autossustentabilidade]]''. Da\u00ed ser relevante abordar v\u00e1rios assuntos que se refletem com eles, tais como: a importa\u00e7\u00e3o de alimentos, o transporte, a energia, a educa\u00e7\u00e3o, a moeda local e o urbanismo.

\u00c9 importante que o sucesso coletivo seja colocado acima dos interesses pessoais. Deve haver um representante para cada grupo.

\n# '''Identificar poss\u00edveis alian\u00e7as e construir redes de contacto, na Internet e fora dela;'''

\n# '''Incorporar ideias de outras organiza\u00e7\u00f5es e iniciativas j\u00e1 existentes.'''

H\u00e1 que agir como um catalisador que leva a comunidade a explorar solu\u00e7\u00f5es e a pensar sobre estrat\u00e9gias de mitiga\u00e7\u00e3o, a partir das bases instaladas localmente;

\n# '''Organizar o lan\u00e7amento do movimento. Isso pode ocorrer entre seis meses e um ano ap\u00f3s o passo n\u00famero um.'''

Com o amadurecimento do projeto, h\u00e1 que o levar para dentro da comunidade, para criar um ritmo que empurra sua iniciativa para diante em dire\u00e7\u00e3o a um novo per\u00edodo de trabalho e comemora o desejo da comunidade de entrar em a\u00e7\u00e3o;

\n# '''Formar subgrupos de trabalho que v\u00e3o olhar para suas regi\u00f5es espec\u00edficas e imaginar como a sociedade pode se tornar auto-suficiente e capaz de suportar choques externos, como a falta do petr\u00f3leo.'''

\u00c9 fundamental estabelecer alguns grupos menores para se concentrar em aspectos espec\u00edficos do processo. Cada um desses grupos vai desenvolver seus pr\u00f3prios meios de trabalhar e suas pr\u00f3prias atividades, mas estar\u00e3o todos sob o guarda-chuva do projeto como um todo;

\n# '''Fazer eventos em espa\u00e7os abertos.'''

\u00c9 importante que a sociedade perceba o movimento e queira fazer parte deleSobre Open Space - Espa\u00e7o Aberto, de autoria de Harrison Owen: \u201cOpen Space Technology: A User\u2019s Guide\u201d (Tecnologia do Espa\u00e7o Aberto: Guia de Utiliza\u00e7\u00e3o); o livro \u201cThe Change Handbook: Group Methods for Shaping the Future\u201d (O manual da mudan\u00e7a: m\u00e9todos de grupo para mudar o futuro), de Peggy Holman e Tom Devane.;

\n# '''Realizar atividades que requerem a\u00e7\u00e3o ben\u00e9fica para a comunidade.'''

H\u00e1 que evitar qualquer impress\u00e3o de que o projeto \u00e9 apenas um clube de discuss\u00f5es, em que as pessoas se sentam e fazem listas de desejos. Precisa, desde o in\u00edcio, come\u00e7ar a criar manifesta\u00e7\u00f5es pr\u00e1ticas, bastante vis\u00edveis para a melhoria da qualidade de vida das pessoas no espa\u00e7o vizinho circundante;

\n# '''Recuperar a h\u00e1bitos perdidos como fazer encontros comunit\u00e1rios, cozinhar, fazer jardinagem, cultivar hortas e andar a p\u00e9 ou de bicicleta.'''

\n# '''Construir bom relacionamento com governo local, cultivar uma rela\u00e7\u00e3o positiva e produtiva com as autoridades locais;'''

\n# '''Escutar e relacionar-se com os mais velhos.'''

As pessoas que viveram entre 1930 e 1960, \u00e9poca em que o petr\u00f3leo ainda n\u00e3o era t\u00e3o importante, podem ter muito a ensinar.
\u00c9 preciso recuperar muitas das habilidades que eram comuns \u00e0 \u00e9poca de nossos av\u00f3s. Uma das coisas mais \u00fateis que uma Iniciativa de Transi\u00e7\u00e3o pode fazer \u00e9 reverter a \u201cgrande descapacita\u00e7\u00e3o\u201d dos \u00faltimos 40 anos oferecendo treinamento para uma ampla variedade dessas habilidades;

\n# '''N\u00e3o manipular o processo de transi\u00e7\u00e3o para essa ou aquela tend\u00eancia.'''

O papel do movimento n\u00e3o \u00e9 levar todas as respostas, mas deixar que a popula\u00e7\u00e3o encontre meios para a transi\u00e7\u00e3o. O movimento deve ser um grande catalisador de ideias.
O talento coletivo da comunidade levar\u00e1 ao surgimento de solu\u00e7\u00f5es plaus\u00edveis, pr\u00e1ticas e engenhosas;

\n# '''Criar um plano de a\u00e7\u00e3o para reduzir o consumo de energia da cidade.'''

Este deve ser presentado internamente, antes de coloc\u00e1-lo em pr\u00e1tica, interligando-o com o todo.\n\n== Ver tamb\u00e9m ==\n* [[Ecovila]]\n* [[Ecocidade]]\n\n{{refer\u00eancias}}\n\n==Liga\u00e7\u00f5es externas==\n* [https://www.transicaoportugal.net/ Transi\u00e7\u00e3o Portugal]\n* [http://www.transitionnetwork.org/ Transition Network Org]\n* [http://www.reconomy.org/ REconomy Project]\n\n{{esbo\u00e7o-sociologia}}\n\n{{DEFAULTSORT:Cidades Em Transicao}}\n\n[[Categoria:Desenvolvimento sustent\u00e1vel]]\n[[Categoria:Movimentos ambientalistas]]\n[[Categoria:Ecovilas]]"}]}}}}